Menu
2020-11-09T17:30:50-03:00
Estadão Conteúdo
privatização de subsidiária

Bordeaux faz lance de R$ 2,4 bilhões e vence disputa pela Copel Telecom

A estatal possui 100% de sua tecnologia em fibra ótica e dispõe de 36 mil km de cabos que levam internet de alta velocidade aos 399 municípios do Paraná.

9 de novembro de 2020
17:28 - atualizado às 17:30
Prédio da Copel em Curitiba
Prédio da Copel em Curitiba - Imagem: Divulgação/Copel

O Bordeaux Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia venceu a disputa pela Copel Telecom, ao oferecer proposta de R$ 2,395 bilhões, o que corresponde a um ágio de 70,94% ante o valor mínimo estabelecido de R$ 1,402 bilhão, para aquisição de 100% das ações da empresa.

Leia também:

O fundo apresentou o maior lance em disputa a viva-voz e superou a Algar, que na primeira fase do leilão, de abertura dos envelopes, apresentou a maior proposta, de R$ 2,204 bilhões, com ágio de 57,36%. Nessa fase, o Bordeaux fez lance de R$ 2,139 bilhões, com ágio de 52,67%.

Outros dois grupos também apresentaram propostas na primeira fase: Consórcio Economia Real Telecomunicações - formado pelo Fundo de Investimento em Participações Shelf 28 - Multiestratégia, BTG Pactual Economia Real Fundo de Investimento em Participações Multiestratégia e o Banco BTG Pactual SABTG Pactual - que ofertou R$ 1,75 bilhão, e o Fundo Calgary, da Telefônica Brasil e da Fibrasil Infraestrutura e Fibra Ótica SA, com a proposta de R$ 1,402 bilhão, ágio de 0,06%.

Com o desinvestimento, a Companhia Paranaense de Energia (Copel) passará a concentrar seus investimentos e esforços nas áreas de geração, transmissão, distribuição e comercialização de energia elétrica, suas principais atividades.

A estatal possui 100% de sua tecnologia em fibra ótica e dispõe de 36 mil km de cabos que levam internet de alta velocidade aos 399 municípios do Paraná.

O governador do Paraná, Ratinho Jr, disse que a privatização da Copel Telecom beneficiará a Copel, uma vez que a empresa poderá focar em sua área de expertise, que é a geração e transmissão de energia elétrica, e afirmou que os recursos obtidos com a venda da subsidiária serão investidos no crescimento da companhia.

"Os recurso vão ser todos investidos na expertise da Copel, que é energia, e a Copel é uma empresa paranaense e vai continuar paranaense", comentou ele durante o leilão.

Ratinho Jr disse também que o sucesso na privatização da subsidiária da Copel abre espaço para novas privatizações de estatais paranaenses. Entre os ativos listados pelo governador, estão: a Compagás, pátios do Detran, lotes de rodovias e aeroportos.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

seu dinheiro na sua noite

Fidelidade em baixa com a pandemia

Não, não estou falando da fidelidade entre casais. Até porque, por mais que a convivência excessiva em família na quarentena tenha abalado alguns casamentos, o momento não anda muito propício às puladas de cerca. Estou falando do setor de fidelidade, que abarca as empresas de programas de pontos e milhagem, sobretudo aqueles ligados às companhias […]

Empresa ligada à Vale

Justiça aprova pedido de Recuperação Judicial da Samarco

RJ não terá impacto nas atividades operacionais da mineradora, nem nas ações de reparação e compensação pela tragédia de Mariana

FECHAMENTO

Ibovespa ignora tensão em Brasília e NY no vermelho e avança 1%; dólar também sobe

Enquanto as blue chips garantiram o bom desempenho do Ibovespa, o dólar avançou 0,84%, pressionado pelo noticiário em Brasília

Exaltou integração

Presidente do Banco Central não enxerga competição entre bancos e fintechs

Segundo Campos Neto, a integração entre as mídias sociais e o sistema financeiro é maior inovação que existe no momento

Menos pontos e milhas

Setor de empresas de fidelidade encolhe quase 30% em 2020

O segmento de fidelidade movimentou R$ 5,3 bilhões em 2020, segundo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado de Fidelização (ABEMF)

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies