Menu
2019-04-25T17:50:08-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Vai acelerar?

Governo promete intensificar reuniões com partidos para discutir a reforma da Previdência

Líder do governo na Câmara ignora críticas à articulação na votação da reforma e diz que comentários são um sinal de busca por diálogo

24 de abril de 2019
15:18 - atualizado às 17:50
Major Vitor Hugo
Ideia do governo também é permitir que parlamentares recebam o crédito pelos recursos que estão sendo direcionados para obras nas suas regiões - Imagem: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

Depois da aprovação da proposta de reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), o líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), disse que está aberto ao diálogo com os partidos nas negociações que vão começar na comissão especial que vai analisar o mérito da proposta.

Em entrevista ao Broadcast/Estadão, o líder avaliou que as críticas à articulação do governo na votação da reforma são um sinal de busca desse diálogo. "É um sinal de fumaça, é o deputado dizendo 'eu existo, sou importante e quero abertura com você'", disse.

Ele ressaltou que o ministro da Economia, Paulo Guedes, está com a "calculadora na mão" para manter a espinha dorsal da Proposta de Emenda à Constitucional (PEC).

O líder esteve nesta quarta-feira de manhã com o presidente da República, Jair Bolsonaro, e cerca de 10 deputados do PSL.

A estratégia da articulação é intensificar não só reuniões mais "intimistas" com os com grupos menores, mas também dar espaço para que os parlamentares recebam o crédito nas suas bases nos recursos que estão sendo direcionados para obras nas suas regiões. Novos grupos serão organizados para reuniões com o presidente.

"O governo sabe que o parlamentar tem responsabilidade de levar melhorias às suas bases", ressaltou. A ideia é intensificar também o canal de diálogo direto entre os deputados e os ministros setoriais.

Além da reunião nesta quarta pela manhã com deputados do PSL, o presidente vai se reunir à tarde com os líderes do PTB, PSC, Cidadania e Patriota. "Queremos fazer com que todos os canais de diálogo se alinhem", afirmou, destacando que a articulação vai dar os subsídios aos deputados para que eles defendam da reforma da Previdência.

No radar do governo está a reclamação de parlamentares que votaram a favor da reforma do governo Michel Temer e acabaram virando alvo em suas bases eleitorais. A ideia é trabalhar para fornecer dados e informações que ajudem a blindá-los dessas críticas.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

em busca de energia limpa

Criptomoedas: Elon Musk diz que Tesla vendeu 10% do que detinha em bitcoin

Segundo executivo, operação prova que a criptomoeda poder ser liquidada facilmente “sem mover o mercado”

imunização

Governo de São Paulo adianta em 30 dias vacinação contra a covid-19; veja novas datas

Plano é vacinar toda a população adulta do estado, ao menos com a primeira dose, até o dia 15 de setembro

luto

Ex-presidente do BC Carlos Langoni morre de covid-19 no Rio

Carlos Langoni trabalhou no governo na virada das décadas de 1970 e 1980, quando foi presidente do BC; ele colaborou com a equipe econômica do ministro Paulo Guedes, quase 40 anos depois

nos eua

Nova ‘ação meme’? Orphazyme dispara quase 1400% em um dia e mercado não sabe por quê

Investidores da empresa aguardam uma importante atualização sobre um tratamento experimental para a doença de Niemann-Pick; sem novidades, mercado não sabe a razão da alta

entrevista

Superávit primário pode voltar em 2024, diz secretário do Tesouro

Jeferson Bittencourt diz que a melhora no quadro fiscal do País não é “sorte”; confira a entrevista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies