Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-07-07T14:31:24-03:00
Jasmine Olga
Jasmine Olga
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo Centro de Cidadania Fiscal (CCiF) e o setor de comunicação da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
FECHAMENTO

Sintonizado em Brasília, Ibovespa fica no vermelho e volta ao patamar dos 125 mil pontos; dólar sobe 1,5%

O tempo feio em Brasília levou o Ibovespa a fechar o dia em queda de 0,90%, aos 125.666 pontos. O dólar à vista encerrou a sessão com uma alta de 1,45%, a R$ 5,0453

1 de julho de 2021
18:43 - atualizado às 14:31
Televisão Estática Congresso Gráficos

Desde o dia 27 de abril de 2021, a comissão parlamentar de inquérito (CPI) da covid-19 investiga a atuação do governo federal durante a pandemia do coronavírus e a condução da crise sanitária que causou caos no começo do ano no estado do Amazonas. 

As semanas que antecederam a instauração da comissão foram de pressão para o mercado financeiro. O temor era de que com as atenções na CPI, o governo ficasse fragilizado e as reformas e privatizações ficassem de lado, atrapalhando o andamento da agenda liberal e antecipando o cenário eleitoral de 2022. 

Não foi preciso esperar muito tempo para notar que a reabertura econômica e o andamento da vacinação do país falaram mais alto. A CPI já estava a todo vapor quando a bolsa, por exemplo, rompeu o nível dos 130 mil pontos e o governo conseguiu aprovar a capitalização da Eletrobras. Com o tempo, os depoimentos e acontecimentos em Brasília foram simplesmente sumindo do radar. Pelo menos até essa semana. 

Desde sexta-feira (25) o governo convive com uma enxurrada de denúncias de corrupção que envolvem pessoas importantes da base governista e vêm à tona no momento que o país ultrapassa a marca de meio milhão de mortos pelo coronavírus. A pressão tem sido tanta que até mesmo um "superpedido" de impeachment foi protocolado, com a união de membros de partidos opostos. 

Já são tantos pedidos de impeachment na mesa do presidente da Câmara, Arthur Lira, que o mercado financeiro não tem dado muita bola para essas movimentações, mas hoje foi diferente. O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, afirmou que o texto não deve ser banalizado e que Lira irá analisar o documento de forma técnica, dando uma importância maior do que o esperado.

Para Rafael Passos, sócio da Ajax Capital, o movimento não deve ganhar forças, mas é suficiente para causar estragos na base do governo. Sem base, sem reformas. E esse é um cenário que o mercado financeiro não quer. 

Assim, o clima mais ameno no exterior — com as preocupações com a variante delta se amenizando — não afetou a bolsa brasileira. Além da crise política em Brasília, os investidores seguem repercutindo a reforma tributária negativamente, principalmente no setor bancário, de grande peso para o Ibovespa. 

O índice, que chegou a perder os 125 mil pontos no pior momento do dia, conseguiu reduzir o ritmo de queda, fechando o dia com um recuo de 0,90%, aos 125.666 pontos. O tempo feio em Brasília também impactou no câmbio, com o dólar à vista voltando a ser negociado acima dos R$ 5 e encerrando a sessão com uma alta de 1,45%, a R$ 5,0453. A curva de juros também foi afetada, com pressão principalmente nos vencimentos mais longos. Confira:

  • Janeiro/22: de 5,69% para 5,71%
  • Janeiro/23: de 6,70% para 7,12%
  • Janeiro/25: de 8,06% para 8,17%
  • Janeiro/27: de 8,49% para 8,62%

Cavando mais fundo?

Depois das denúncias feitas pelo deputado Luis Miranda e pelo jornal Folha de S. Paulo, hoje a CPI da covid-19 recebeu o representante da Davati Medical Supply, Luiz Paulo Dominguetti Pereira, que afirmou ter recebido pedido de propina por parte do Ministério da Saúde. 

A sessão foi tumultuada e acabou gerando ainda mais estresse para o governo federal. O policial militar rapidamente se virou contra o denunciante Luís Miranda, o que levantou as suspeitas de a testemunha ter sido plantada para desqualificar a denúncia inicial de corrupção. A situação tende a agravar a crise no Planalto. 

Digerindo lentamente

A reforma tributária também segue incomodando, com impacto principalmente no setor bancário, o que pressionou o Ibovespa para baixo. Nesse caso, a Petrobras também ajudou, se descolando da alta do petróleo vista no exterior.

Desde que a proposta ganhou os holofotes, na última sexta-feira, o ministro Paulo Guedes tem reafirmado que o texto tem gordura para queimar. Ou seja, o governo estuda alíquotas menores que pesem menos no balanço das empresas.

Para Bruno Madruga, head de renda variável da Monte Bravo Investimentos, tanto a reforma tributária quanto os ruídos políticos devem ter efeitos limitados, com a bolsa passando por uma correção técnica. “Mesmo que no curto prazo ocorram realizações pontuais, a expectativa segue positiva com a melhora das projeções para a economia”

Leonardo Milane, sócio e economista da VLG Investimentos, também vê os movimentos de queda recentes como naturais e não uma inversão de tendência. "Temos commodity subindo, economia reabrindo, privatizações e desinvestimentos aprovada”. 

Mercado de trabalho em foco

Em Wall Street, as bolsas repercutiram positivamente os dados do mercado de trabalho do país e agora aguardam o grande evento da semana - a divulgação do payroll, um dos mais importantes indicadores da atividade americana.

Pela manhã, o país anunciou a queda do número de novos pedidos de auxílio-desemprego para o menor nível da pandemia, a 364 mil. Embora seja um número positivo, ainda é menor do que a projeção dos analistas.

Os números levaram o S&P 500 ao seu sexto recorde de fechamento consecutivo, após uma alta de 0,52%. O Nasdaq e o Dow Jones também fecharam no azul, subindo 0,13% e 0,38%, respectivamente. 

No Brasil, também tivemos novidades sobre o mercado de trabalho. Ontem, a taxa de desemprego deixou um gosto amargo na boca dos analistas, mesmo que o número de 14,7% tenha vindo em linha com o esperado. Hoje, o Caged mostrou que o Brasil criou 280.666 novas vagas, acima do esperado.

Sobe e desce

A BR Distribuidora escapou da cautela que predominou durante toda a sessão e disparou na ponta da tabela. O movimento veio após a Petrobras vender a sua participação na companhia, em uma operação que movimentou R$ 11,358 bilhões. As ações da BR Distribuidora foram precificadas a R$ 26 na oferta. 

Na sequência, as ações da PetroRio subiram amparadas pelo avanço do petróleo no mercado internacional. Os investidores aguardam a reunião dos Países Exportadores de Petróleo e Aliados (Opep+) que acontece amanhã e deve definir o futuro da produção da commodity. Confira as maiores altas do dia:

CÓDIGONOMEULTVAR
BRDT3BR Distribuidora ONR$ 28,486,75%
PRIO3PetroRio ONR$ 20,454,93%
RAIL3Rumo ONR$ 19,803,39%
MRFG3Marfrig ONR$ 19,461,67%
WEGE3Weg ONR$ 34,181,45%

Confira também as maiores quedas do dia:

CÓDIGONOMEULTVAR
MULT3Multiplan ONR$ 22,55-4,04%
LWSA3Locaweb ONR$ 26,00-3,92%
TOTS3Totvs ONR$ 36,29-3,61%
LREN3Lojas Renner ONR$ 42,70-3,46%
CVCB3CVC ONR$ 26,83-3,21%
Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Mais uma empreitada

Do espaço para as fazendas: Elon Musk consegue licença para oferecer internet via satélite no Reino Unido

A Starlink, segundo informações do jornal Telegraph, quer chegar a regiões onde a cobertura por fibra e 5G não alcançam, e tem planos mais ambiciosos

Leão faminto

Carga pesada: Impostômetro atinge a marca de R$ 1,5 trilhão

Monitoramento da Associação Comercial de São Paulo mostra que, no ano passado, marca foi atingida somente no dia 28 de setembro

Muita calma nessa hora

Tem Vale Gás? Petrobras diz que não há definição sobre participação em programas sociais

Manifestação vem depois que o presidente Jair Bolsonaro disse em entrevista que a estatal tem R$ 3 bilhões em reservas para custear ajuda

Clube do Livro

Batalhas sem arma: Em “Cripto Wars”, Jim Rickards explica guerras cambiais e agora, com criptomoedas

Autor, conhecido também por suas previsões certeiras sobre o bitcoin, fala de como a tecnologia mudou as estratégias financeiras dos países

RUMO AO MILHÃO

O primeiro e mais importante investimento para quem atingir o primeiro milhão (ou ir além)

Por mais que você busque o conforto e a segurança de uma promessa de retorno garantido, digo, com convicção, que o único investimento com retorno garantido em longo prazo é aquele feito em educação

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies