Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-06-19T10:07:59-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Presença ilustre

CCJ do Senado recebe o ministro Sergio Moro nesta quarta-feira para esclarecimento sobre mensagens vazadas

Mensagens trocadas pelo aplicativo Telegram mostram conversas entre Moro, então juiz, e o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato, sobre procedimentos e decisões em processos da operação

19 de junho de 2019
8:52 - atualizado às 10:07
Sérgio Moro
Sérgio Moro - Imagem: Sérgio Castro/Estadão Conteúdo

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado recebe nesta quarta-feira (19) o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, para esclarecimentos sobre as mensagens divulgadas pelo site The Intercept Brasil.

As mensagens trocadas pelo aplicativo Telegram, que tiveram sua primeira divulgação no dia 9 de junho, mostram conversas entre Moro, então juiz, e o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da força-tarefa da Lava Jato, sobre procedimentos e decisões em processos da operação.

Novas mensagens

Em nova série de reportagens divulgadas nesta terça-feira (19) pelo site The Intercept Brasil, o atual ministro da Justiça aparece questionando o procurador da República Deltan Dallagnol sobre uma investigação envolvendo o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB).  Nas mensagens, Moro afirma que a apuração poderia "melindrar" alguém cujo apoio era importante para a operação.

O diálogo teria acontecido em 13 de abril de 2017, após a imprensa divulgar que a força-tarefa havia enviado à Procuradoria da República em São Paulo dados sobre supostas doações eleitorais via caixa 2 para campanhas eleitorais de FHC em 1994 e 1998.

O TIB também publicou troca de mensagens entre procuradores nos quais eles concluem que a investigação sobre doações de Grupo Odebrecht para o Instituto Fernando Henrique Cardoso se resumiria a um crime tributário. O argumento poderia enfraquecer a acusação contra o Instituto Lula e a Lils, a empresa de palestras e eventos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), também investigados pela força-tarefa. Segundo o site, FHC foi citado em nove oportunidades pelos procuradores.

Estratégia

O ministro Sergio Moro terá 30 minutos para fazer uma exposição inicial do caso e após o tempo, cada senador terá 5 minutos para fazer perguntas. Moro terá o mesmo tempo para a réplica, além de mais dois minutos para a tréplica.

Os membros governistas da CCJ planejam atacar a invasão de celulares e defender os contatos entre magistrados e procuradores.  A oposição, no entando, planeja focar no conteúdo das mensagens divulgadas

*Com Estadão Conteúdo e Agência Brasil

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Petrobras privatizada vira possibilidade, Itaú revisa projeções para o Brasil e outros destaques

A proximidade do ano eleitoral não aprofunda apenas as discussões sobre o aumento de gastos do governo com medidas assistencialistas, como o Auxílio Brasil e o auxílio aos caminhoneiros, confirmados na semana passada após uma manobra no teto de gastos. Com outubro engatando a reta final, restam poucas folhas no calendário de 2021 e oportunidades […]

privatização no radar

Petrobras (PETR4) pede que governo explique estudo para venda de ações; papéis dispararam mais de 6% com rumores sobre privatização

Mais cedo, Bolsonaro reafirmou que a privatização “entrou no radar” do governo, mas destacou que o processo é uma “complicação enorme” e não deve sair tão cedo

FECHAMENTO DO DIA

Petrobras na mira da privatização ajuda Ibovespa a recuperar parte das perdas recentes e bolsa sobe 2%; dólar cai a R$ 5,56

Os investidores começam a semana ainda digerindo a confirmação do rompimento do teto de gastos, mas como a situação deixou de ser especulativa, abriu espaço para uma recuperação puxada pela Petrobras

FINANCIAL PAPERS

Polêmica com vazamentos não afeta balanço do Facebook (FBOK34) e ações avançam em NY

Mais cedo, o noticiário sobre a empresa era dominado por notícias menos favoráveis com a divulgação dos “The Facebook Papers”

Vídeo

All time high do Bitcoin: como fica o mercado de criptos com a principal moeda em alta?

Analista de criptomercado comenta sobre a situação atual desse cenário

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies