Menu
2019-05-22T10:52:13+00:00
Não foi dessa vez

Fracassa manobra de May para aprovar Brexit no Parlamento britânico

May apelou aos parlamentares para que apoiem o acordo, acenando com a perspectiva de um segundo referendo e arranjos comerciais mais estreitos com a UE como incentivos

22 de maio de 2019
10:52
Theresa May, Brexit
Primeira-ministra Theresa May - Imagem: Shutterstock

A última manobra da primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, para concretizar a separação britânica da União Europeia (UE) fracassou nesta quarta-feira (22), poucas horas depois de sua proposta de votação de um segundo referendo e de uma relação comercial mais próxima com o bloco se mostrarem incapazes de convencer os parlamentares da oposição, muitos de seu próprio partido.

Quase três anos depois de o Reino Unido decidir por sua saída da UE por 52% a 48% dos votos, May está tentando uma última vez, que o Parlamento aprove o acordo de saída antes que seu período como premiê se encerre.

Nessa terça-feira, May apelou aos parlamentares para que apoiem o acordo, acenando com a perspectiva de um segundo referendo e arranjos comerciais mais estreitos com a UE como incentivos.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

A rejeição foi forte. Tanto parlamentares do governista Partido Conservador quanto do opositor Partido Trabalhista criticaram o Projeto de Lei do Acordo de Retirada, ou WAB, a legislação que implanta os termos do rompimento britânico – e alguns intensificaram os esforços para afastar a líder.

"A segunda leitura proposta do WAB está claramente destinada ao fracasso, então não faz sentido perder mais tempo com a esperança fútil de salvação da primeira-ministra. Ela tem que partir", disse Andrew Bridgen, um parlamentar conservador, à Reuters.

Ele é um dos muitos conservadores que rejeitam o pacto, algo que levou outros postulantes ao cargo de May a também fazê-lo. Boris Johnson, o favorito das casas de apostas para ser o próximo premiê britânico, disse que não votará a favor da proposta.

Mais parlamentares conservadores entregaram cartas ao Comitê 1922, grupo que decide os líderes partidários, para exigir uma moção de desconfiança contra May, cuja estratégia de separação da UE foi esfacelada.

Vários parlamentares, incluindo o negociador trabalhista do Brexit, Keir Starmer, disseram não fazer muito sentido votar o projeto de lei, que a maioria concordou não ter chance de passar em um Parlamento tão dividido.

Com o impasse em Londres, continua sendo incerto quando, como ou mesmo se o país sairá algum dia do clube ao qual se filiou em 1973. O novo prazo de saída é 31 de outubro.

A crise britânica do Brexit surpreende aliados e rivais, e o impasse faz com que a quinta maior economia do mundo enfrente opções como uma saída com um acordo para suavizar a transição, uma saída sem um pacto, uma eleição ou um segundo referendo.

A libra esterlina enfraqueceu, já que investidores veem uma chance crescente de um Brexit sem acordo.

O líder trabalhista, Jeremy Corbyn, disse que sua sigla não pode votar a favor do projeto de lei de retirada, descrevendo a nova proposta da premiê como "essencialmente a posição do governo requentada", em conversas com os governistas que fracassaram na semana passada.

"Hoje, mostrei que estou disposta a fazer concessões para entregar o Brexit ao povo britânico", escreveu May. "O WA é nossa última chance de fazê-lo."

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Roupa nova

Banco Inter dará início às negociações com units na bolsa na sexta-feira

Os certificados de ações terão o código BIDI11 e representam duas ações preferenciais (PN) e uma ordinária (ON) do Banco Inter, que também vai aderir ao Nível 2 de governança da bolsa e estuda captar R$ 1 bilhão em uma oferta de ações

Vai uma carona aí?

Uber completa cinco anos de Brasil com 2,6 bilhões de viagens

Se você acha que anda muito de Uber, olha só isso: o usuário que mais usou o Uber no Brasil nesses últimos cinco anos fez mais de 5 mil viagens pelo app, o que corresponde a cerca de 3 viagens de Uber por dia. Haja boleto!

De olho na Venezuela

Bolsonaro: “É importante buscar solução para Venezuela, até Evo se posicionou

Segundo o presidente, não ficou surpreso com o posicionamento de Morales, uma vez que o chefe de Estado boliviano já havia dados sinais positivos quando decidiu prender o italiano Cesare Battisti

Ainda sobre Eduardo

Para Mourão, indicação de Eduardo para embaixada nos EUA está dentro do padrão

“Dentro das regras da escolha para quem não é da carreira diplomática, ele está dentro do padrão. É uma decisão do presidente. Decisão a gente não discute”, disse.

Fracasso de crítica

A base de assinantes da Netflix cresceu menos que o esperado — e o mercado reagiu mal

Os resultados trimestrais da Netflix decepcionaram o mercado, em especial os números de expansão de novos usuários. Como resultado, as ações despencaram no after market de Nova York

Seu Dinheiro na sua noite

Posto Ipiranga entre o FGTS e a reforma

As histórias que mexeram com o Seu Dinheiro hoje

Há limite para o Magalu?

Ações do Magazine Luiza já subiram mais de 30% neste ano. Para o Bradesco BBI, há espaço para mais

Apesar dos ganhos expressivos dos papéis do Magazine Luiza nos últimos anos, o Bradesco BBI acredita que os papéis ainda podem subir mais, uma vez que a empresa possui boas perspectivas para surfar a nova onda do e-commerce

opinião de peso

FMI: Brasil deve atuar com limitada intervenção no câmbio ante volatilidade

Na avaliação do Fundo, as autoridades brasileiras devem manter “fortes amortecedores” para o caso de eventos globais desestabilizadores

mais do que peso real

Argentina estudará mudanças para criação de moeda única do Mercosul, diz ministro

Diferentemente do que Guedes havia sinalizado, Dujovne apontou para a criação de uma moeda única para todo o Mercosul

saldo

Fluxo cambial total em julho até dia 12 é negativo em US$ 1,227 bi

Canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 188 milhões no período, resultado de aportes no valor de US$ 20,941 bilhões e de retiradas no total de US$ 21,130 bilhões

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements