Menu
2019-04-04T13:57:19-03:00
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Hoje não

Paulo Guedes cancela participação na CCJ da Câmara nesta terça-feira

Em nota, Ministério da Economia afirma que participação do ministro na comissão será mais produtiva a partir da definição do relator. Agenda é atualizada e Guedes participa do Conselho de Governo no Planalto

26 de março de 2019
11:49 - atualizado às 13:57
Paulo Guedes
Paulo Guedes - Imagem: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A esperada participação do ministro da Economia, Paulo Guedes, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados ficou para outro dia. Guedes iria ter com os deputados às 14 horas desta terça-feira.

Em nota, o Ministério da Economia, afirma que “a ida do ministro da Economia à CCJ será mais produtiva a partir da definição do relator”.

A escolha do relator está a cargo do presidente da CCJ, deputado Felipe Francischini (PSL-PR). Acontece que na semana passada, Francischini teria dito que só anunciaria o relator depois que Guedes comparecesse à comissão.

Ontem, o secretário especial da Previdência, Rogério Marinho, disse que Francischini teria garantido a escolha no nome para esta semana. Se isso de fato ocorrer, Guedes pode ir à CCJ na semana que vem.

Ainda de acordo com a nota do Ministério da Economia, “a equipe técnica e jurídica da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho estará à disposição para representar o ministro Paulo Guedes” na sessão de hoje da CCJ. A agenda oficial do ministro foi atualizada e ele participa, às 14h30, da 8° reunião do Conselho de Governo no Planalto, que reúne o presidente Jair Bolsonaro e seus ministros.

A desistência de Guedes deve gerar repercussão política negativa e abrir espaço para parlamentares da base e da oposição intensificarem as reclamações sobre a fraca interlocução do governo no Congresso.

A desistência também acontece menos de 24 hores depois de o porta-voz da Presidência anunciar que Bolsonaro iria buscar a paz na relação com o Congresso por meio da interlocução.

Para a quarta-feira, está prevista a participação de Guedes em sessão da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado, para tratar do endividamento dos Estados. Agenda ainda não oficialmente confirmada.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Petróleo

Evitar volatilidade nos preços serve a consumidores e produtores, afirma ministro árabe na Opep+

Quanto aos elementos que vêm sendo observados na demanda para as decisões do grupo, o saudita apontou o retorno da mobilidade como uma prioridade.

Retirada histórica

Saques líquidos da poupança somam R$ 5,832 bi em fevereiro, revela BC

Este é o maior volume de retiradas para meses de fevereiro desde 2016, quando as saídas somaram R$ 6,638 bilhões.

Justificativa?

Carga tributária é ‘enorme e escorchante’ e Guedes busca solução, diz Bolsonaro

Bolsonaro disse também que “herdou um país com uma dívida enorme”.

Tentando arrumar a casa

Em meio a turbulência no mercado de títulos, Powell diz que Fed não deixará inflação disparar

“Os EUA têm tido inflação baixa por décadas”, frisou.

Insights Assimétricos

Você sabe o que é financial deepening?

Para entender como o termo se aplica ao Brasil, confira o que o Matheus Spiess preparou para você.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies