Menu
2019-11-07T10:44:38+00:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
de olho nos números

Banco do Brasil, IRB Brasil, Azul e Ultrapar: os balanços que movimentam os mercados nesta quinta-feira

Maratona de números promete movimentar a bolsa. Para que você não perca nenhum detalhe importante dos resultados, o Seu Dinheiro separou os principais números de cada empresa

7 de novembro de 2019
7:49 - atualizado às 10:44
temporadadebalancos

A temporada de resultados empresariais do terceiro trimestre de 2019 está em sua terceira semana e já com grandes destaques da bolsa. Entre a noite de ontem e a manhã desta quinta-feira (7) ao menos seis empresas divulgaram seus resultados - quatro do Ibovespa.

A maratona de números ajuda a movimentar a bolsa brasileira. Ontem, o Ibovespa terminou o dia em queda de  0,34%, aos 108.352,68 pontos. O dólar à vista teve alta de 2,22%, a R$ 4,0826. Veja como deve ser o dia dos mercados na Bula.

Mas para que você não perca nenhum detalhe importante dos resultados trimestrais das empresas, o Seu Dinheiro separou os principais números de cada companhia. Confira como foi o trimestre de Banco do Brasil, IRB Brasil e Ultrapar.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Banco do Brasil

No terceiro trimestre, o lucro líquido do Banco do Brasil alcançou R$ 4,543 bilhões, uma alta de 33,5% em relação ao mesmo período do ano passado. Junto com o lucro, a rentabilidade do Banco do Brasil deu um salto e alcançou 18% no terceiro trimestre, bem acima dos 13,6% do mesmo período do ano passado. A margem financeira, linha do resultado que contabiliza as receitas com a concessão de crédito menos os custos de captação, aumentou 5,6% em relação ao terceiro trimestre do ano passado e atingiu R$ 9,4 bilhões.

  • Lucro líquido: R$ 4,543 bilhões (↑33,5% )
  • Rentabilidade: 18% (↑4,4 p.p.)

IRB Brasil

O ressegurador IRB Brasil Re anunciou lucro líquido de R$ 392,5 milhões no terceiro trimestre, elevação de 28,9% ante idêntico intervalo do ano passado. O resultado foi impulsionado por um maior faturamento no exterior e no Brasil, sinistros sob controle e ainda melhor resultado financeiro. O volume de prêmio de resseguro emitido do IRB somou R$ 2,98 bilhões de julho a setembro, incremento de 17,8% em 12 meses.

Ao fim de setembro, o IRB apresentava patrimônio líquido de R$ 4,262 bilhões, aumento de 6,55% ante dezembro do ano passado. Seu retorno sobre o patrimônio líquido médio (ROAE, na sigla em inglês) foi de 36,7% no terceiro trimestre, melhora de 3,7 p.p. em um ano.

  • Lucro líquido: R$ 392,5 milhões (↑28,9% )

Ultrapar

O Grupo Ultrapar apresentou lucro líquido de R$ 321 milhões no terceiro trimestre de 2019, o valor representa queda de 1% na comparação com o registrado em igual período do ano anterior. A razão para a baixa foi o aumento na despesa financeira. O Ebitda ajustado da empresa, de R$ 888 milhões, cresceu 4% na comparação com igual período do ano anterior. Já a receita da companhia ficou em R$ 23,203 bilhões, queda de 3% na comparação anual, em função da redução na receita líquida da Ipiranga e Oxiteno menores.

  • Lucro líquido: R$ 321 milhões (↓1% )
  • Ebitda: R$ 888 milhões (↑4%)
  • Receita líquida: R$ 23,203 bilhões (↓3%)

Azul

A companhia aérea Azul registrou um prejuízo líquido de R$ 438 milhões entre julho e setembro. O número é 816% maior que os R$ 47,8 milhões do mesmo período do ano passado. A Azul teve uma despesa financeira líquida de R$ 1,028 bilhão, 88,7% maior que a cifra negativa observada há um ano. A linha foi impactada principalmente pela perda cambial não-caixa de R$ 879,4 milhões (+167,0% na base anual), relacionada principalmente ao aumento da dívida denominada em moeda estrangeira

  • Lucro líquido: - R$ 4328 milhões (↑816% )
  • Ebitda: R$ 935,8 milhões (↑24,4%)
  • Receita líquida: R$ 3,03 bilhões (↑3%)

*Mais informações em instantes

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Diplomacia

Bolsonaro e líderes tentam vender o peixe dos Brics a empresários

Presidentes do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul contam a empresários o que têm feito para melhorar o ambiente de negócios

Na ponta do lápis

Natura, brMalls, Qualicorp… os balanços que movimentam os mercados nesta quinta-feira

Resultados das companhias vieram mistos, com dados positivos e negativos para todos os lados. Confira cada um deles

Seu Dinheiro na sua noite

A quarta-feira 13 da Via Varejo

Assim como no cinema, as histórias das empresas com ações na bolsa podem ser divididas em vários gêneros, para todos os gostos. Existem as comédias, estreladas por aquelas companhias que vivem arrancando sorrisos de seus acionistas com crescimento das operações e do lucro. Temos também os faroestes, de empresas em setores que enfrentam forte competição. […]

Corrupção em SP

Lava Jato fecha acordo de leniência de R$ 214 milhões com Andrade Gutierrez

Documento refere-se a ilícitos cometidos pela companhia em obras do Metrô de São Paulo, Prefeitura de São Paulo, CPTM, DERSA, EMTU e CODESP nos governos do PSDB

Medidas do governo

Pesquisa mostra que 57% dos brasileiros reprovam congelamento de salários de servidores

Levantamento da XP mostra também que o conhecimento sobre o pacote de reformas estruturais apresentado no início deste mês é limitado

O Disney Plus vem aí

Te cuida, Netflix: o novo serviço de streaming da Disney já tem 10 milhões de usuários

As ações da Disney dispararam com a informação de que, em apenas um dia, o novo serviço de streaming da companhia já conta com 10 milhões de usuários. E agora, Netflix?

Próximos passos

Banco dos BRICS quer trabalhar com mais empréstimos em moedas locais

NDB tem como foco o financiamento de projetos no Brasil, na Rússia, na Índia, na China e na África do Sul

Trato feito

Grupo Prumo e Siemens AG assinam acordo de cooperação em projetos de energia

Assinatura ocorreu durante a reunião do BRICs, em cerimônia que contou com a presença dos principais executivos das companhias envolvidas

Ficou difícil

Negociação EUA-China trava por questão de compras agrícolas, dizem fontes

Impasse sobre agricultura cria outro obstáculo no caso, conforme Pequim e Washington tentam fechar a fase 1 do acordo

Mantendo relações

Bolsonaro confirma viagem à Índia em janeiro de 2020

Mais cedo, presidente teve reunião com o presidente da China, Xi Jinping, para a assinatura de acordos bilaterais

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements