🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Bruno Monteiro

Matheus Spiess: Inflação – por que está tudo caro no Brasil?

Bruno Monteiro
29 de março de 2021
18:06 - atualizado às 18:07

Matheus Spiess, analista da Empiricus, te conta no vídeo de hoje o que está acontecendo no mundo em relação à inflação.

Nas últimas semanas muito ouvimos falar sobre as decisões de política monetária dos Bancos Centrais, que tem como meta preservar o poder de compra da moeda e garantir maior previsibilidade nas decisões econômicas no longo prazo, além de estabilidade nos preços, através da principal ferramenta que tem em mão: a taxa básica de juros.

Assista ao vídeo:

Antes de mais nada, é preciso entender o panorama geral. O que está acontecendo lá fora?

  1. Recuperação da economia. Depois de um ano tão complicado, podemos acompanhar a recuperação de carregamento estatístico, planos de estímulos ao redor do mundo e vacinação da população. A soma desses fatores normaliza a situação econômica, pessoas voltam a consumir, o que leva a uma elevação da expectativa da inflação - aumento da procura, aumento de preço, perda do poder de compra da moeda;
  2. Alta dos preços das commodities. Países desenvolvidos voltando a ativa, reabastecendo suas cadeias de suprimentos o que impulsiona as commodities e o aumento de preço da matéria prima, encarecendo os bens de consumo;
  3. Quebra cadeia de suprimentos globais. Os setores da economia não voltam à ativa juntos, gerando uma quebra de oferta e demanda e um choque de preços;
  4. Expansionismo fiscal e monetário. Grandes gastos ao redor do mundo, muita liquidez. Com mais dinheiro na economia, ele perde seu valor e propicia uma pressão de preço.

Além de tudo isso, no Brasil ainda temos algumas complicações:

  1. Fiscal muito debilitado. A dívida sobre o PIB está em patamares bastante complicados para países emergentes, além do país ter pouca credibilidade de bom pagador.
  2. Pior momento da pandemia. Atualmente temos cidades fechadas e uma gravíssima crise sanitária;
  3. Alta do dólar. Com a taxa de juros pra baixo, há uma diminuição do diferencial de juros entre Brasil e países desenvolvidos, tirando recursos do Brasil. Se esse diferencial se achata, temos uma depreciação do real. Além do real ser uma moeda exótica e frágil.

Porém, ao que tudo indica, que a inflação parece ser baixa no longo prazo pelos seguintes motivos:

  • Demografia. Com o envelhecimento da população, o gasto hoje é menor para que seja maior no futuro. Isso significa menos pressão de preços no presente;
  • Tecnologia. Os processos produtivos tem um custo mais baixo, barateando o produto final;
  • Globalização. Costuma ser taxada com um viés de deflação.

E como foi a decisão dos Bancos Centrais levando em conta esses cenários?

O Federal Reserve, Banco Central americano, manteve o juro entre 0% e 0,25% e travou essa decisão até 2023. Ao seu ver, a inflação é temporária levando em consideração a estabilidade de preços, a pleno emprego.

Já a reunião do Copom, do Banco Central Brasileiro, resolveu tirar liquidez da economia, uma vez que por aqui a inflação não parece ser tão temporária assim. Além disso, foi preciso levar em conta os fones hereditários, contratando mais 0,75pp para a próxima reunião.

Compartilhe

DÊ O PLAY

Qual o futuro das big techs após a crise no Facebook? E o Bitcoin, voltou para ficar? Os analistas do Seleção Empiricus respondem

10 de fevereiro de 2022 - 14:19

O Seleção Empiricus desta semana também discutiu o início da temporada de balanços do quarto trimestre e trouxe três recomendações de investimento

DÊ O PLAY

As small caps renasceram das cinzas — e o Seleção Empiricus te diz como aproveitar as boas oportunidades entre essas ações

3 de fevereiro de 2022 - 16:10

Os especialistas do Seleção Empiricus discutiram o imbróglio entre a CVM e a indústria de FIIs e falaram do bom momento das small caps

Conteúdo Empiricus

Nubank com potencial de queda de 70%: saiba porque a operação short é recomendada por analistas

31 de janeiro de 2022 - 17:41

O IPO do Nubank atraiu as atenções dos investidores no final do ano passado, mas a recomendação dos analistas da Empiricus já é de venda. Entenda os fatores que motivam a recomendação de short.

VÍDEO

Confuso com o desempenho da bolsa e do bitcoin? O Seleção Empiricus te ajuda a entender o mercado em 2022

13 de janeiro de 2022 - 13:35

A perspectiva de alta de juros nos EUA afetou os mercados como um todo. O Seleção Empiricus discutiu o cenário de investimentos tendo esse panorama em mente

Conteúdo Empiricus

Previdência privada: entenda o que é e as vantagens

23 de dezembro de 2021 - 16:14

Fundos de aposentadoria privada podem ser ótimas opções para aqueles que buscam retornos futuros; fique por dentro

VÍDEO

O metaverso numa casca de noz: os analistas do Seleção Empiricus mostram como investir nas tendências do futuro

2 de dezembro de 2021 - 17:13

Confuso com o metaverso? Pois saiba que é possível ganhar dinheiro com ele hoje — e os analistas do Seleção Empiricus mostram como

Metaverso

Metaverso: o que é essa tecnologia do futuro? Saiba mais sobre o mundo virtual

2 de dezembro de 2021 - 14:31

Analista explica que a tendência é de grandes investimentos nesse mundo paralelo nos próximos anos; confira o vídeo

fundos imobiliários

Investimento em FIIs: O que devo saber para escolher os melhores?

2 de dezembro de 2021 - 10:04

Analista dá 5 dicas valiosas para os investidores se darem bem com fundos imobiliários

Análise

13° salário: Onde investir o meu dinheiro?

26 de novembro de 2021 - 8:19

Analista da Empiricus lista três oportunidades com potencial rentabilidade para você fazer ainda este ano

VÍDEO

A B3 (B3SA3) na encruzilhada: com queda de 36% no ano, é hora de comprar ou vender as ações?

26 de novembro de 2021 - 7:03

As ações ON da B3 (B3SA3) amargam perdas relevantes no ano, apesar do aumento no volume negociado na bolsa e no número de investidores.

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar