Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-10-29T11:05:17-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
juros

Bank of America Merrill Lynch reduz projeção de Selic de 4,75% para 4%

O banco também revisou de 0,7% para 1% o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2019 e de 1,9% para 2,4% em 2020

29 de outubro de 2019
11:05
Touros e Ursos Capa Podcast – Selic Queda – Baixa
Imagem: Seu Dinheiro / Shutterstock

O Bank of America Merrill Lynch fez uma atualização na sua projeção para a taxa básica de juros, a Selic, de 4,75% para 4% no fim do ciclo. São mais dois cortes de meio ponto agora em 2019 e uma redução de igual monta no começo de 2020.

Em julho, os economistas do banco tinham afirmado que a combinação de fraco crescimento com inflação baixa permitiria uma redução da Selic para 4,75%, algo que estava fora do radar de grande parte do mercado na época.

Agora, dado o cenário de inflação baixa, expectativas ancoradas e um crescimento longe do seu potencial, o banco volta a reduzir a previsão para o custo do dinheiro.

Para a instituição, o pior momento em termos de crescimento parece ter sido superado. Tal avaliação é suportada pela queda de juros, progresso na agenda de reformas e maior criação de empregos. Além disso, a liberação das contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) também dará suporte à atividade.

O banco também revisou de 0,7% para 1% o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) em 2019 e de 1,9% para 2,4% em 2020. Para a instituição, a economia pode crescer sem sustos inflacionários até 2021.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

DINHEIRO NO BOLSO

Presidente da Petrobras (PETR4) garante que estatal vai entregar dividendos prometidos aos acionistas

Silva e Luna reforçou que a empresa é acompanhada por vários órgãos, e que sua equipe tem total conforto e liberdade para gerenciar

Efeito Ômicron

Com nova variante no radar, Jerome Powell abandona discurso de inflação transitória e apavora mercados; entenda

O presidente do Fed confirmou que o banco central dos EUA deve agir para impedir que a alta dos preços se torne algo estrutural no país

Problemas no login

Em dia de pagamento do 13º salário, aplicativo do Bradesco (BBDC4) apresenta falhas e dificulta a vida dos usuários

O banco foi parar no topo dos assuntos mais comentados do Twitter na manhã de hoje, com usuários relatando falhas no aplicativo

DESFIBRILANDO VALOR

Aporte de R$ 1 bilhão destrava valor na Ânima; ação dispara até 20% na B3, e XP recomenda compra

Para analistas, aporte bilionário condicionado a reorganização societária deve destravar valor e diminuir alavancagem da instituição de ensino

Radiocash

Selic em alta mais bolsa em baixa é igual à fuga para a renda fixa? Para presidente da Anbima, diversificação veio para ficar

As alocações em renda variável podem até diminuir, mas Carlos Ambrósio não acredita que voltaremos para a realidade de ‘poupança, renda fixa e nada mais’

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies