Menu
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco) e “Abandonado” (Geração).
Drogarias

Com venda da Onofre para a Raia Drogasil, mais um gringo pede água e deixa o país

Seis anos depois de colocar o pé no Brasil, gigante americana CVS Health entrega a rede de 50 lojas da Onofre de graça para a Raia Drogasil, cuja ação dispara hoje na B3

27 de fevereiro de 2019
16:08 - atualizado às 16:41
Raia Drogasil leva a Onofre dos americanos da CVS sem pagar nadaImagem: Divulgação

O Brasil definitivamente não é para principiantes. Seis anos depois de pagar quase R$ 700 milhões pela rede de drogarias Onofre, a gigante americana CVS Health deixa o país pela porta dos fundos ao entregar de graça a rede de 50 lojas para a Raia Drogasil (RD).

Com a saída do concorrente e um balanço melhor que o esperado, as ações da empresa (RADL3) são o grande destaque do dia na bolsa. Por volta das 15h30, os papéis disparavam quase 10%, enquanto o Ibovespa operava próximo à estabilidade no mesmo horário.

Quando adquiriu a Onofre, a expectativa de parte do mercado era que a CVS liderasse o processo de consolidação do segmento de drogarias no país. Mas os americanos não contavam com as dificuldades de operar no mercado brasileiro.

Nos anos seguintes, a rede não só não cresceu como ainda perdeu espaço no mercado. E ainda se envolveu em uma disputa com os fundadores da Onofre, que ainda será decidida em um processo de arbitragem.

A CVS engrossa a fila dos gringos que deram com os burros n'água no Brasil. Nos últimos anos, grandes bancos internacionais como o Citi e HSBC deixaram de atuar no varejo no país, além da rede francesa de lojas Fnac e a marca britânica de cosméticos Lush. Na semana passada, a Ford anunciou o fechamento da fábrica em São Bernardo do Campo (SP), onde produz caminhões e o Ford Fiesta.

Enquanto isso, na Raia Drogasil...

Nesse meio tempo, a Raia Drogasil se manteve como líder desse mercado, ainda que 2018 não tenha sido um ano dos mais fáceis.

Tanto que a aquisição da Onofre e os bons números da companhia do quarto trimestre pegaram muitos investidores de surpresa. Eles tiveram hoje que reverter as posições vendidas nos papéis da Raia, o que explica parte da valorização de hoje, segundo me disse um gestor de fundos.

O lucro ajustado da rede de drogarias aumentou 16% em relação aos últimos três meses de 2017, para R$ 154,4 milhões. Em 2018, o resultado aumentou 7%, para R$ 548,6 milhões.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Conteúdo patrocinado por Startse

Milionária sem sair da cama

O caso da inglesa que ficou milionária trabalhando de pijama no quarto – e o número de brasileiros que querem enriquecer da mesma forma.

Tudo sob controle

Líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann minimiza crise com Rodrigo Maia

Deputada afirmou que o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, está dedicado a “sanar os ruídos”

Seu Dinheiro na sua noite

Está na hora do banho, não de lavar as mãos

Ibovespa terminou a semana em forte queda no dia em que Brasília pegou fogo com a briga entre o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e o governo

Nova pérola do ministro

Guedes, a jornalistas: “não posso falar hoje, parece que o pau está comendo”

Ministro da Economia participou da cerimônia de posse da nova líder da Superintendência de Seguros Privados (Susep), Solange Paiva Vieira

Empurrando as datas

CCJ da Câmara só anunciará relator da Previdência depois de audiência com Guedes

Audiência do ministro da Economia na comissão está marcada para a terça-feira, 26, às 14h

dia 81

Me dê motivo, para ir embora…

Do Chile, presidente vê Rodrigo Maia deixar articulação pela reforma

Traz o extintor!

Aliados de Bolsonaro tentam apaziguar a guerra entre Rodrigo Maia e o governo

Mourão, Flávio Bolsonaro e Joice Hasselmann fizeram afagos ao presidente da Câmara depois que ele ameaçou sair da articulação pela Previdência

Mais uma compra?

Natura confirma: está em conversas com a Avon

Uma nova gigante do setor de cosméticos pode estar a caminho: a Natura e a Avon estão em negociações

Conta digital

Os bancões que se cuidem! NuConta do Nubank atinge marca de 4 milhões de clientes

Número do Nubank representa mais de 10% do total de correntistas ativos no Itaú, o maior banco privado do país

Rede dividida

Reforma da Previdência cria “guerra” de hashtags no twitter

Em São Paulo, paralisação de cobradores e motoristas atingiu mais de um milhão de pessoas na manhã desta sexta-feira. Um protesto está marcado para acontecer às 17 horas

Tretas do governo

Bola da vez: Maia diz que a responsabilidade de conquistar votos agora será de Jair Bolsonaro

“O papel de articulação do executivo com o parlamento nunca foi e nunca será do presidente da Câmara”, destacou o presidente da Câmara. As informações são do jornal “Folha de S.Paulo”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu