Menu
2019-02-27T16:41:37+00:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco) e “Abandonado” (Geração).
Drogarias

Com venda da Onofre para a Raia Drogasil, mais um gringo pede água e deixa o país

Seis anos depois de colocar o pé no Brasil, gigante americana CVS Health entrega a rede de 50 lojas da Onofre de graça para a Raia Drogasil, cuja ação dispara hoje na B3

27 de fevereiro de 2019
16:08 - atualizado às 16:41
Droga Raia
Raia Drogasil leva a Onofre dos americanos da CVS sem pagar nadaImagem: Divulgação

O Brasil definitivamente não é para principiantes. Seis anos depois de pagar quase R$ 700 milhões pela rede de drogarias Onofre, a gigante americana CVS Health deixa o país pela porta dos fundos ao entregar de graça a rede de 50 lojas para a Raia Drogasil (RD).

Com a saída do concorrente e um balanço melhor que o esperado, as ações da empresa (RADL3) são o grande destaque do dia na bolsa. Por volta das 15h30, os papéis disparavam quase 10%, enquanto o Ibovespa operava próximo à estabilidade no mesmo horário.

Quando adquiriu a Onofre, a expectativa de parte do mercado era que a CVS liderasse o processo de consolidação do segmento de drogarias no país. Mas os americanos não contavam com as dificuldades de operar no mercado brasileiro.

Nos anos seguintes, a rede não só não cresceu como ainda perdeu espaço no mercado. E ainda se envolveu em uma disputa com os fundadores da Onofre, que ainda será decidida em um processo de arbitragem.

A CVS engrossa a fila dos gringos que deram com os burros n'água no Brasil. Nos últimos anos, grandes bancos internacionais como o Citi e HSBC deixaram de atuar no varejo no país, além da rede francesa de lojas Fnac e a marca britânica de cosméticos Lush. Na semana passada, a Ford anunciou o fechamento da fábrica em São Bernardo do Campo (SP), onde produz caminhões e o Ford Fiesta.

Enquanto isso, na Raia Drogasil...

Nesse meio tempo, a Raia Drogasil se manteve como líder desse mercado, ainda que 2018 não tenha sido um ano dos mais fáceis.

Tanto que a aquisição da Onofre e os bons números da companhia do quarto trimestre pegaram muitos investidores de surpresa. Eles tiveram hoje que reverter as posições vendidas nos papéis da Raia, o que explica parte da valorização de hoje, segundo me disse um gestor de fundos.

O lucro ajustado da rede de drogarias aumentou 16% em relação aos últimos três meses de 2017, para R$ 154,4 milhões. Em 2018, o resultado aumentou 7%, para R$ 548,6 milhões.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Mais perto do que se imagina

Sem reformas, País deve violar “regra de ouro” em 2020 e ter recessão, diz OCDE

Organização acredita que não aprovação das reformas resultaria em custos de financiamento mais altos e consequentemente um crescimento mais baixo

A volta da esquerda?

Quatro a cada 10 norte-americanos apoiam o socialismo, diz pesquisa

Levantamento da Gallup mostra que 43% das pessoas acreditam que o socialismo é algo bom para o País, enquanto para 51% ainda é algo ruim; números contrastam com pesquisa de 70 anos atrás

Fraudes em fundos de pensão

Justiça ratifica denúncia de Operação Rizoma contra desvios no Postalis e Serpros

Entre os acusados estão o empresário Milton Lyra, o “operador do MDB”, o ex-tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, e o empresário Arthur Mario Pinheiro Machado

Blog da Angela

Grandes fundos emprestaram uma bolada de dinheiro para o governo. Por que isso é ruim?

Patrimônio de fundos sob gestão dos maiores administradores do país está comprometido em 80% com títulos públicos; ações respondem por 3,5% e aplicações no exterior por 0,5% do total

Bateu o pé

Presidente da Comissão Especial reafirma calendário da reforma da Previdência e diz que relatório sai até dia 15

Prazo para apresentação de emendas, que encerraria nesta quinta-feira, 23, deve ser adiado para o dia 30

De olho no gráfico

É hora de comprar Ambev, BB, Petrobras e outras blue chips da Bolsa?

Coluna traz vídeos sobre análise gráfica e dicas de investimentos. Terças e quartas o tema é o mercado de ações. Quinta-feira é a vez das criptomoedas

Aliança ambiciosa

EDP e Engie assinam memorando para criação de joint venture no setor eólico

Em nota, a EDP informa que as duas empresas combinarão seus ativos eólicos offshore e os projetos em desenvolvimento na recém-criada joint venture, que deve estar em operação até o fim de 2019

Câmbio

BC rola mais US$ 1,25 bilhão em leilão linha com compromisso de recompra

Operações foram anunciadas na sexta-feira. Ontem, rolagem também foi de US$ 1,25 bilhão e ainda teremos mais uma operação amanhã

Nada muda (ufa!)

Fitch reafirma rating do Brasil em “BB-“, com perspectiva estável

Nota do País segue limitada pelas fraquezas nas finanças, perspectivas de crescimento fracas, corrupção e um ambiente político turbulento

menos linhas

Mesmo com reformas, texto da Constituição tem de ser reduzido, diz presidente do STF

Para o ministro Dias Toffoli, se forem aumentados números de dispositivos na Constituição, a possibilidade de judicialização das questões é maior

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements