Menu
Julia Wiltgen
O melhor do Seu Dinheiro
Julia Wiltgen
2020-01-27T19:51:16-03:00
SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Bolsa contaminada pelo coronavírus

27 de janeiro de 2020
19:51
O Melhor do Seu Dinheiro; investimentos
Imagem: Andrei Morais/Seu Dinheiro

Caro leitor,

A semana começou mal para as bolsas do mundo todo. O avanço do coronavírus na China durante o fim de semana colocou os mercados de molho nesta segunda. Já foram confirmados quase 3 mil casos em mais de dez países, sendo a maioria deles na China. Até agora, foram computadas 82 mortes.

Os investidores esperam que a epidemia afete o crescimento econômico chinês neste ano, ao levar à restrição da circulação de pessoas e mercadorias. Consequentemente, a economia mundial - e as companhias brasileiras que exportam para o gigante asiático - também devem ver impactos negativos.

Com isso, as bolsas caíram ao redor do mundo, e por aqui o dia foi particularmente ruim. O Ibovespa despencou e, depois de ter batido um novo recorde de alta na semana passada, perdeu os ganhos do ano. Agora, o índice tem desempenho negativo de 1,01% em janeiro.

Já o dólar fechou acima de R$ 4,20 e viu avanço no mundo todo, já que os investidores buscam a segurança da moeda americana em meio à incerteza. O índice de volatilidade VIX, conhecido como “índice do medo”, disparou 25% só no pregão de hoje. Todos os números e detalhes das negociações você confere nesta matéria do Vinícius Pinheiro.

Depois da badalação

Após o badalado IPO da XP, até que ponto suas ações podem ir? Por ora, não muito longe - ao menos na visão dos analistas do BTG Pactual. O banco iniciou a cobertura dos papéis da corretora negociados na Nasdaq considerando que as ações já estão bem precificadas. As razões para o posicionamento do BTG você confere nesta matéria.

Ainda não é o fim dos bancões

Os grandes bancos vêm apanhando na bolsa em 2020, pressionados, de um lado, pelo aumento da concorrência e, do outro, pela maior pressão regulatória do Banco Central. Mas não é o fim da linha para essas ações. A avaliação é do Credit Suisse, que ainda elevou a recomendação para os papéis de uma dessas instituições financeiras.

Agora vamos?

O Grupo de logística JSL sinalizou que pode retomar os planos de abrir o capital da Vamos, sua subsidiária de locação de caminhões. A companhia já havia tentado o IPO em abril, mas acabou desistindo.

Lista de exclusão

O desastre de Brumadinho levou grandes investidores institucionais de todo o mundo a pressionarem as mineradoras por mais transparência e segurança. Mas a própria Vale continua na lista dos excluídos. A falta de medidas para evitar a tragédia, bem como as medidas posteriores, consideradas insuficientes, afastaram os investidores estrangeiros da companhia. Veja nesta matéria o que pensam os investidores gringos que venderam as suas ações da Vale e que permanecem longe da mineradora.

Hora de se reinventar 

Depois que a Boeing levar 80% da divisão comercial da Embraer, o que restar da companhia brasileira será uma versão bastante enxuta. Com nove mil funcionários, três fábricas no país e duas nos Estados Unidos, a receita cairá para a casa dos R$ 8 bilhões. Hoje, gira em torno dos R$ 18 bilhões. Apesar dos desafios, há quem esteja apostando alto na reinvenção da empresa, como mostra esta matéria.

Gringo cada vez mais fora das ações

Mesmo com a economia começando a dar sinais de reação, a bolsa brasileira viu uma saída de cerca de US$ 4,7 bilhões em dinheiro de estrangeiros em 2019. Um ano antes, o resultado negativo havia sido de aproximadamente US$ 2,2 bilhões, segundo dados do Banco Central. Apesar de o gringo ter tirado dinheiro da bolsa, porém, o investimento direto no País subiu no ano passado.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

DE OLHO NO NUBANK

Número de contas do Nubank cresce 485%, mas prejuízo também acelera e chega a R$ 312,7 milhões

Mas nem tudo foi ruim. De acordo com o documento apresentado pela fintech, o Nubank fechou o ano passado com 16 milhões de contas, sendo que 45 mil foram apenas contas voltadas para pessoas jurídicas (PJs)

AVERSÃO AO RISCO

‘Índice do medo’ dispara mais de 48% em meio a movimento de aversão ao risco no mundo

Seguindo na mesma direção, o ouro também apresentou alta na tarde desta segunda-feira por conta do movimento de busca por proteção

ECONOMIA

Carnaval 2020 deve movimentar R$ 8 bilhões na economia, diz CNC

Segundo a CNC, “a recuperação gradual da atividade econômica, combinada à inflação baixa” tendem a refletir na recuperação moderada dos serviços turísticos

AVIAÇÃO

Empresa americana ExpressJet Airlines compra 36 aviões da Embraer

A companhia anunciou também que vai diminuir gradualmente a sua frota de aeronaves E175 para acelerar o crescimento e se tornar uma companhia mais eficiente

PESQUISA

Avaliação do governo Bolsonaro fica estável em fevereiro, mostra pesquisa

A expectativa da população para o restante do mandato de Bolsonaro também não variou. Para 40%, a perspectiva é ótima ou boa e para outros 33% é ruim ou péssima

ECONOMIA

Bolsonaro diz que PIX do BC trará mais agilidade e menos custos ao cidadão

O PIX será disponibilizado pelas instituições financeiras a partir de 16 de novembro

Uns crescem, outros recuam

Desigual, recuperação do mercado imobiliário se concentra no Sudeste

Construtoras mantiveram a política de fechamento de postos de trabalho em 14 Estados em 2019

Incentivo à economia

China vai flexibilizar política monetária em resposta a coronavírus

Objetivo é auxiliar a economia do país a se fortalecer em meio aos impactos econômicos do surto da doença

Entrevista

Diretor do FGC: “sempre é melhor prevenir do que improvisar”

Daniel Lima defende as mudanças previstas no texto de Resolução Bancária enviado pelo governo

Seu Dinheiro na sua manhã

No radar: Coronavírus, Ambev, Via Varejo e tensão nos mercados

É Carnaval, mas o clima não é de festa nos mercados globais. O coronavírus faz a aversão ao risco disparar lá fora — a promessa é de uma sessão bem negativa no exterior. Por aqui, o noticiário corporativo aparece em destaque nesta semana. No front dos balanços, a Ambev divulga na quinta-feira (27) seus números […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu