Insights de investimento, análises de mercado e muito mais! Siga o Seu Dinheiro no Instagram

2022-05-13T20:48:12-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
DESINVESTIMENTO

Cade aprova venda de refinaria da Petrobras (PETR4) para o Grupo Atem; saiba mais

A venda da Refinaria Isaac Sabbá (Reman) é a segunda concluída no programa de desinvestimento da Petrobras; a Rlam foi a primeira

13 de maio de 2022
16:22 - atualizado às 20:48
refinaria reman petrobras petr4
Imagem: Geraldo Kosinski/Agência Petrobras

A Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) informou nesta sexta-feira (13) a aprovação, sem restrições, da aquisição da Refinaria Isaac Sabbá (Reman) pela Ram Participações, do Grupo Atem.

A refinaria, localizada em Manaus (AM), pertence à Petrobras (PETR4) e é a segunda vendida pela estatal em seu programa de desinvestimentos. A petrolífera e o grupo Atem assinaram o contrato de venda em agosto de 2021, por US$ 189,5 milhões (R$ 975,4 milhões).

A operação inclui repasse de ativos logísticos, como dutos e um terminal aquaviário (TUP Reman). Além disso, envolve os mercados de refino de petróleo e distribuição de combustíveis.

Por que a Petrobras (PETR4) vendeu a refinaria?

A movimentação é resultado de uma das obrigações da Petrobras (PETR4) com o Cade, de junho de 2019, por meio do Termo de Compromisso de Cessação (TCC), segundo o órgão. A medida tem o objetivo de estimular a concorrência no mercado de refino de petróleo

"Pelo acordo, a estatal se comprometeu a vender oito refinarias, incluindo os ativos relacionados a transporte de combustível, entre elas a Isaac Sabbá, no Amazonas. O objetivo do TCC é estimular a concorrência no setor de refino de petróleo no Brasil, até então explorado quase integralmente pela Petrobras."

Sobre a venda da refinaria Reman, o tribunal de conselheiros do Cade pode apresentar recurso sobre a decisão. Caso não haja solicitação de análise do ato de concentração ou recurso de terceiro interessado, no prazo de 15 dias, a decisão da Superintendência-Geral terá caráter terminativo e a operação estará aprovada em definitivo pelo órgão antitruste.

Leia também

Programa de desinvestimento da Petrobras (PETR4)

O programa de desinvestimento da estatal faz parte do acordo com o Cade, firmado em 2019, que inclui oito refinarias.

A primeira a ser vendida foi a Refinaria Landulpho Alves (RLAM), localizada na Bahia. A aprovação de hoje confirma a aquisição da Reman pelo setor privado.

Mas, ainda há outras seis refinarias previstas no programa:

  • Refinaria Abreu e Lima (Rnest), Pernambuco;
  • Unidade de Industrialização do Xisto (SIX), no Paraná;
  • Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar), no Paraná;
  • Refinaria Gabriel Passos (Regap), em Minas Gerais;
  • Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste (Lubnor), no Ceará;
  • Refinaria Alberto Pasqualini (Refap), no Rio Grande do Sul.

Vale ressaltar que o processo de venda da Refinaria Abreu e Lima (Rnest), aberto no ano passado, foi encerrado após os interessados na operação desistirem do negócio. Sendo assim, ainda restam seis refinarias para a conclusão do acordo da estatal com o Cade.

*Com informações de Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

A PARTIR DE JUNHO

Quer um pedacinho da Eletrobras (ELET3)? O trabalhador poderá usar recursos do FGTS para comprar ações

O trabalhador deverá fazer reserva de aquisições entre 3 e 9 de junho. O governo liberou o uso de até 50% do FGTS para compra de ações da Eletrobras

DESINVESTIMENTO

Em meio à turbulências, Petrobras (PETR4) assina mais um contrato de venda de refinaria

A operação ainda deve passar pelo crivo do Cade. A venda da refinaria Lubnor por US$ 34 milhões faz parte do plano de desinvestimento

DIPLOMACIA RUSSA

Bandeira branca? Putin diz que vai viabilizar comércio de grãos ucranianos e fertilizantes

Em conversa com o presidente da França e o chanceler da Alemanha, Putin afirmou que vai aumentar a oferta de grãos e fertilizantes

NÃO VINGOU

Terra 2.0 derrete mais de 60% no dia do lançamento; saiba por quê

A Terra 2.0 já acumula perdas; o renascimento da criptomoeda sofre com a perda de credibilidade, após falhas no protocolo da antiga moeda

NOVA CRIPTO NA ÁREA

Lançamento da Terra 2.0: vale a pena investir em um projeto criado pelos mesmos desenvolvedores da extinta Terra (LUNA)? Especialistas falam sobre nova criptomoeda

A resposta foi quase unânime: os analistas deixaram de acompanhar a Terra (LUNA) e não acreditam mais no projeto

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies