🔴 RECEBA ANÁLISES DE MERCADO DIÁRIAS: CLIQUE AQUI E SIGA O SEU DINHEIRO NO INSTAGRAM

2022-06-23T21:13:54-03:00
Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
Recomendações

JP Morgan indica 21 ações latino-americanas para investir no segundo semestre e Brasil tem 13 empresas na lista. Confira

De acordo com o JP Morgan, as ações brasileiras estão sendo negociadas no seu menor nível em 20 anos e, ao mesmo tempo, os ganhos das empresas têm melhorado

21 de junho de 2022
13:40 - atualizado às 21:13
Imagem mostrando um homem de camisa branca olhando para um telão de cotações da bolsa, localizado no segundo plano. Ele está de pé, com o braço direito apoiado numa cadeira. Simboliza o investimento em ações e o recebimento de dividendos
Imagem: Shutterstock

Com o cenário macroeconômico marcado por aumento de juros no mundo todo estimulando a procura pela renda fixa, fica difícil convencer o investidor a comprar ações.

Mas o JP Morgan enxerga oportunidades excelentes nos mercados latino-americanos e emergentes, principalmente no Brasil.

A equipe de pesquisa da América Latina do banco elegeu 21 ações para investir no segundo semestre de 2022, sendo que 13 são de empresas brasileiras.

De acordo com o JP Morgan, as ações brasileiras estão sendo negociadas no seu menor nível em 20 anos e, ao mesmo tempo, os ganhos das empresas têm melhorado.

"Vemos o Brasil como um dos principais beneficiários da política anticíclica proporcionada pela China", escreveram os analistas em relatório enviado a clientes.

O banco acredita que o Brasil encerrará o ciclo de alta de juros antes dos demais países e vê as commodities e a reabertura da economia dando apoio ao crescimento.

Idiossincrasias domésticas

Para o JP Morgan, o segundo semestre será marcado por "idiossincrasias domésticas".

Primeiramente, de acordo com os analistas, o investidor deveria ficar atento a um pico da inflação na metade do ano e à confirmação de que o Banco Central completou o ciclo de aperto monetário em junho.

No entanto, a última parte da premissa não se confirmou, uma vez que o BC já sinalizou que vai aumentar a taxa de juros em agosto, mas ainda não tem certeza da magnitude.

Em segundo lugar, o JP Morgan destaca que o que acontecer no Congresso em relação aos preços dos combustíveis e outros itens essenciais, como telecomunicações, transporte e energia elétrica, terá um impacto na inflação e pode até influenciar na evolução das intenções de voto no presidente Jair Bolsonaro.

O banco aponta que as eleições presidenciais devem ser decididas entre Bolsonaro e o ex-presidente Lula, que lidera as pesquisas.

"Neste momento, há questionamentos importantes sobre a direção da política econômica do PT e quem irá comandá-la. Ao mesmo tempo, há temores de que Bolsonaro possa chamar a eleição de fraudulenta se o resultado não for do seu agrado", diz o JP Morgan no relatório.

De acordo com os analistas, será importante verificar se o próximo presidente será capaz de construir governabilidade, o que vai depender do novo Congresso e dos líderes da Câmara e do Senado.

As ações preferidas

Com esse pano de fundo no segundo semestre, o JP Morgan prefere ações ligadas a commodities e ao setor financeiro no Brasil.

No caso das commodities, o JP Morgan prefere exposição a materiais (Vale e Gerdau) em vez de energia, uma vez que o "barulho" na Petrobras pode aumentar significativamente conforme as eleições se aproximam.

No setor financeiro, o banco afirma estar posicionado em Itaú e Bradesco e considera que ambos estão melhor preparados para lidar com um eventual ciclo ruim de crédito.

O JP Morgan também gosta do setor de utilities, ou seja, serviços essenciais, como energia elétrica, saneamento etc., por ser bom pagador de dividendos.

Além disso, o banco considera que uma exposição antecipada a empresas que se beneficiam de juros mais baixos seria por meio de shoppings, levando a conta o valuation, a atividade corporativa no setor e uma forte reabertura.

A lista das 20 ações escolhidas pelo JP Morgan para o segundo semestre não inclui algumas empresas citadas na tese de investimento no Brasil. Confira:

EmpresaPaísSetor
SQMChileAgronegócio
Arca ContinentalMéxicoAlimentos e bebidas
BanorteMéxicoFinanceiro/Bancos
CieloBrasilFinanceiro/Não-bancos
Lojas RennerBrasilVarejo
Arcos DoradosArgentinaRestaurantes
HyperaBrasilSaúde
ValeBrasilMetais e mineração
PetrobrasBrasilÓleo e gás
VibraBrasilÓleo e gás
CMPCChilePapel e celulose
Auren EnergiaBrasilUtilities
VAMOSBrasilTransporte
TOTVSBrasilTelecomunicações, mídia e tecnologia
AfyaBrasilEducação
Fibra UNOMéxicoImobiliário
MallplazaChileImobiliário
MultiplanBrasilImobiliário
RandonBrasilBens de produção
GCCMéxicoCimento e construção
MRVBrasilCimento e construção
Fonte: JP Morgan

Leia também:

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

ELEIÇÕES 2022

Quem é Maria Luiza Ribeiro Viotti, a primeira mulher a comandar o Itamaraty se Lula vencer as eleições?

A indicação de uma mulher para o Itamaraty contemplaria o movimento feminino na diplomacia, que ganhou força política no Congresso e foi incentivado por Amorim no passado; o Brasil nunca teve uma chanceler

QUEREM PARAR O RUSSO

Todos contra Putin: O assunto da vez da reunião dos líderes do G7? Impor limites à Rússia

Dessa vez, a ideia central é a de impor um “teto” no preço dos combustíveis russos — a proposta foi trazida à pauta pelo presidente americano, Joe Biden

TECNOLOGIA EM FOCO

Em busca de inovação: Petrobras (PETR4) lança oportunidades para aquisição de soluções de startups e empresas de tecnologia; saiba como funciona

A Petrobras vai investir até R$ 21,2 milhões em empresas de tecnologia e startups de soluções nas áreas de robótica, tecnologias digital e d inspeção

DUELO DE GIGANTES

Berkshire, de Warren Buffett, está à caça da Tesla, de Elon Musk — veja como anda essa disputa

No auge da pandemia de covid-19, a fabricante de veículos elétricos nadou de braçada, com as ações disparando mais de 12 vezes, enquanto os papéis da holding do Oráculo de Omaha subiram modestos 60%; será que o cenário ainda é o mesmo?

BOMBOU NAS REDES

Luiza Trajano em desespero? Após derreter quase 70%, Magazine Luiza (MGLU3) leva o título de pior ação do semestre; descubra quem mais chegou perto de virar pó no período

Com ações derretendo quase 70%, Magazine Luiza (MGLU3) teve o pior desempenho do semestre; veja o ranking completo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies