Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-12-15T20:51:42-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo e SpaceMoney. Twitter: @RenanSSousa1
NOVATO NA B3

Novo ETF da B3 tem como foco games e e-sports — e inclui empresas como Nintendo, Nvidia e Ubisoft

O mercado global de games movimenta, hoje, cerca de US$ 175 bilhões, com 4% desse montante vindos diretamente da América Latina

15 de dezembro de 2021
15:01 - atualizado às 20:51
ETF de videogames para você ganhar dinheiro com jogos sem jogar
O mercado de games tem crescido no Brasil e no mundo. Imagem: Freepik

Quando o investidor ouve falar em "fazer dinheiro com games", deve logo pensar em jogos como Axie Infinity (AXS), a criptomoeda que valorizou mais de 17.000% este ano. Mas desta vez não é disso que estou falando. Nesta quarta-feira (15), estreou na bolsa brasileira um novo fundo de índice (ETF, na sigla em inglês) que permite o investimento em empresas do setor de videogames e e-sports, os games competitivos.

Trata-se do Investo Jogo (JOGO11), lançado pela Investo, que se diz a primeira gestora independente especializada em ETFs do Brasil. O novo fundo inclui o investimento em empresas como Nintendo, Konami, Nvidia, Ubisoft e mais 20 outras companhias.

Como investir no JOGO11

O ETF JOGO11 começou a ser negociado nesta quarta-feira, a um preço de R$ 100 por cota. Suas cotas podem ser compradas na própria bolsa de valores, sendo negociadas como se fossem ações. Para investir, basta ter conta em uma corretora e acesso ao home broker.

A taxa de administração do fundo é de 0,48% ao ano, e o investidor também fica sujeito a imposto de renda de 15% sobre a valorização das cotas (20% no caso de operações de day trade) caso as venda com lucro. Lembrando que a responsabilidade pelo recolhimento do IR, nesses casos, é do próprio investidor.

O coordenador-líder da oferta de cotas ao mercado foi o BTG Pactual, com Nubank, Modalmais, Vitreo e Órama como demais coordenadores. 

Referência de ETF lá em cima 

Os fundos de índice têm o objetivo de replicar o índice de mercado que lhes serve de referência. O JOGO11 replica o desempenho do ETF americano ESPO (VanEck Video Gaming and eSports ETF), que por sua vez segue o desempenho do índice MVIS Global Video Gaming & E-Sports (MVESPO), que só inclui empresas que têm mais de 50% das receitas provenientes dos segmentos de videogaming e/ou e-sports, como empresas de desenvolvimento de jogos e softwares, hardwares, e streaming relacionados a jogos.

“Além de serem acessíveis financeiramente, os ETFs estão recebendo cada vez mais destaque no mercado, por todas as vantagens que apresentam. Dentre elas, a internacionalização da carteira de investimentos, a exposição a um mercado em expansão, a liquidez e, o mais importante, a possibilidade de investir globalmente sem precisar pagar spread cambial e o IOF”, explica Cauê Mançanares, CEO da Investo, em nota.

Um mercado que só cresce

Os números do mercado de games são animadores. O mercado global de videogames movimenta, hoje, cerca de US$ 175 bilhões, com 4% desse montante vindos diretamente da América Latina. A expectativa é que em 2024 o universo gamer movimente US$ 220 bilhões, um crescimento de 7,5% ao ano

Vale destacar que os ETFs brasileiros não distribuem dividendos, mesmo sendo ligados a empresas ou fundos que o fazem. Os rendimentos obtidos dessa forma são automaticamente reinvestidos no fundo.

Em outras palavras, não há pagamentos feitos aos investidores de maneira direta, mas há ganhos indiretos por meio da valorização do patrimônio do fundo e das cotas dos investidores.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O respiro da bolsa brasileira, o tropeço do bitcoin e o vazamento de dados do PIX: confira as principais notícias do dia

Para quem não aguentava mais ver a bolsa brasileira apanhando enquanto Wall Street renovava recordes, este início de ano está sendo o momento da revanche. Ou melhor, de o Ibovespa “correr atrás do prejuízo”. Nesta terceira semana de janeiro, o principal índice da B3 mais uma vez contrariou o exterior e enfileirou altas, enquanto as […]

Fechamento da semana

Ibovespa tem dia morno com exterior negativo, mas termina semana com ganho de 1,88%; dólar fecha em alta, mas acumula queda de 1,05% no período

Bolsa terminou o dia em baixa, com dólar e juros em alta, com piora no exterior e preocupações fiscais

CASOS DE FAMÍLIA

Elon Musk pega pesa pesado com o Twitter após integração de NFTs; veja o que o bilionário falou

Rede social passou a permitir que usuários do iOS, sistema da Apple, utilizassem os chamados tokens não fungíveis como fotos de seus perfis

Renda fixa

Nubank lança fundo para reserva de emergência que busca retorno entre 100% e 105% do CDI – mas tem uma pimentinha

Nu Reserva Imediata é o primeiro fundo de renda fixa da família Nu Reserva; embora seja de baixo risco, ele tem opção de investir em títulos privados

FIQUE DE OLHO

Agenda de indicadores: Inflação domina semana recheada de balanços de empresas de tecnologia em Wall Street; saiba o que esperar

Depois de uma semana em que o Ibovespa caminhou na contramão do mundo, inflação volta ao centro da agenda local na semana em que os EUA divulgam prévia do PIB de 2021

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies