Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-09-03T18:58:14-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Vídeos

Fundos imobiliários valem a pena no momento?

Os rendimentos dos fundos imobiliários já estavam depreciados pela pandemia. Após as propostas da nova reforma tributária, eles sofreram novas quedas. Acompanhe a análise de Caio Araújo, responsável pela série Renda Imobiliária da Empiricus

3 de setembro de 2021
18:58

Quem já investe ou está acompanhando as notícias sobre o mundo dos fundos de investimentos imobiliários (FIIs) já sabe que este foi um ano repleto de desafios para estes que costumam distribuir rendimentos (aluguéis). No vídeo de hoje, Caio Araujo, especialista em FIIs da Empiricus, fala sobre o que esperar daqui pra frente.

O desempenho dos FIIs este ano realmente caiu bastante. O IFIX  recua 5% este ano. Outro ponto importante, é o desempenho dos Fundos de tijolo (escritórios, shoppings e etc), que apresentaram uma queda considerável em relação aos fundos de papel (crédito imobiliário). 

São vários motivos para essa desvalorização no setor. O primeiro deles é que a proposta inicial de reforma tributária sobre esse segmento influenciou o preço dos ativos. A possibilidade de tributação em cima dos dividendos entregues por FIIs, que acabou não passando na votação na Câmara. Mas é preciso aguardar toda a tramitação.

Outros pontos são os impactos da pandemia e a taxa Selic que aumentou. 

Mas felizmente, o cenário é positivo para o futuro. A expectativa é de que após a pandemia, os Fundos Imobiliários sejam corrigidos pela inflação, uma vez que são atrelados ao IPCA. 

Outro ponto importante, são as novas estratégias adotadas pelo mercado, afinal, desde o início do ano surgiram novas ideias de fundos  e isso é animador. Por último, com a correção do IFIX, o mercado para quem quer uma renda extra se torna muito atrativo.

Gostou do conteúdo? Convido você a baixar o SuperApp da Empiricus e acessar matérias, cursos e outros conteúdos gratuitos disponíveis na plataforma.

Download para IOS

Download para Android

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

fala, vale

Vale (VALE3): a receita para a queda das ações, segundo a própria empresa

Empresa teve de emitir um comunicado em resposta a um ofício da B3 que solicitava justificativas para a oscilação das ações da mineradora entre os dias 6 e 20 de setembro

MERCADOS HOJE

Ibovespa recupera os 114 mil pontos após nova Selic; dólar sobe a R$ 5,30

Na ressaca da Super quarta, os investidores seguiram atentos aos desdobramentos dos problemas financeiros da Evergrande; Ibovespa acompanhou NY

Sob nova direção

Mudanças no alto escalão da Ultrapar agradam e ações disparam 9%. Hora de comprar UGPA3?

Analistas enxergam movimentação da Ultrapar como ‘ponto de virada’ e uma surpresa positiva, mas ainda é cedo para um diagnóstico mais preciso do futuro.

OCCUPY B3

B3 (B3SA3) recua quase 3% com ocupação do MTST; movimentos sociais protestam contra o governo e a desigualdade social na sede da Bolsa

Militantes do movimento por moradia entraram no saguão da bolsa de valores em ato contra as altas no desemprego e na inflação

Balança, mas (ainda) não cai

Qual o destino da Evergrande? Veja quatro possíveis cenários para a crise da gigante chinesa

As ações da Evergrande subiram mais de 17% na bolsa de valores de Hong Kong após um acordo com credores. A situação, porém, está longe de ser resolvida. Saiba o que esperar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies