Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2022-01-10T18:12:25-03:00
Carolina Gama
MARATONA TECNOLÓGICA

C6, Inter e fintechs de grandes bancos avançam e acirram disputa pelo pódio dos aplicativos de contas digitais

Pesquisa do Bank of America mostra Nubank, PicPay, Pan, PagBank e Mercado Pago à frente em downloads de aplicativos em 2021, mas perdendo fôlego para a concorrência

10 de janeiro de 2022
17:10 - atualizado às 18:12
sede do c6 bank
Imagem: Divulgação

Se o mundo das fintechs — como são conhecidas as novas empresas de tecnologia financeira — fosse uma maratona, Nubank, PicPay, Pan, PagBank e Mercado Pago estariam com medalhas no peito.

Segundo o Bank of America (BofA), os cinco têm aparecido entre os principais downloads de aplicativos de bancos digitais nos últimos três anos.

Mas o pelotão da frente pode em breve ser ameaçado com o sprint recente de concorrentes como o C6 Bank e Inter, além das fintechs ligadas aos bancos tradicionais, como o Iti, do Itaú, e o Next do Bradesco. 

Dados mensais recentes do BofA mostram uma desaceleração para Mercado Pago, PicPay, Pan e PagBank em download de aplicativos desde abril de 2021. Entre os líderes, apenas o Nubank manteve o ritmo forte de instalações do app.

“Julgamos que parte da desaceleração pode ser explicada pelo fim da ajuda financeira do governo, uma vez que os referidos bancos têm maior foco no segmento de baixa renda da população”, diz o BofA em relatório. 

Pódio ameaçado?

Embora Nubank, PicPay, Pan, PagBank e Mercado Pago estrelem as cinco primeiras posições no pódio do BofA para as fintechs nos últimos três anos, alguns participantes relativamente novos ganharam impulso desde então. 

É o caso de Pan, C6, BV, BanQi, Bitz e Iti — os dois últimos ligados a Bradesco e Itaú —, que tiveram quase zero downloads em 2018, mas representaram um terço do total em 2021. 

O Bank of America destaca que os aplicativos de empresas pertencentes aos bancos incumbentes — Bitz, Next, Digio (os três ligados ao Bradesco), iti (do Itaú) e Superdigital (Santander) — representaram 19% dos downloads no ano passado, contra 12% em 2020.

Para o BofA, o avanço sugere uma reação dos bancões na disputa pela arena digital e que eles são capazes de implementar iniciativas digitais com rapidez e sucesso com o devido foco.

BTG passa XP entre as plataformas de investimentos

Entre as plataformas de investimentos, houve mudanças na liderança de downloads de aplicativos, com BTG Pactual, Modal e Nu Invest à frente da poderosa  XP em 2021, de acordo com a pesquisa do BofA. 

No caso do BTG, o lançamento do novo aplicativo, BTG+, ajudou, enquanto o crescimento do Modal foi apoiado pelo IPO do banco digital, em abril do ano passado.

No caso do  Nu Invest, o crescimento foi impulsionado pela aquisição da Easynvest, que mudou de nome para dar lugar à marca do Nubank. 

Apesar do avanço da concorrência, o  BofA lembra que a XP ainda se classifica como a corretora digital líder ao considerar suas três marcas — que inclui a Rico e a Clear.

Lembrando que a XP acabou de tirar um competidor da jogada com a aquisição do Modal, anunciada na última sexta-feira.

O pico do percurso: os downloads

A pesquisa mensal realizada pelo banco de investimentos mostra que os downloads de aplicativos foram em média de 21 milhões no ano passado, contra 15 milhões em 2020 e 8 milhões em 2019. 

Os números indicam que mais de meio bilhão de downloads de aplicativos foram realizados nos últimos três anos, o que significa 3,3 downloads por adulto no Brasil. 

Para o BofA, esse crescimento foi apoiado por políticas de permanência em casa, intensa atividade de marketing e distribuição de ajuda financeira do governo federal - que atingiu 68 milhões de pessoas em 2020 e 39 milhões em 2021.

Descendo a ladeira do engajamento

Embora os downloads de aplicativos em 2021 tenham superado os de anos anteriores, a pesquisa mostra que o aumento de usuários ativos não acompanhou esse desempenho. Nesse quesito, Pan e Nubank aparecem nas primeiras posições. 

Segundo o BofA, os usuários ativos aumentaram 53 milhões em 2021, mas desaceleraram de um aumento de 62 milhões em 2020. 

Os dados do levantamento sugerem que apenas 29% da base baixada se engajou com o aplicativo no ano passado, contra 34% em 2020 e 38% em 2019. 

Entre os principais neobanks, Pan e Nubank mostraram maior engajamento de sua base de clientes, com 48% e 43%, respectivamente, enquanto PagBank e PicPay mostraram apenas um aumento marginal de usuários ativos em 2021, envolvendo apenas 21% e 14%, respectivamente, de suas bases baixadas. 

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

CASOS DE FAMÍLIA

Elon Musk pega pesa pesado com o Twitter após integração de NFTs; veja o que o bilionário falou

Rede social passou a permitir que usuários do iOS, sistema da Apple, utilizassem os chamados tokens não fungíveis como fotos de seus perfis

Renda fixa

Nubank lança fundo para reserva de emergência que busca retorno entre 100% e 105% do CDI – mas tem uma pimentinha

Nu Reserva Imediata é o primeiro fundo de renda fixa da família Nu Reserva; embora seja de baixo risco, ele tem opção de investir em títulos privados

FIQUE DE OLHO

Agenda de indicadores: Inflação domina semana recheada de balanços de empresas de tecnologia em Wall Street; saiba o que esperar

Depois de uma semana em que o Ibovespa caminhou na contramão do mundo, inflação volta ao centro da agenda local na semana em que os EUA divulgam prévia do PIB de 2021

VAGAS ABERTAS

Empiricus e Seu Dinheiro lançam programa de trainee para redatores com alta chance de contratação; veja como participar

A ideia das empresas é atrair e treinar redatores de todo o país para atuar nas diferentes áreas que demandam por conteúdo dentro da maior publicadora de materiais financeiros do Brasil; empresa vai custear moradia em São Paulo para profissionais de outros estados

NOVATA NO PEDAÇO

XP anuncia novo acordo para criação de corretora em sociedade com escritórios de agentes autônomos

Os escritórios BRA e BS Investimentos são especializados no atendimento de clientes focados em renda variável e, juntos, possuem quase 90 mil clientes na rede da XP

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies