O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-05-06T15:16:21-03:00
Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP.
TCHAU, ESTRANGEIRO

Por que o governo chinês quer 100% de computadores “made in China” nos órgãos estatais em até dois anos

Com objetivo de reduzir a dependência tecnológica, a China vai substituir computadores de origem estrangeira por equipamentos nacionais

6 de maio de 2022
15:16
Xi Jinping; computadores china
Xi Jinping, presidente da China - Imagem: Wikimedia Commons

O governo da China ordenou a troca de 50 milhões de computadores de marcas estrangeiras em órgãos públicos e empresas estatais em até dois anos, nessa semana. Os chineses, assim, deverão optar por marcas domésticas - a mudança já começou a ser feita.

Segundo reportagem da Bloomberg, funcionários dessas repartições já tiveram que substituir os computadores pessoais por equipamentos chineses que utilizam um sistema operacional desenvolvido no país.

O governo chinês quer erradicar a dependência tecnológica de marcas estrangeiras - principalmente dos rivais geopolíticos, como os EUA - em órgãos nacionais e empresas estatais.

China quer mais segurança da informação

Essa decisão é uma das mais agressivas já tomadas pelo país, durante a última década, e a principal razão é a segurança da informação. Além disso, é uma iniciativa para promover o uso de hardwares domésticos como os da Lenovo, Huawei e Inspur, e os softwares Kingsoft e Standard Software.

Essa redução de importação de produtos estrangeiros não se restringe aos computadores pessoais: semicondutores, equipamentos de rede, telefones e todos equipamentos que envolvem tecnologia estão nesta lista.

A decisão ainda deve afetar diretamente as campeãs de vendas de computadores no país, como a HP e a Dell, marcas estadunidenses.

Leia também

*Com informações da Bloomberg

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

CSN (CSNA3) e CSN Mineração (CSNA3) vão recomprar até 164 milhões de ações; veja o que muda para os acionistas

As duas companhias aproveitam o momento descontado na B3 para encerrar os programas atuais e iniciar novas operações com duração de um ano

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Inflação derruba bolsas, Hapvida vai às compras e a varejista que ameaça o Magalu; confira os destaques do dia

Depois de um dia de animação, preocupações com o movimento dos preços e a atividade econômica pelo mundo estragaram o humor dos investidores

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana come margem de grandes empresas e derruba bolsas globais; Ibovespa cai mais de 2% e dólar cola em R$ 5

Com inflação pressionando e China voltando a fechar cidades, o Ibovespa caiu menos que as bolsas em Wall Street, mas ainda assim amargou fortes perdas

BR Properties (BRPR3) vende 80% do portfólio para fundo canadense, em transação de quase R$ 6 bilhões

Além de representar um movimento importante no atual cenário macroeconômico brasileiro, a transação marca a saída de boa parte do capital do fundo soberano de Abu Dhabi (ADIA) da empresa

CAMINHO ABERTO

TCU aprova privatização da Eletrobras (ELET3); fique por dentro da decisão do tribunal

Uma das prioridades do governo federal, privatização da Eletrobras ainda enfrenta outros obstáculos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies