Menu
Angela Bittencourt
Blog da Angela
Angela Bittencourt
é jornalista e editora da Empiricus
2019-07-04T16:12:47-03:00
ALELUIA, ALELUIA!

As duas interpretações para a reação de Guedes à Previdência

Expectativas positivas para votação da reforma na comissão especial leva Ibovespa e dólar a novas marcas.

4 de julho de 2019
16:12
O ministro da Economia Paulo Guedes, durante cerimônia de posse aos presidentes dos bancos públicos.
Ministro da Economia Paulo Guedes - Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil

É 1, é 2, é 3! Há algo a comemorar e o mercado financeiro local -- mesmo com Nova York paralisada pelo feriado da Independência dos Estados Unidos – consegue atravessar a tarde registrando duas marcas: suportes foram rompidos na Bolsa e no Câmbio. O Ibovespa chegou a furar a resistência de 104 mil pontos e o dólar rompeu o suporte de R$ 3,80 e de R$ 3,79 no melhor momento da sessão. Ainda que no fechamento essas conquistas não sejam reprisadas, há uma inequívoca mobilização de investidores à notícia do dia: a aprovação da reforma da Previdência na comissão especial da Câmara.

A comissão aprovou o parecer do relator, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) por 36 votos a favor e 13 contrários ao texto. A comissão está avaliando os destaques ao projeto. Apesar da resistência do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), em reconhecer a possibilidade de a reforma das aposentadorias ser votada na semana que vem no Plenário da Câmara, a conclusão da reforma na Casa – antes do recesso parlamentar com início no próximo dia 18 – não está descartada.

Onyx, há pouco, afirmou que é certo a votação do projeto em 1º turno na Câmara, o que já é muita coisa, vamos combinar!

Já o ministro da Economia, Paulo Guedes, disse o que todos gostariam de ouvir. Ele afirmou que a reforma aprovada na comissão especial tem “potência fiscal” suficiente para tentar “lá na frente” criar o regime de capitalização no Brasil. A declaração, dada na apresentação da edição deste ano da Expert, evento da XP Investimentos, em São Paulo, autoriza duas interpretações: a proposta de implantar o regime de capitalização no país, menina dos olhos de Paulo Guedes, será reerguida futuramente; o ministro da Economia segue no seu posto e dará curso à agenda econômica positiva na qual o mercado financeiro aposta firmemente.

Satisfeito com o horizonte que se abre após tanta turbulência, o ministro da Economia avança no discurso e afirma que o governo tem dois anos para “simplificar, eliminar e reduzir impostos”, em referência ao período previsto para que o acordo Mercosul e União Europeia entre em vigor. Paulo Guedes lembra ainda que o trabalho que o governo pretende fazer na área tributária tem o objetivo de tornar nossa economia mais competitiva. Aleluia

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

fusões e aquisições

Hering dispara 25% após proposta de fusão da Arezzo. Estamos diante do nascimento de uma estrela?

Oferta foi recusada num primeiro momento, mas mercado espera que conversas possam seguir adiante, de olho na formação de nome forte no varejo

Anote na agenda

B3 atualiza metodologia sobre vencimento de opções a partir de maio; confira o que muda

Especialistas do mercado afirmam que essa mudança é positiva para o mercado brasileiro por se aproximar do modelo do exterior

Tem cupom pra isso?

Ações da Méliuz sobem após lançamento de plataforma de empréstimos online

A companhia, que desde 2019 oferece um cartão de crédito sem anuidade e com cashback, vem ampliando a gama de serviços financeiros

MERCADOS HOJE

Instabilidade atinge o Ibovespa e bolsa descola de NY ao zerar alta; dólar recua

Exterior positivo traz fôlego aos negócios locais, mas problemas em Brasília persistem

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies