🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-03-14T20:28:55-03:00
Carolina Gama
PORTAS FECHADAS?

China responde a pedido de ajuda da Rússia para vencer a guerra; veja o que Xi Jinping falou para Putin

Pequim vem adotando um posicionamento mais diplomático com relação ao conflito, mas quando o assunto esbarra em Taiwan, a postura é bem mais dura em defesa de uma China única

14 de março de 2022
14:46 - atualizado às 20:28
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, aperta as mãos do presidente da China, Xi Jinping
O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o presidente da China, Xi Jinping - Imagem: Shutterstock/Envato/Brenda Silva

A participação da China na guerra entre Rússia e Ucrânia é uma das questões mais sensíveis ao conflito. Nesta segunda-feira (14), o assunto ganhou novos contornos depois da notícia de que o presidente russo teria pedido ajuda ao colega chinês para manter suas tropas em solo ucraniano. 

Embora seja uma aliada natural de Moscou, a China vem adotando uma postura mais diplomática com relação a uma solução para o conflito. Então, o que teria dito Xi Jinping ao pedido de socorro de Vladimir Putin?

A resposta foi não. Mas, ao contrário do que parece, a negativa não foi uma porta na cara do presidente russo e tampouco veio de forma contundente. 

As sutilezas da resposta da China 

Ao invés de falar “não” logo de cara, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Zhao Lijan, usou da diplomacia inerente ao cargo para tratar do assunto. 

Ele reforçou a posição da China na promoção de conversas que levem ao fim do conflito e condenou posturas “que joguem na lenha na fogueira” da guerra.

"A posição da China na questão da Ucrânia é consistente e clara. Temos desempenhado um papel construtivo em promover conversas de paz", afirmou Zhao.

  • IMPORTANTE: liberamos um guia gratuito com tudo que você precisa para declarar o Imposto de Renda 2022; acesse pelo link da bio do nosso Instagram e aproveite para nos seguir. Basta clicar aqui

O porta-voz disse ainda que a prioridade no momento é que todas as partes exerçam moderação, "esfriem a situação em vez de jogar lenha na fogueira e trabalhem por um acordo diplomático em vez de agravar ainda mais a situação".

VEJA TAMBÉM: RÚSSIA X UCRÂNIA: Guerra deve AUMENTAR preços dos CARROS no Brasil I Hora de comprar um CARRO?

A culpa é dos EUA?

Os Estados Unidos não escaparam da mira chinesa. Zhao sugeriu que a notícia do pedido de ajuda da Rússia à China teria sido espalhado pelos Estados Unidos. 

"Já deixei claro que os Estados Unidos estão espalhando desinformação. A China elaborou sua posição sobre as relações China-Rússia em várias ocasiões", afirmou. 

O porta-voz classificou ainda os Estados Unidos como o "verdadeiro império hacker" do mundo.

Na guerra entre Rússia e Ucrânia, tal movimentação poderia levar ao "efeito negativo de enganar a comunidade internacional e espalhar desinformação". 

Taiwan no caminho de China e EUA

As críticas do governo chinês aos Estados Unidos não pararam por aí. Zhao também acusou Washington de violar o princípio de “uma China única” - isto é, que Taiwan é parte integrante da China continental - ao vender armas para a ilha. 

Segundo mensagem publicada na conta do Twitter da chancelaria chinesa, “os Estados Unidos, com essa atitude, interferem em questões internas da China e prejudicam os lados bilaterais, bem como a paz e a estabilidade no Estreito de Taiwan”. 

Sobrou até para o Japão

O porta-voz não poupou nem o Japão, conhecido aliado dos Estados Unidos. Em mensagem no Twitter, ele veiculou o link de uma notícia da imprensa japonesa sobre o fato de o premiê Fumio Kishida almejar que os Estados Unidos façam valer a parceria para reforçar as defesas militares japonesas.

Segundo Zhao, Pequim recomenda que o Japão seja "prudente com suas palavras e ações". 

Na nota da Jiji Press, Kishida disse no Parlamento em Tóquio que seu país continuará a tratar do tema com os Estados Unidos "a fim de manter sua força e credibilidade". 

Para o premiê japonês, com a invasão da Rússia na Ucrânia fica ainda mais importante reforçar a capacidade de defesa de seu país.

VEJA TAMBÉM: GUERRA NUCLEAR na Ucrânia? Arsenal ATÔMICO da Rússia está pronto para COMBATE I CHERNOBYL dominada

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

NOITE CRIPTO

Sem fôlego: bitcoin (BTC) opera em alta, mas ainda não volta para os US$ 20 mil; entenda por quê

Apesar do respiro desta sexta-feira (1), o bitcoin ainda sente todo o peso de um Federal Reserve mais agressivo contra a inflação. A semana também não foi tão positiva assim com o noticiário do universo digital.

VAI TER QUE PAGAR!

Um acordo de milhões: Petrobras (PETR4) se entende com a ANP sobre royalties da operação de xisto no Paraná

Segundo a estatal, o acordo envolve o pagamento de R$ 601 milhões pela companhia — um montante que já foi provisionado nas demonstrações financeiras

CASOU!

Enfim, sós! Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3) consumam combinação de negócios; confira detalhes

Por conta do enlace, hoje foi o último dia de negociação das ações de emissão da Unidas na B3

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa começa julho com o pé direito, o reforço de caixa da MRV (MRVE3) e a semana em cripto; confira os destaques do dia

Que sexta-feira costuma ser o dia da semana favorito de muita gente não é novidade, mas você já reparou na tendência que temos de tentar fazer dele o mais leve de todos para não atrapalhar o descanso do fim de semana? Seja no escritório ou no mercado financeiro, o último dia útil é o momento […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa dá uma pausa nas perdas e sobe 0,29% na semana, mas dólar dispara e chega a R$ 5,32

O começo de julho foi mais animador para o Ibovespa, mas as dificuldades seguem pressionando o câmbio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies