Menu
2020-01-27T19:03:02-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
primeira avaliação

Quão longe a XP pode ir? Para o BTG, ação da corretora já está bem precificada

BTG Pactual inicia cobertura das ações da corretora com recomendação neutra para os papéis.

27 de janeiro de 2020
14:06 - atualizado às 19:03
Logo da XP investimentos
Imagem: Divulgação

O BTG Pactual iniciou a cobertura das ações da XP Investimentos avaliando que as ações da companhia não valem mais do que a cotação atual. Para os analistas do banco, os papéis da corretora ainda podem recuar 4,14% em relação à cotação de ontem, quando estava em US$ 37.

Os especialistas do BTG não recomendam a compra da ação da XP, mas também não dizem para vendê-la. Nesta segunda-feira (27), as ações terminaram o dia em queda de 2,39%, cotadas em US$ 37,61. O recuo segue a contração generalizada dos mercados, que temem os impactos econômicos de um surto global do coronavírus. 

Os especialistas do BTG dizem não ver razão para o valor de mercado que a XP adquiriu — US$ 21 bilhões (R$ 88 bilhões). "Para justificar essa avaliação, seria preciso uma taxa de crescimento anual composta de 39% entre 2019 e 2024".

A ação da XP hoje é negociada a 40 vezes a relação entre preço e lucro estimado para 2021. Os analistas lembram que, desde o primeiro investimento feito pela General Atlantic, em 2012, o valor de mercado da XP aumentou 60 vezes. Com a entrada do Itaú Unibanco, em 2017, a valorização foi de oito vezes.

Ainda assim, o BTG estima que a empresa pode crescer, uma vez que o setor financeiro passa por um bom momento no Brasil e parte dos negócios da companhia ainda não amadureceu completamente.

Para os analistas, não há um grande fator de risco para a XP e a alta fidelização dos clientes pode garantir os fluxos de capital.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

pandemia no país

Brasil tem 33,5 mil novos casos de coronavírus e 836 mortes em 24 horas

O total de mortes causadas por covid-19 chega a 138.108, um acréscimo de 0,6% sobre a soma de ontem, quando o painel do ministério marcava 137.272 falecimentos. Ainda há 2.423 mortes em investigação

seu dinheiro na sua noite

Um novo flerte do dólar a R$ 5,50

“Nunca aposte contra a América”, alertou Warren Buffett no tradicional encontro de acionistas de sua holding de investimentos em maio deste ano. O bilionário não falava especificamente da moeda dos Estados Unidos, mas toda vez que o dólar mostra sinais de força, alguém (como eu) acaba trazendo a frase à tona. Afinal, é para as […]

aquisição à vista

Stone vai lançar BDRs na bolsa brasileira e pretende usar papéis na compra da Linx

Aprovação pelos acionistas da Linx e da Stone e prévia autorização do CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) estão entre as condições para finalizar a operação

Receita de volatilidade

Dólar tem forte alta com depoimento do presidente do Fed; volatilidade limita o Ibovespa

Moeda norte-americana registrou alta acentuada no início de uma série de depoimentos de Jerome Powell perante o Congresso dos EUA

recuperação econômica

Só teremos um ano cheio no turismo novamente em 2023, diz presidente da CVC

O presidente da CVC, Leonel Andrade, disse nesta terça-feira, 22, que o setor de turismo só deve voltar ao movimento pré-pandemia em 2023

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements