Menu
2019-06-21T13:04:42-03:00
Estadão Conteúdo
Consultando quem sabe do assunto

CCJ da Câmara ouvirá Appy e outros especialistas para debater reforma tributária

Presidente do colegiado, Felipe Francischini, disse que os especialistas serão ouvidos em audiências públicas na terça, 21, e na quarta-feira, 22

17 de maio de 2019
18:54 - atualizado às 13:04
Bernard Appy, um dos autores do texto da reforma tributária
Economista Bernard Appy. - Imagem: Leo Martins

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara ouvirá na próxima semana especialistas para debater a reforma tributária no colegiado. Dentre eles, está o mentor da proposta, o economista Bernard Appy.

De acordo com o presidente da CCJ, Felipe Francischini (PSL-PR), já foram convidados também o secretário da Receita Federal, Marcos Cintra, o ex-deputado Luiz Carlos Hauly (PSDB-PR), que já foi relator de uma outra proposta de reforma tributária analisada pela Câmara no ano passado, o professor e especialista em Direito Tributário Ricardo Lodi Ribeiro e o presidente da Comissão de Direito Tributário da Ordem dos Advogados do Brasil, Eduardo Maneira.

Segundo Francischini, os especialistas serão ouvidos em audiências públicas na terça, 21, e na quarta-feira, 22. Ele também quer colocar a proposta em votação na quarta-feira.

O relator da proposta na comissão, João Roma (PRB-BA), já apresentou seu parecer favorável à aprovação do texto.

Parlamentares favoráveis ao tema, incluindo o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), se adiantaram ao governo e apresentaram a PEC antes que a equipe econômica terminasse de formular uma proposta própria.

O texto em análise é baseado nas ideias do economista Bernard Appy, do Centro de Cidadania Fiscal (CCiF).

Ele defende a criação de um novo tributo de bens e serviços, do tipo imposto de valor agregado (IVA), com a unificação do PIS/Cofins, IPI, ICMS e ISS, com transição de 10 anos.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

Separação de bens

XP estuda fazer proposta por ações com “supervoto” da corretora que estão com Itaú

Objetivo do negócio é eliminar potenciais conflitos de interesse para que apenas os acionistas controladores da XP detenham ações que dão direito a 10 votos cada

diluição?

Notre Dame Intermédica avalia oferta de ações

Operadora de saúde verticalizada pode levantar R$ 2 bilhões com operação, segundo agência de notícias

MERCADOS HOJE

Ibovespa segue clima ameno no exterior e abre o dia em alta; dólar sobe após IGP-M

O cenário de cautela e otimismo se chocam no exterior. De um lado, a China parece se recuperar do coronavírus, de outro, a pandemia ainda parece longe de um fim. Com feriado nos Estados Unidos, liquidez deve seguir baixa

ainda ruim

Taxa de desemprego bate novo recorde no 3º trimestre

Desocupação sobe para 14,6% no trimestre encerrado em setembro, mas fica abaixo da mediana de estimativas

Nova tendência?

‘Efeito Grupo Mateus’ faz bancos de investimento colocarem o pé na estrada

Essa ida ao interior do Brasil deve trazer não só empresas grandes como o Mateus, mas empresas menores, que podem ser beneficiadas com uma nova abertura do mercado brasileiro para ofertas desse tipo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies