A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2021-06-29T00:09:34-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Entrando no pet shop

O plano da BRF: colocar comida na sua mesa e ração no potinho do seu pet

A BRF comprou o grupo Hercosul, produtor e distribuidor de ração para cães e gatos, fortalecendo sua posição no mercado. Entenda o racional:

18 de junho de 2021
12:22 - atualizado às 0:09
Cachorro ração BRF Hercosul
Imagem: Montagem Andrei Morais / Shutterstock

A BRF, dona das marcas Sadia e Perdigão, já é líder nos quatro principais segmentos em que atua: frios, manteigas, congelados e embutidos. Sendo assim, como continuar se expandindo? A resposta está na criação e ampliação de novas avenidas de crescimento — e uma delas é o mercado pet.

Não, a empresa não vai vender presunto e mortadela para o seu bicho de estimação — na verdade, ela já é dona das marcas de ração Balance e Gud. Mas a gigante do setor de alimentos para humanos acaba de reforçar sua presença no segmento de comida para animais: comprou o grupo Hercosul, produtor e distribuidor de ração para cães e gatos.

É um movimento que parece inusitado à primeira vista, mas que já vinha sendo ensaiado pela BRF. No fim do ano passado, a companhia divulgou seu plano estratégico para 2030 — e o documento já colocava o segmento pet como uma das prioridades.

A aquisição do grupo Hercosul não teve o valor revelado, o que impede uma análise mais aprofundada do impacto financeiro da operação. No entanto, o racional é bastante claro: após conquistar as mesas dos brasileiros, a BRF quer abastecer o potinho dos animais de estimação.

Hercosul para o pet

O grupo Hercosul é dono das marcas Biofresh, Three Dogs, Three Cats, Primocão, Primogato, Apolo e Átila. Os produtos têm distribuição em todo o país, embora sejam particularmente fortes na região Sul.

Mais que isso: a empresa exporta para diversos mercados na América Latina e África — a fábrica mais recente do grupo Hercosul, inclusive, está no distrito paraguaio de Doctor Juán Leon Mallorquín.

Essa instalação no Paraguai é um diferencial competitivo para a companhia, como destaca a Ativa Investimentos. Como os custos de produção são menores no país vizinho, os produtos acabam chegando ao mercado brasileiro com preços mais baixos que a concorrência.

O interesse da BRF no segmento pet não é à toa: dados da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (ABINPET) mostram que, em 2019, o brasileiro gastou mais de R$ 16 bilhões com ração animal — uma alta de 8,4% em relação ao ano anterior.

BRF Pet Hercosul mercado
Evolução do mercado pet entre 2018 e 2019. Fonte: Abinpet

Ainda segundo a ABINPET, o Brasil tinha quase 142 milhões de animais de estimação em 2019, sendo 55 milhões de cães (+1,7% em um ano) e 25 milhões de gatos (+3%) — um mercado consumidor nada desprezível, convenhamos.

E o próprio grupo Hercosul é uma força relevante nesse universo, com uma participação de mercado de 4% no setor de ração para cães e gatos — o que significa que a BRF já chega com tudo nessa nova avenida de crescimento.

Há empresas mais poderosas, como a Mars (dona das marcas Pedigree, Whiskas e Royal Canin, entre outras), a PremierPet (Premier, Golden e Vitta) e a Nestlé (Purina). Ainda assim, o plano da BRF é ambicioso: ser uma das líderes no ramo até 2025.

BRF e a diversificação

Na ocasião do lançamento dos planos para 2030, a BRF afirmou que o mercado pet tem um crescimento estimado de 12% ao ano, podendo movimentar R$ 40 bilhões anuais. E, considerando a distribuição geográfica mais ampla da companhia, os custos de distribuição das rações tendem a ser reduzidos, o que traria ganhos de competitividade em relação aos rivais.

"A BRF também espera ocupar posição de protagonismo no mercado de substitutos de carne e novas fontes de proteína, no qual deverá ocorrer a maior transformação do setor de alimentos", disse a empresa, afirmando que esse mercado poderá superar os R$ 13 bilhões no futuro.

As chamadas carnes vegetais também estão na mira da JBS, que concluiu a compra da Vivera, uma empresa europeia de produtos a base de plantas — uma notícia que foi eclipsada pela mega-aquisição da Kerry Foods pela Pilgrim's Pride, sua subsidiária nos EUA.

Embora alinhada com o plano estratégico da BRF, a aquisição do grupo Hercosul não empolgou o mercado: nesta manhã, as ações ON da companhia (BRFS3) operavam em leve queda de 0,35%, a R$ 28,82.

BRF dados
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

IMPASSE CONTINUA

Vitória do governo ameaçada? FUP vai à Justiça para anular resultado de assembleia que elegeu novo conselho da Petrobras (PETR4)

19 de agosto de 2022 - 20:20

A FUP vai centrar argumentação contra a eleição a conselheiros de dois nomes barrados pelo Comitê de Elegibilidade da estatal

1ª troca em 20 anos

Americanas (AMER3) anuncia Sergio Rial, ex-CEO do Santander, para o comando da companhia no lugar de Miguel Gutierrez

19 de agosto de 2022 - 19:17

Trata-se da primeira troca no cargo de diretor presidente da varejista em 20 anos; Rial assumirá cargo no início do ano que vem

Acionistas felizes

Dividendos: Telefônica (VIVT3) e Marfrig (MRFG3) pagam nova rodada de proventos. Veja as condições para receber

19 de agosto de 2022 - 19:14

A Telefônica não fixou data para o pagamento dos dividendos, mas segundo a companhia, os créditos serão realizados até 31 de julho de 2023

VAI DISPARAR?

Polo Capital aumenta participação na Tenda (TEND3) e se aproxima do gatilho para “poison pill”; construtora discutirá fim do mecanismo em assembleia

19 de agosto de 2022 - 18:36

O movimento ocorre poucos dias após a companhia anunciar que, atendendo a um pedido da gestora, vai convocar uma Assembleia Geral Extraordinária para discutir a exclusão da “poison pill” de seu estatuto social

FECHAMENTO DO DIA

Frente fria chega ao Ibovespa e índice recua 1,12% na semana; dólar vai a R$ 5,16

19 de agosto de 2022 - 18:33

Apesar da semana calma, o Ibovespa refletiu a cautela com os juros americanos e a queda das commodities

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies