🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

2022-05-22T12:43:11-03:00
Guilherme Valle
O QUE VEM POR AÍ

Ata do Fed e IPCA-15: confira a agenda de indicadores da semana aqui e lá fora

Nos Estados Unidos, a segunda prévia do PIB no primeiro trimestre também é destaque; na Europa, o PIB da Alemanha é o principal dado

22 de maio de 2022
14:00 - atualizado às 12:43
porcentagem
Imagem: Shutterstock

Depois de uma semana em que as preocupações com um cenário de inflação associada ao baixo crescimento alimentaram um sentimento de aversão ao risco, os agentes econômicos terão uma chance de atualizar suas previsões sobre os caminhos da economia mundial com indicadores fresquinhos.

Isso porque, no Brasil, o IBGE divulga o IPCA-15, com dados da inflação de maio. Além disso, dados do Cadastro Geral dos Empregados e Desempregados (CAGED) oferecem uma atualização sobre o mercado de trabalho em abril.

No exterior, a agenda de indicadores não é das mais agitadas, mas conta com divulgações importantes — como é o caso dos PIBs da Alemanha e dos EUA, além da ata do Fomc — o equivalente norte-americano do Copom.

Principais indicadores no Brasil

Há nem tanto tempo assim, o momento de interrupção na alta nos juros parecia mais claro: o próprio Copom havia sinalizado, na reunião de março, que aquele poderia ser o último aumento de um ciclo de dez altas — nesse meio tempo, a Selic foi de 2% para 12,75%.

Mas, nas últimas semanas, a coisa foi mudando de figura. A inflação mostra-se resistente aos ataques dos Bancos Centrais  — o aumento sistemático dos preços é influenciado por fatores que fogem ao controle dos BCs, como a desorganização das cadeias de produção e o aumento dos custos produtivos.

Sendo assim, o IPCA-15, que será divulgado na terça-feira (24), é o principal destaque da semana. Na última leitura, o índice do IBGE que mede a inflação ao consumidor — e é considerado uma prévia do índice utilizado pelo BC na definição da meta de inflação —, havia registrado avanço de 1,73%.

A mediana das estimativas dos analistas prevê que, em maio, o IPCA-15 tenha registrado desaceleração, ficando em 0,39% em comparação aos 1,73% de abril. No acumulado em 12 meses, a expectativa é de que o índice fique em 11,97%, ante 12,03% na leitura anterior.

Também teremos novidades sobre o mercado de trabalho, que acaba sofrendo com juros mais altos. É que, na quinta-feira (26), a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho divulgará o CAGED, com o número de empregos formais criados em abril. A mediana das estimativas coloca em 175 mil os novos postos de trabalho, frente aos 136 mil do último levantamento.

E o exterior?

Mundo afora, as preocupações não são muito diferentes das que temos por aqui. Por isso, o PIB da Alemanha no primeiro trimestre merece destaque. O dado será publicado na madrugada da quarta-feira (25).

No mesmo dia, será divulgada a ata do FOMC, o equivalente ao Copom nos Estados Unidos. Com sinalizações ambíguas, que ora indicam uma atuação mais agressiva da autoridade monetária, ora apontam para a manutenção do ritmo de ajuste, essa será mais uma oportunidade para conhecer os meandros da discussão que culminaram na última decisão, de aumentar o juro em 0,5 p.p.

Por último, teremos a oportunidade de dar mais uma olhada no comportamento da economia nos Estados Unidos. O BEA publicará na quinta-feira (26) sua segunda prévia para o PIB do primeiro trimestre. Na última leitura, o índice havia registrado retração de 1,4%.

Confira abaixo o calendário com os principais indicadores que devem movimentar a economia brasileira na próxima semana. Os dados são da consultoria econômica LCA:

Segunda-feira (23)

IndicadorData de refêrenciaHorário de divulgaçãoÓrgão responsável
IPC-S23-mai8:00FGV
Balança comercial semanal18-abr15:00Secint
Clima de negócios 0 AlemanhaMaio5:00IFO
Índice de Atividade Nacional - EUAAbril9:30Fed
Discurso de Raphael Bostic - EUA-13:00Fed Atlanta

Terça-feira (24)

IndicadorData de refêrenciaHorário de divulgaçãoÓrgão responsável
IPCA-15Maio9:00IBGE
PMI Industrial/Serviços/Composto - AlemanhaMaio (prévia)4:30Markit
PMI Industrial/Serviços/Composto - Zona do EuroMaio (prévia)5:00Markit
PMI Industrial/Serviços/Composto - EUAMaio (prévia)10:45Markit
Sondagem Industrial - EUAMaio11:00Fed Richmond
Vendas de novas moradias - EUAAbril11:00C. Bureau

Quarta-feira (25)

IndicadorData de refêrenciaHorário de divulgaçãoÓrgão responsável
IPC-Fipe (3ª quadrissemana)23-maio5:00Fipe
Sondagem do ConsumidorMaio8:00FGV
Relatório Mensal da Dívida PúblicaAbril14:30Secint
PIB - Alemanha1º tri3:00GFSO
Encomendas de bens duráveis - EUAAbril (prévia)9:30C. Bureau
Estoques de petróleo bruto - EUA20-mai11:30DOE
Ata do FOMC4 de maio15:00Federal Reserve

Quinta-feira (26)

IndicadorData de refêrenciaHorário de divulgaçãoÓrgão responsável
Sondagem da ConstruçãoMaio8:00FGV
INCC-MMaio8:00FGV
CagedAbril-SEPTR
Pedidos de auxílio desemprego - EUA20-mai11:00DoL
Lucros Totais da Indústria - ChinaAbril22:30NBS

Sexta-feira (27)

IndicadorData de refêrenciaHorário de divulgaçãoÓrgão responsável
Sondagem da IndústriaMaio8:00FGV
Definição da bandeira tarifária de energia elétricaJunho-ANEEL
Renda pessoal - EUAAbril9:30BEA
Gasto pessoal - EUAAbril9:30BEA
Deflatores do PCE - EUAAbril9:30BEA
Confiaça do Consumidor - EUAMaio11:00Universidade de Michigan

Na semana

IndicadorData de refêrenciaHorário de divulgaçãoÓrgão responsável
Arrecadação federalAbril-Receita Federal
Vendas no varejo - AlemanhaAbril-GFSO
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

Taxas gordas

Com risco fiscal, retorno de 6% + IPCA volta a ser comum entre títulos Tesouro IPCA+ de longo prazo

6 de julho de 2022

Todos os vencimentos de títulos públicos Tesouro IPCA+ a partir de 2035 já voltaram a pagar a rentabilidade “mágica” desse tipo de ativo

QUEDA DE APORTES

Crise dos unicórnios e demissões em massa têm explicação: investimentos em startups caíram 44% no primeiro semestre

6 de julho de 2022

Inflação global, escalada da alta de juros e a Guerra da Ucrânia geraram incertezas no mercado e “seguraram” os investimentos; as mais afetadas são as startups de late stage e unicórnios

CARA CADÊ MEU DEFI?

Roubo de criptomoedas com ataque hacker levou US$ 1,3 bilhão de plataformas de DeFi em 2022; maior crime foi de US$ 180 milhões

6 de julho de 2022

Mesmo com a alta do dia, os investidores acompanham os desdobramentos do pedido de falência da Voyager Digital

O FANTASMA DA RECESSÃO

Ata do Fed manda recado: saiba se os próximos passos do BC dos EUA podem tirar o sono dos investidores

6 de julho de 2022

Na reunião de junho, o banco central norte-americano elevou a taxa de juro em 0,75 ponto percentual, o maior aumento desde 1994, na tentativa de conter uma inflação que não dá tréguas; será que vem mais por aí?

Está vindo aí

Risco de recessão volta a assustar, petróleo amplia perdas e petroleiras lideram quedas do dia; Hypera (HYPE3) e Americanas (AMER3) sobem forte

6 de julho de 2022

Com a queda do petróleo no mercado internacional, papéis de commodities no Brasil têm maiores quedas nesta quarta-feira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies