🔴 SÉRIE EMPIRICUS IN$IGTS: +100 RELATÓRIOS CORTESIA – LIBERE GRATUITAMENTE

Estadão Conteúdo
MAKE IT RAIN

Xi Jinping preocupado? China inicia novas medidas para tentar salvar a economia e a colheita; entenda

O país asiático não só tenta apagar as chamas do dragão da desaceleração econômica, como também salvar a colheita do verão mais quente e seco de Pequim em 61 anos

Estadão Conteúdo
22 de agosto de 2022
9:10 - atualizado às 10:24
Xi Jinping; computadores china
Xi Jinping, presidente da China - Imagem: Wikimedia Commons

Make it rain down, Lord. A China levou a sério a música do norte-irlandês Foy Vance. Os pedidos de chuva do país asiático não só tentam apagar as chamas do dragão da desaceleração econômica, como também salvar a colheita de uma seca histórica.

Pequim decidiu cortar a taxa básica de juros de empréstimos, em uma nova tentativa de dar suporte em meio à desaceleração da economia. Esta é a terceira taxa a receber cortes pelo banco central chinês desde a semana passada.

A autoridade monetária promoveu reduções na taxa básica de empréstimos de um ano, oferecida aos melhores clientes dos bancos, que caiu de 3,70% para 3,65%.

Já a taxa de cinco anos, usada para precificar empréstimos de longo prazo, como hipotecas, recuou de 4,45% para 4,3%, informou o Banco do Povo da China (PBoC, na sigla em inglês).

A taxa de um ano foi cortada pela última vez em janeiro, enquanto a diminuição mais recente do imposto de cinco anos foi feita em maio.

A Chiva vai ‘fazer chover’?

Além das novas medidas para atenuar os efeitos da desaceleração econômica, a China enfrenta uma onda intensa de calor ao mesmo tempo em que vive uma seca histórica.

Pequim vivencia o verão mais quente e seco desde que o governo começou a registrar chuvas e temperaturas, há 61 anos. O clima impactou diretamente as colheitas e deixou os reservatórios de água com metade dos níveis regulares.

Para tentar proteger a colheita de grãos da seca recorde, o Ministério da Agricultura da China afirmou que utilizará produtos químicos para "fazer chover".

A intenção do Ministério é "aumentar a chuva", produzindo nuvens com produtos químicos e pulverizando as plantações com um "agente de retenção de água", o que limitaria a evaporação e a perda de água.

O ministro da Agricultura, Tang Renjian, afirmou que as autoridades utilizarão medidas de emergência para "garantir a colheita de grãos no outono" — que representa 75% do total anual da China.

Vale destacar que uma colheita de grãos menor no país asiático resultaria em um aumento da demanda por importações.

Impactos ambientais na China

A seca recorde não é o único problema ambiental que a China enfrenta atualmente.  

No Sudoeste do país, fábricas na província de Sichuan foram fechadas na semana passada, para economizar energia para as residências. Isso porque Pequim tem registrado temperaturas de até 45ºC, o que fez a demanda por ar condicionado disparar.

Até ontem, as empresas chinesas ainda aguardavam notícias sobre a prorrogação da paralisação das atividades.

Já no Noroeste, diversas áreas da China sofreram inundações repentinas, que mataram pelo menos 26 pessoas e deixaram cinco desaparecidas.

Deslizamentos de lama e rios também atingiram seis aldeias nas proximidades da Grande Muralha, forçando aproximadamente 1,5 mil pessoas a deixarem suas casas.

Compartilhe

AGRO EM ALTA

Governo oferecerá mais de R$ 340 bilhões para produtores rurais no novo Plano Safra; valores entram em vigor em julho

29 de junho de 2022 - 19:56

O programa do governo federal prevê o direcionamento de recursos públicos para financiar e apoiar a agropecuária nacional

O AGRO É POP

BB DTVM lança o AGRI11, primeiro ETF que segue o novo índice do agronegócio na B3

24 de maio de 2022 - 15:56

Na estreia, os papéis AGRI11 operam em alta; o ETF é o segundo fundo voltado ao agronegócio que a gestora do Banco do Brasil lança neste ano

MERCADO DE TRABALHO

Quatro setores da economia definem as profissões do futuro; confira quais são elas

27 de abril de 2022 - 11:50

As profissões do futuro estão nas áreas de tecnologia, indústria da transformação, agricultura e saúde. Ao todo, são quase 50 ocupações

DE OLHO NO AGRO

Tereza Cristina destaca importância da Rússia e Belarus em potássio e ureia e anuncia lançamento do Plano Nacional de Fertilizantes; entenda

2 de março de 2022 - 18:20

“Desde que nós soubemos, no ano passado, que a Bielorrússia (Belarus) sofreria sanções dos EUA e da União Europeia, começamos um périplo por alguns países”, disse a ministra

FOCO NO AGRO

Em meio a tensões entre Ucrânia e Rússia, Bolsonaro e Putin destacam parceria na área de fertilizantes

16 de fevereiro de 2022 - 15:45

Bolsonaro ainda citou o lado conservador do colega russo. “Compartilhamos de valores comuns, como crença em Deus e defesa da família”

DÉCIMO ANDAR

Fiagro: fique por dentro da nova forma de ganhar dinheiro investindo no agronegócio

30 de janeiro de 2022 - 7:50

Fundo é uma junção dos recursos de vários investidores para a aplicação em ativos de investimentos do agronegócio, sejam eles de natureza imobiliária rural ou de atividades relacionadas à produção do setor

NO PARABRISA DA ECONOMIA

Agenda de indicadores: Fique por dentro dos números que mexem com o mercado na próxima semana

7 de janeiro de 2022 - 16:57

O grande destaque entre os indicadores da economia previstos para a próxima semana é a inflação medida pelo IPCA. Confira a agenda completa

dinheiro no caixa

BrasilAgro vende área no Mato Grosso por R$ 589 milhões, mais do que o levantado no IPO

7 de outubro de 2021 - 19:58

Na abertura de capital, em fevereiro deste ano, empresa levantou R$ 500,1 milhões; com operação, a companhia diz aproveitar “bom ciclo das commodities”

Colhendo altas

Boa Safra (SOJA3) encontra solo fértil na B3, e Itaú BBA recomenda compra da ação, que já subiu 40% desde IPO

28 de setembro de 2021 - 16:28

As perspectivas para a empresa, que já é líder no mercado nacional de sementes, e os múltiplos da ação agradaram os analistas do banco de investimentos

Federação rachada

Divergência entre gigantes: Comissão da Câmara quer ouvir Guedes, BB (BBAS3) e Caixa sobre saída da Febraban

30 de agosto de 2021 - 6:55

As duas instituições discordaram da adesão da federação a um manifesto que será lançado pela Fiesp amanhã, que pede harmonia entre os Poderes

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar