Menu
2020-06-28T18:54:26-03:00
memória

Osório Furlan, um dos pioneiros da Sadia, morre aos 97 anos

O empresário deixou a Sadia em 2007. Dois anos depois, a companhia iniciou a operação de fusão coma Perdigão, que deu origem a BRF

28 de junho de 2020
18:54
BRF
Imagem: Shutterstock

O empresário Osório Furlan, pai do ex-ministro Luiz Fernando Furlan, morreu neste domingo, 28, em São Paulo, aos 97 anos. Nascido em Caxias do Sul (RS), em 31 de julho de 1922, ele foi um dos pioneiros da empresa de alimentos Sadia.

Leia também:

Neto de imigrantes italianos, Furlan se tornou arrimo de família devido a uma doença do pai. Em 1944, já casado com Lucy Fontana Furlan, mudou-se para Concórdia (RS) para trabalhar com o sogro Attilio Fontana, na recém-inaugurada empresa Sadia, onde desempenhou múltiplas atividades e, aos 23 anos, assumiu a função de diretor-gerente.

No início da década de 60, o empresário se afastou do dia a dia das fábrica e mudou-se para São Paulo para se concentrar nas atividades de expansão do grupo no Brasil e no exterior.

Sempre em busca de conhecimentos, aos 47 anos, ele decidiu estudar direito junto com o filho Osório Henrique Furlan Júnior e se tornou bacharel aos 50 anos de idade.

Furlan era um leitor ávido, um hábito que cultivava desde criança por influência da mãe, Jacomina, também sua primeira professora.

Do pai, Gotardo, herdou o espírito empreendedor, sua marca na trajetória de empresário. Com orgulho, Osório repetia que era conselheiro informal dos filhos, dos netos e esperava ser também dos 18 bisnetos.

Furlan deixou a empresa em 2007, quando era vice-presidente do Conselho de Administração da Sadia. Dois anos depois, a companhia iniciou a operação de fusão coma Perdigão, que deu origem a BRF, uma das maiores empresas de alimentos do mundo.

O empresário foi sepultado neste domingo no Cemitério Morumbi, na capital paulista. Ele deixa a esposa Lucy, com quem foi casado por 76 anos, cinco filhos, Júnior, Luiz, Diva, Lucila e Leila, 11 netos e 18 bisnetos.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

dados novos

Covid-19: Brasil chega a 72,8 mil óbitos e 1,88 milhão de casos

Até o momento, 1.154.837 de pessoas se recuperaram da doença

seu dinheiro na sua noite

A patada do urso da Califórnia

Desde o início da recuperação dos mercados após o pânico do mês de março, os investidores têm temido uma reversão nas medidas de reabertura das economias por conta de uma segunda onda de casos de coronavírus – ou simplesmente de uma piora da primeira onda nos países onde esta ainda não foi controlada. Ou seja, […]

números da construtora

Vendas líquidas da Cyrela no 2º trimestre somam R$ 818 milhões, queda de 57,3%

No acumulado do primeiro semestre, as vendas somaram R$ 2,175 bilhões, recuo de 26,6%

micro e pequenas empresas

Caixa recebe novo limite para Pronampe, agora de R$ 5,9 bilhoes

“Ajudar os pequenos empresários, tão importantes para o nosso país, faz parte da vocação da Caixa, especialmente nesse período de pandemia em que o consumo e a renda são afetados”, diz o presidente da Caixa, Pedro Guimarães

Azedou

Risco-Covid: Ibovespa vira e fecha nas mínimas com avanço da pandemia nos EUA

O Ibovespa perdeu força e voltou aos 98 mil pontos, repercutindo o aumento na percepção de risco após a Califórnia anunciar o fechamento de restaurantes e outros tipos de estabelecimentos por causa do aumento de casos do coronavírus no estado. O dólar também foi afetado e subiu a R$ 5,38

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements