🔴 5 MOEDAS PARA MULTIPLICAR SEU INVESTIMENTO EM ATÉ 400X – VEJA COMO ACESSAR LISTA

Carolina Gama
Formada em jornalismo pela Cásper Líbero, já trabalhou em redações de economia de jornais como DCI e em agências de tempo real como a CMA. Já passou por rádios populares e ganhou prêmio em Portugal.
AMIGA PARA SEMPRE

China contra-ataca: Pequim sai em defesa da Rússia por sanções e volta a alfinetar os Estados Unidos

Escalada da guerra acontece não apenas no campo de batalha na Ucrânia, mas também na troca de farpas entre as duas maiores economias do mundo

Carolina Gama
15 de março de 2022
13:15 - atualizado às 13:21
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, cumprimenta com um aperto de mãos o presidente da China, Xi Jinping
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o presidente da China, Xi Jinping - Imagem: Shutterstock

Se ontem a China negou de maneira diplomática um suposto pedido de socorro de Vladimir Putin, hoje Pequim mostrou que sempre esteve do lado da Rússia, endurecendo o tom contra as sanções do Ocidente. E foi além: não poupou nem mesmo os Estados Unidos - seu maior rival no cenário internacional. 

Em uma tentativa de estrangular a economia russa e deixar Putin sem recursos para manter as tropas avançando sobre a Ucrânia, os norte-americanos, europeus e outros aliados impuseram uma enxurrada de sanções contra Moscou. 

As medidas têm como alvo as joias da coroa russa, como o setor de óleo e gás - principais fontes de receita do governo Putin -, mas atingiram também os oligarcas do país, incluindo Roman Abramovich, proprietário do Chelsea

Até agora, a China vinha assistindo tudo da primeira fila da plateia, defendendo a diplomacia para colocar fim à guerra. Mas isso mudou nesta terça-feira (15), quando o próprio ministro das Relações Exteriores, Wang Yi, manifestou-se sobre as sanções. 

China endurece o tom

Embora já tenha manifestado descontentamento sobre os efeitos das sanções do Ocidente contra a Rússia, agora a China endureceu o tom a respeito das medidas punitivas. 

Wang afirmou que Pequim tem o direito de defender seus interesses caso as sanções impostas por potências ocidentais contra a Rússia afetem o país asiático.

  • IMPORTANTE: liberamos um guia gratuito com tudo que você precisa para declarar o Imposto de Renda 2022; acesse pelo link da bio do nosso Instagram e aproveite para nos seguir. Basta clicar aqui

Em conversa com seu homólogo espanhol, José Manuel Albares, Yi reiterou oposição às medidas do Ocidente em retaliação à invasão da Ucrânia pelos russos. 

"A China sempre se opõe ao uso de sanções para resolver problemas, e se opõe ainda mais a sanções unilaterais que não têm base no direito internacional", disse Wang, em comunicado.

Conheça detalhes sobre a invasão russa à Ucrânia:

Estados Unidos na mira de Pequim

Se, por um lado, o conflito entre Rússia e Ucrânia vem ganhando escala a exemplo do ataque próximo da fronteira da Polônia, por outro os atritos entre China e Estados Unidos seguem mais vivos do que nunca

Depois de uma batalha comercial na era Trump — que culminou em uma série de trocas de tarifas —, agora Pequim e Washington voltam a se enfrentar no campo das palavras.

Na segunda-feira (15), o governo chinês acusou os Estados Unidos de espalhar desinformação sobre a guerra e hoje Wang voltou a sua artilharia para a Casa Branca. 

Sem citar nomes, o chanceler chinês ressaltou hoje que "algumas forças" tentam manchar a posição de Pequim sobre o conflito. 

Segundo ele, o país pretende continuar exercendo "papel construtivo" em prol de uma resolução para a crise.

Compartilhe

MAKE IT RAIN

Xi Jinping preocupado? China inicia novas medidas para tentar salvar a economia e a colheita; entenda

22 de agosto de 2022 - 9:10

O país asiático não só tenta apagar as chamas do dragão da desaceleração econômica, como também salvar a colheita do verão mais quente e seco de Pequim em 61 anos

EM FORTE QUEDA

China derruba preços do petróleo internacional e pode ajudar na redução da gasolina no Brasil; entenda

15 de agosto de 2022 - 11:06

Desde as máximas em março deste ano, o barril de petróleo Brent já recuou cerca de 26% com a perspectiva de desaceleração — e, possivelmente, recessão — global

COM PASSAGENS DE SAÍDA

Cinco empresas chinesas vão retirar seus ADRs da Bolsa de Nova York — saiba por quê

12 de agosto de 2022 - 17:02

As estatais anunciaram planos de retirada voluntária de seus ADRs ainda neste mês; a decisão acontece em meio à desacordo entre os órgãos reguladores da China e dos EUA

BOMBOU NAS REDES

A catástrofe na Rússia que Putin não quer que o Ocidente descubra: Estados Unidos e aliados estão causando um verdadeiro estrago na economia do país; veja os maiores impactos

11 de agosto de 2022 - 8:37

Enquanto algumas matérias derrotistas apontam a Rússia ‘à prova’ de sanções, um estudo de Yale afirma que os efeitos são catastróficos; entenda detalhes

ALERTA LARANJA

China contra-ataca: entenda o recado que Xi Jinping mandou ao lançar mísseis que caíram no Japão

4 de agosto de 2022 - 14:29

Governo japonês diz que cinco mísseis balísticos lançados por Pequim durante exercícios militares em torno de Taiwan caíram na zona econômica exclusiva do Japão pela primeira vez

TENSÃO NO AR

Tambores de uma nova guerra? Entenda por que Taiwan coloca China e Estados Unidos em pé de guerra

2 de agosto de 2022 - 14:56

Visita de Nancy Pelosi a Taiwan acirra tensões entre Estados Unidos e China em meio a disputa por hegemonia global

Tensão no ar

Após alertar Pelosi para não visitar Taiwan, China realiza exercícios militares na costa em frente à ilha

30 de julho de 2022 - 12:37

O Ministério da Defesa chinês alertou Washington, na última semana, para não permitir que a presidente da Câmara dos Deputados americana visite Taiwan

QUEDA DE BILHÕES

Como a crise imobiliária na China pulverizou metade da fortuna da mulher mais rica da Ásia

29 de julho de 2022 - 11:35

Yang Huiyan viu sua fortuna de US$ 23,7 bilhões cair pela metade nos últimos 12 meses; a bilionária controla a incorporadora Country Graden

BOM PARA OS DOIS

Enquanto Rússia corta gás para a Europa, gasoduto que leva a commodity à China está perto da conclusão

27 de julho de 2022 - 17:12

O canal de transporte do gás natural está em fase final de construção e interliga a Sibéria a Xangai; a China aumentou o fornecimento da commodity russa em 63,4% no primeiro semestre deste ano

TREASURIES NA BERLINDA

Por que a China e o Japão estão se desfazendo – em grande escala – de títulos do Tesouro do Estados Unidos

20 de julho de 2022 - 14:30

Volume de Treasuries em poder da China e do Japão estão nos níveis mais baixos em anos com alta da inflação e aumento dos juros nos EUA

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar