Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-06-03T12:54:12-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Movimentações acionárias

Nova investida: Marfrig compra mais ações e agora é dona de 31,7% da BRF

A Marfrig continua sua investida na BRF, comprando mais 60 milhões de papéis da rival e chegando a mais de 30% do capital social

3 de junho de 2021
12:54
Marfrig BRF Logo
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

Quem achava que o apetite da Marfrig estava satisfeito após a compra de 24% do capital social da BRF no mês passado, se enganou. A companhia liderada por Marcos Molina deu mais uma cartada, aumentando ainda mais sua fatia na rival.

Em documento enviado à CVM, a Marfrig informa que, agora, é dona de mais de 257 mil ações da BRF, o que equivale à 31,66% do capital social da dona da Sadia e da Perdigão. Ou seja: foram comprados mais de 60 milhões de papéis nos últimos dias, sempre em operações no mercado.

A notícia não é de todo surpreendente: as ações ON da BRF (BRFS3) registraram altas fortes nesta semana, reagindo às especulações de uma nova investida da Marfrig.

Entre segunda e quarta-feira, foram registradas vendas em bloco das ações da BRF intermediadas pelo J.P. Morgan, a mesma instituição usada pela Marfrig para construir sua posição inicial de 24% na rival.

BRF composição acionária

BRF x Marfrig: parceiros ou inimigos?

A Marfrig segue com o mesmo discurso assumido na primeira rodada de compras: não pretende interferir diretamente nos rumos da BRF ou eleger membros para o Conselho de Administração — o investimento teria apenas um viés "estratégico" dentro de um segmento que já atua.

Eventuais novas aquisições de ações por parte da Marfrig parecem improváveis, uma vez que, pelo estatuto da BRF, qualquer acionista que atinja uma posição de 33,3% é obrigado a fazer uma oferta de compra aos demais investidores da companhia.

Ainda assim, os atuais 31,66% da Marfrig dão a ela um enorme poder de fogo nas assembleias e representam um investimento volumoso: R$ 7,56 bilhões, considerando o fechamento das ações ON da BRF ontem, a R$ 29,38.

Marfrig BRF ações
Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

RIQUEZA DIGITAL

Dancinha milionária: estrelas do TikTok já ganham mais do que grandes executivos nos Estados Unidos; veja quanto elas faturam

Os milhões de seguidores de alguns tiktokers são irresistíveis para as marcas, que acabam gastando muito dinheiro não só em anúncios como em suas linhas de produtos

DA REALIDADE PARA O NOVO DIGITAL

Walmart no metaverso: gigante do varejo dos EUA vai fabricar e vender no mundo virtual; entenda

Para ter um pé nesse universo, Nike e marcas de vestuário como Urban Outfitters, Ralph Lauren e Abercrombie & Fitch também entram com pedidos de marca registrada

PEGA LADRÃO!

Fechada na economia e aberta ao cibercrime: Coreia do Norte desvia milhões de dólares com ataques a plataformas de criptomoedas em 2021

Norte-coreano Lazarus ganhou notoriedade com invasões cibernéticas à Sony Pictures e à WannaCry. Grupo já foi sancionado pelos Estados Unidos e pela ONU

EFEITOS DO CLIMA

Usiminas (USIM5) retoma gradualmente atividades de mineração afetadas por chuvas em Minas Gerais

Segundo o grupo, os problemas ainda afetam empresas responsáveis pela cadeia de escoamento de minério

Conteúdo Empiricus

Dos R$2 mil aos R$100 mil em 12 meses com esta criptomoeda? Criptoativo criado por sócio de Steve Jobs faz parte do segmento que pode decolar e deixar o Bitcoin no chinelo após evento do dia 24 de janeiro

Ele fundou a Apple junto de Steve Jobs e agora criou uma nova criptomoeda que custa centavos e pertence ao ecossistema que pode saltar 5.000% em 2022 e enriquecer os seus investidores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies