Menu
PUBLICAÇÕES SOBRE
Theresa May
Publicações
Mudança no comando

Boris Johnson é eleito chefe do partido Conservador e substituirá Theresa May como premiê britânico

Johnson terá como principal tarefa a conclusão do ‘Brexit’, a separação oficial do Reino Unido da União Europeia, uma dificuldade enfrentada por sua antecessora que foi derrotada três vezes no Parlamento britânico

Seu mentor de investimentos

God save the Kingdom

O Brexit é quase inevitável. A exceção fica por conta de uma improvável escolha − para ocupar a vaga aberta no número 10 de Downing Street − de um tory que se proponha a convocar um novo referendo sobre a saída, ou não, da Comunidade

Não foi dessa vez

Fracassa manobra de May para aprovar Brexit no Parlamento britânico

May apelou aos parlamentares para que apoiem o acordo, acenando com a perspectiva de um segundo referendo e arranjos comerciais mais estreitos com a UE como incentivos

a saga continua

Sem acordo, Reino Unido terá que participar das eleições europeias

Porta-voz britânico disse que a primeira-ministra Theresa May lamentou a participação do Reino Unido e está determinada a buscar um caminho favorável para um acordo sobre o Brexit

Últimos capítulos

Premiê britânica vai se reunir com Merkel e Macron antes de cúpula da UE

Objetivo de May é expor os motivos por trás do pedido feito na semana passada de um novo adiamento para o Brexit

Luta por um acordo final

May se esquiva de perguntas sobre reunião com oposição por acordo do Brexit

May não esclareceu se poderia aderir a bandeiras recentemente assumidas pelos trabalhistas, como a inclusão no acordo de uma união aduaneira entre o Reino Unido e o bloco ou a realização de uma consulta popular confirmatória sobre o acordo do Brexit

344 votos a 286

Parlamento do Reino Unido rejeita acordo do Brexit pela terceira vez

Na mais nova derrota política de Theresa May, 344 parlamentares votaram contra o acordo, enquanto 286 foram a favor

Divórcio complicado

É inaceitável Parlamento Europeu se opor a extensão longa do Brexit, diz Tusk

27 Estados-membros remanescentes na União Europeia deram seu aval a um adiamento da data do acordo de saída para 22 de maio, mas apenas se a Câmara dos Comuns britânica aprovar o acordo de retirada já negociado com May

Acordo próximo?

Governo britânico mantém postura desafiadora, apesar de revés no parlamento

Parlamento tomou controle parcial do processo paralisado do Brexit, argumentando que a manobra ressalta a necessidade de que a proposta de acordo precisa ser aprovada

A história sem fim

Em carta a Tusk, May pede adiamento do Brexit até 30 de junho

Primeira-ministra britânica informou ao Parlamento que voltará a apresentar propostas na Câmara para um terceiro “voto significativo” do acordo do Brexit

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements