🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-06-20T18:46:09-03:00
Carolina Gama
RECOMENDAÇÃO COR DE CARNE

BRF (BRFS3) tem potencial de valorização de 56%, mas Inter alerta para desafios — veja o que está no caminho da empresa

A casa de análise manteve a recomendação neutra para as ações BRFS3, embora tenha elevado o preço-alvo de R$ 12,98 para R$ 20,00

19 de junho de 2022
14:20 - atualizado às 18:46
BRF
Imagem: Shutterstock

“O abajur cor de carne, o lençol azul…” A BRF (BRFS3) está longe de ser uma menina veneno, mas pode se entorpecer com os desafios que estão no caminho — inflação, adversidades climáticas nas safras e até a guerra na Ucrânia. 

Por isso, a Inter Equity Research manteve a recomendação neutra para as ações BRFS3, embora tenha elevado o preço-alvo de R$ 12,98 para R$ 20,00, o que representa um potencial de valorização de 56% com relação ao fechamento de sexta-feira (17). 

A casa de análise considera as incertezas para o ano e incorporou os resultados do primeiro trimestre. Por isso, adotou uma postura mais conservadora para a BRF, principalmente levando em conta que o mercado já precificou boa parte dos riscos para o papel.

No primeiro trimestre, a BRF reportou resultados que surpreenderam negativamente o mercado e a Inter Research, em razão da limitação da demanda e reajustes na cadeia da companhia. 

Essa combinação levou à queda da margem bruta para 3,3%, levando a um Ebitda negativo de R$ 375,8 milhões ante o resultado positivo de R$ 728,5 milhões no primeiro trimestre de 2021. 

Você vem não sei de onde…

Levando em conta a relevância das operações no Brasil para o resultado da BRF (BRFS3), com uma representatividade da receita líquida de 51% em 2021, a Inter Research vê uma situação mais desafiadora para o mercado doméstico. 

Os preços mais elevados do frango e a inflação geral, segundo a casa de análise, inviabilizam o avanço do consumo no ano. 

Do lado da oferta, a avicultura é pouco rentável com o aumento dos custos e sensibilidade da demanda brasileira diante de repasses de preços, gerando um movimento de redução do alojamento. 

No entanto, segundo a Inter Research, os recentes estímulos do governo, como liberação dos valores do FGTS e redução de impostos, tendem a amenizar os efeitos da demanda mais reprimida no curto prazo, principalmente pela postura mais defensiva do setor de alimentos. 

De modo geral, a casa de análise diz que 2022 será um ano de intempéries para o segmento, no qual variáveis fragilizam a dinâmica da indústria — guerra entre Rússia e Ucrânia, adversidades climáticas nas safras e a inflação global.

BRF (BRFS3): o  mundo é pequeno demais pra nós dois

No cenário internacional, o horizonte da BRF (BRFS3) é positivo, com um curto prazo mais favorável, segundo a Inter Research. 

Para o curto prazo, a região do Oriente Médio se torna mais atrativa para a empresa, levando em conta a escassez de proteína de frango com a ausência da Ucrânia, importante exportador, e gripe aviária no Hemisfério Norte.

Além disso, a liberação temporária das cotas de importação pelo governo do México, estimula a exportação brasileira, principalmente pelo Brasil deter diversas plantas habilitadas para exportação para o país. 

No longo prazo, as atividades dependerão da estratégia de crescimento da BRF em regiões como a Ásia, que inicialmente foi traçada com o intuito de avançar na China e demais países do continente por meio de parcerias para comercialização de produtos com alto valor agregado.

BRF (BRF3): vejo a porta abrir…

Por mais que ainda incerta a direção do crescimento da BRF (BRFS3), a Inter Research vê que a mudança do conselho, com ingresso da Marfrig (MRFG3) e representatividade positiva dos acionistas na administração, traz uma esperança sobre o gerenciamento e futuro da companhia. 

Além disso, para o curto prazo, o ajuste na produção, com redução do estoque, assim como mudança no mix de produtos em busca de baratear o item para o consumidor, foram passos importantes para o assentamento da BRF, principalmente com as oscilações que ainda estão por vir no ano. 

Por outro lado, no longo prazo, vemos que a estratégia global da companhia já encaminhada e atuação com uma proteína em ascensão dentre as demais, traz fortes benefícios para BRF no futuro, no qual só virá a depender da capacidade administrativa de fomentar esse potencial.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Mais uma vítima

Após tomar calote do 3AC, exchange Voyager Digital suspende saques, depósitos e negociações de clientes

Corretora de criptomoedas tomou calote de mais de US$ 670 milhões, mas, apesar de ter tomado empréstimos, precisou paralisar atividades

Bancões na área

Vão sobrar uns cinco ou dez bancos digitais, e o Next está entre eles, diz CEO do banco digital do Bradesco

Renato Ejnisman diz ainda que Next visa a mais aquisições e pensa ainda em internacionalização

No vermelho

Magazine Luiza (MGLU3) é a ação com o pior desempenho do Ibovespa no primeiro semestre de 2022; outras varejistas e techs também sofreram no período

Com queda acumulada de quase 70% no ano, ações do Magalu são as piores do Ibovespa no semestre que acaba de terminar

Proteção

Qual título público comprar no Tesouro Direto? Santander recomenda papel indexado à inflação para o mês de julho; veja qual

Recomendação do banco para o Tesouro Direto visa proteção contra a inflação e possibilidade de valorização

enxugando gelo

Alivia agora para apertar depois: corte de impostos sobre combustíveis e energia reduz estimativas de inflação para 2022, mas pressão volta em 2023

Economistas revisam suas projeções para o IPCA e alertam que fiscal e volta do PIS/Cofins podem voltar a bater na inflação no ano que vem

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies