2019-03-19T16:54:00-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
dia 66

Aquele 1% engajado com a reforma

Presidente volta a falar de Previdência, mas na Câmara atrasos devem se confirmar

7 de março de 2019
18:01 - atualizado às 16:54

Depois de uma semana sem tocar no assunto diretamente, o tema reforma da Previdência voltou ao discurso do presidente Jair Bolsonaro. Em evento no Rio de Janeiro, o presidente disse que “entraremos, sim, em uma nova Previdência” e que a reforma também atingirá os militares. A manifestação é pouco empolgante, mas melhor que a última fala sobre o tema, na qual o presidente falou das “gorduras” do seu projeto.

Depois dos alertas e apelos feito pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a ideia transmitida era de que Bolsonaro usaria seu poder de comunicação e mobilização nas redes sociais para defender a reforma. Mas até agora, temos só pouco mais de 1% de engajamento. Levantamento feito pelos colegas do “Estadão” nos mostrou que dos 515 tuítes do presidente desde 1º de janeiro, o tema reforma da Previdência apareceu em apenas cinco deles.

O número de tuites subiu um pouco, mas sem impacto no quadro geral, pois no fim da tarde, Bolsonaro finalmente usou o “Twitter” para falar da importância da reforma, destacando que a partir dela “o país terá condições de estabilizar as contas, potencializar investimentos, viabilizar uma rígida reforma tributária e enxugar ainda mais a máquina pública, reduzindo nossas estatais”.

Se batalha da comunicação vai decepcionando, no lado da batalha política a coisa também não vai bem. O líder do governo na Câmara, major Vitor Hugo (PSL-GO) disse que a instalação das comissões da Casa deve levar de duas a três semanas. A instalação da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), primeira parada da reforma, estava prevista para a próxima semana. Aliás, aguardar a próxima semana é o que resta.

Leia aqui todo o Diário dos 100 Dias.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

TURISMO DO FUTURO

Embraer (EMBR3) fecha mais uma parceria e vai levar seu ‘carro voador’ para a Grande Barreira de Corais, na Austrália

Em conjunto com a Nautilus Aviation, a empresa irá operar em algumas das atrações turísticas mais icônicas de do estado de Queensland

DOR NO BOLSO

IPVA 2022 encarecerá 30%, em média, em São Paulo; descubra quanto você vai pagar de imposto

E a notícia doí ainda mais no bolso porque a data de pagamento do IPVA está bem próxima: quem quiser desconto tem de quitar a soma já no próximo mês

Bitcoin (BTC) hoje

Bitcoin e ethereum despencam hoje, e principal criptomoeda do mundo se afunda ainda mais no ‘bear market’

Após uma semana que terminou com ganhos, as duas maiores moedas digitais do mercado sofreram na virada de sexta-feira para sábado

Trabalhadores em falta

Como a falta de bebês na China pode provocar uma crise financeira global

A população da China vem recuando desde 2010, e, com as taxas de natalidade nos menores níveis em 80 anos, o cenário ameaça todo o planeta

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

IPO do Nubank, como driblar os impostos e onde investir o 13º salário: confira os destaques da semana

Nada é pior para um ansioso do que a incerteza. E o mercado, ultimamente, vem sendo marcado por uma forte onda de incertezas, vindas de todos os lados. Os preços dos ativos respondem a isso com volatilidade, e não há muito o que fazer a não ser manter a calma, focar nos fundamentos e aguardar […]