Menu
Eduardo Campos
Eduardo Campos
Jornalista formado pela Universidade Metodista de São Paulo e Master In Business Economics (Ceabe) pela FGV. Cobre mercado financeiro desde 2003, com passagens pelo InvestNews/Gazeta Mercantil e Valor Econômico cobrindo mercados de juros, câmbio e bolsa de valores. Há 6 anos em Brasília, cobre Banco Central e Ministério da Fazenda.
Trégua?

Bolsonaro vai procurar a paz por meio da interlocução

General Rêgo Barros destacou que presidente está aberto ao diálogo com Rodrigo Maia e demais congressistas e que fará todos os esforços para aprovação da reforma da Previdência

25 de março de 2019
19:16
Bolsonaro tô casando com vocês congresso
Presidente Jair Bolsonaro na Câmara dos Deputados no dia de sua posse. "Tô casando com vocês", disse. - Imagem: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O porta-voz da Presidência da República, general Rêgo Barros, afirmou que o presidente Jair Bolsonaro está disposto e aberto à interlocução com todos os congressistas a fim de colocar as posições do governo sobre como se dará a relação com o Congresso Nacional.

“Nosso presidente se coloca ao lado do Congresso para juntos caminharem em prol da aprovação da reforma da Previdência”, disse, o porta-voz, que foi bombardeado por perguntas sobre a relação de Bolsonaro com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, após os desentendimentos dos últimos dias.

A opção pelo diálogo parece um aceno de trégua depois de Bolsonaro dizer que a bola (reforma da Previdência) estava com o Parlamento e que ele não iria negociar nos moldes de governos anteriores, pois não queria ter o mesmo destino de dois ex-presidentes, em referência a Lula e Michel Temer.

Segundo Barros, temos duas escolhas, aprovar a reforma da Previdência e dar fôlego para um futuro melhor ou mergulhar em um buraco negou ou sem fundo, que pode levar à desconstrução da sociedade e isso é algo que “nós e o Congresso” certamente não queremos.

Ao responder perguntas específicas sobre eventual encontro com Rodrigo Maia, Barros disse, primeiro, que o presidente Bolsonaro fará todos os esforços necessários para que a proposta da Previdência avance sob a batuta do Congresso, mas entendendo que ele também é parte dessa solução.

Depois disse acreditar que Maia, assim como o presidente, está aberto ao diálogo, e que Maia ,“como homem de Estado, reconhece a importância da aprovação da reforma”.

Ainda sobre o tema disse que: “embora nosso presidente não tenha sido boina azul [referência às tropas de paz da ONU], ele tem como lema, tudo pela paz” e que Bolsonaro “vai procurar a paz por meio da interlocução, convencer e até ser convencido”.

Questionado sobre um eventual “clima azedo” com o presidente da Câmara, Barros disse em tom descontraído que o clima é ótimo e que azedo não é classificação de clima.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

A articulação oficial com o Congresso, lembrou Barros, está a cargo do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e das lideranças do governo no Congresso.

Sobre o tempo de aprovação, já que há demora nos trabalhos legislativos em torno da proposta, Barros disse que: “lo mas pronto posible”, ou o mais rápido possível.

Barros reforçou que o presidente tem “convicção”, assim como a sociedade, sobre a importância da aprovação da reforma.

Em reunião hoje com ministros, Barros explicou que Bolsonaro se colocou “muito favoravelmente” em prol de ações para impulsionar a comunicação da reforma e que essa atuação vai se dar em duas frentes. Uma com a opinião pública e outra com os congressistas.

Segundo Barros, essa ação de comunicação “é para entender e somar a sua própria intensão de ver essa reforma da Previdência aprovada”.

No seu pronunciamento, Barros já demonstrou parte dessa estratégia, reafirmando pontos da reforma para “que a sociedade capture isso de forma mais fácil”.

O porta-voz listou pilares da nova Previdência: combate a fraudes e redução de ações judiciais; modernização da cobrança de dívidas, equidade e criação de capitalização para as gerações futuras.

Ele lembrou que na terça-feira, o ministro Paulo Guedes, estará na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados para “elucidar” a nova Previdência e que há um esforço “do presidente e de Guedes de se colocar à disposição para descortinar quaisquer dúvidas que ainda perseverem”.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

TUDO QUE VAI MEXER COM SEU DINHEIRO HOJE

Hora do acerto de contas

Caro leitor, Desde que eu comecei a cobrir finanças pessoais e investimentos, o mês de abril tem sido de especial agitação. E isso não apenas por causa do meu inferno astral, já que meu aniversário é no começo de maio, mas também porque se avizinha o fim do prazo para entregar a famigerada declaração de […]

Disputa pelos ares

Cade analisará Latam e Gol no caso Avianca

Órgão de defesa da concorrência abre processo para investigar conduta anticompetitiva de Gol e Latam. A suspeita é que companhias tenham entrado na disputa de forma a tirar a Azul da jogada

Vídeo

Por que a política tem tanta influência na bolsa brasileira?

Nas últimas semanas, canetadas presidenciais mexeram com o Ibovespa. Entenda por que quem investe em ações no Brasil tem que ficar mais de olho na política do que o normal

IR 2019

Como declarar o imposto de renda 2019: tudo que você precisa saber para prestar contas ao Leão

Neste guia, você encontra o caminho das pedras para preencher e entregar a sua declaração de imposto de renda, mesmo que seja a sua primeira vez

#Tamojunto

Relacionamento entre Bolsonaro e Guedes é ótimo

Prova disso é que com uma boa conversa, o ministro não só resolveu o imbróglio da Petrobras, como plantou a ideia de privatização dessa joia da coroa

Escolha feita hoje

Conselho da Lojas Renner elege Fabio Faccio como diretor presidente

Varejista de moda confirma o processo de transição que havia sido anunciado em novembro de 2018, com a saída de José Galló do cargo

Após zerarem taxa

Cade instaura processo contra Itaú e Rede

Suspeita é que haja conduta anticompetitiva, já que o Itaú, dono da Rede, oferece condições melhores para clientes da sua própria credenciadora

Seu Dinheiro na sua noite

Quando a música para de tocar

Está com saudades dos tempos em que a renda fixa garantia retornos de 1% ao mês? E se eu lhe dissesse que havia uma aplicação no mercado que dava uma rentabilidade mensal de 5%, e com risco praticamente zero? Eu sei, está com cara daquelas pirâmides financeiras, mas os ganhos eram bem reais. Essa era […]

DE OLHO NO GRÁFICO

Três altcoins para você investir a partir de hoje

Coluna traz vídeos sobre análise gráfica e dicas de investimentos. Terças e quartas o tema é o mercado de ações. Quinta-feira é a vez das criptomoedas

OUÇA O QUE BOMBOU NA SEMANA

Podcast: A volta dos IPOs e diesel no chope

Marina Gazzoni e Vinicius Pinheiro comentam os altos e baixos da semana.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

GUIA GRATUITO

Como declarar seus investimentos no IR 2019