🔴 03/06 – ‘GATILHO’ PARA BUSCAR ATÉ R$ 2 MILHÕES COM CRIPTOMOEDAS PODE SER DISPARADO – SAVE THE DATE

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Efeito da mudança da embaixada de Israel

Líder árabe diz que embargo saudita à carne brasileira é retaliação ao governo Bolsonaro

Amr Moussa afirmou que países árabes estão enfurecidos com a decisão de Bolsonaro de mudar a embaixada de Israel para Jerusalém; ações da BRF caem forte na bolsa

Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
22 de janeiro de 2019
16:53 - atualizado às 20:03
Jair Bolsonaro
Sauditas anunciaram o descredenciamento de 33 unidades exportadoras de carne de frango do Brasil - Imagem: Shutterstock

A decisão da Arábia Saudita de suspender a compra de carne de frango do Brasil seria uma retaliação à ideia estudada pelo governo Bolsonaro de mudar a embaixada brasileira em Israel de Tel-Aviv para Jerusalém. A informação foi divulgada pelo secretário-geral da Liga Árabe, Amr Moussa, durante as reuniões do Fórum Econômico Mundial em Davos.

Segundo Moussa, "o mundo árabe está enfurecido (com o Brasil), e essa é uma expressão de protesto contra uma decisão errada por parte do país". O secretário árabe também disse que "os países árabes seguem sem entender o motivo pelo qual o novo presidente do Brasil trata o mundo árabe desta forma". Para ele, a única forma de evitar pautas hostis como a decisão saudita é o governo brasileiro desistir da ideia.

Barrados na fronteira

O governo saudita anunciou nesta terça-feira, 22, ter descredenciado 33 unidades habilitadas a exportar carne de frango para o país, de um total de 58. No Brasil, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) esclareceu que das 58 plantas 30 estavam de fato exportando o produto para os sauditas. E destas 30, 25 continuam habilitadas.

O movimento teve forte impacto na bolsa, sobretudo sobre a BRF e a Marfrig. Ações ordinárias da Marfrig lideravam as perdas do Ibovespa nesta tarde e caíam 4,31% às 16h30. No mesmo momento, papéis da BRF perdiam 4,16%.

Vale lembrar que, há poucas semanas, a Liga Árabe decidiu aumentar a pressão sobre o governo de Bolsonaro e aprovou, no Cairo, uma resolução pedindo que o Brasil "respeite o direito internacional" e que abandone a ideia de mudar a embaixada do País de Tel-Aviv para Jerusalém.

Outra decisão anunciada por Cairo foi o envio de uma "delegação de alto escalão" ao Brasil para lidar com a crise e para informar ao novo governo de Bolsonaro da necessidade de "cumprir o direito internacional" no que se refere à situação de Jerusalém.

Governo reage

Membros do governo Bolsonaro também reagiram à fala do secretário-geral da Liga Árabe. O ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, afirmou que "não dá para saber se decisão dos sauditas teve viés ideológico".

Já o presidente em exercício, Hamilton Mourão, disse que a intenção do presidente Jair Bolsonaro de mudar a embaixada em Israel não deveria ser motivo para um embargo saudita, à medida que ainda não foi concretizada.

"A embaixada não está mudada ainda, o pessoal está se antecipando ao inimigo", declarou Mourão, quando perguntado se a suspensão seria uma retaliação.

*Com Estadão Conteúdo.

Compartilhe

SOB NOVA DIREÇÃO

Vem fusão por aí? CEO da Marfrig assume comando da BRF após renúncia de Lorival Luz

30 de agosto de 2022 - 10:26

A Marfrig já é a principal acionista da BRF, com pouco mais de 30% do capital, e desta forma deve aumentar ainda mais a presença na companhia

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Alerta de lucro: Oportunidade de ganhos acima de 8% em swing trade com a BRF (BRFS3); confira a recomendação

2 de agosto de 2022 - 8:30

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da BRF (BRFS3). Saiba os detalhes da análise

RECOMENDAÇÃO COR DE CARNE

BRF (BRFS3) tem potencial de valorização de 56%, mas Inter alerta para desafios — veja o que está no caminho da empresa

19 de junho de 2022 - 14:20

A casa de análise manteve a recomendação neutra para as ações BRFS3, embora tenha elevado o preço-alvo de R$ 12,98 para R$ 20,00

Levíssimo?

Na BRF (BRFS3), um começo de ano horripilante — e uma teleconferência para tentar resgatar a confiança do mercado

5 de maio de 2022 - 14:01

A BRF (BRFS3) viu suas margens piorarem drasticamente no trimestre, em meio à alta dos custos e ajustes na cadeia de produção

A NATA DA B3

Vale (VALE3) na preferência e a volta de Magazine Luiza (MGLU3). Confira as ações mais recomendadas por 13 corretoras para abril

4 de abril de 2022 - 6:50

Quem seguiu a recomendação das corretoras e incluiu a Vale na carteira desde dezembro já garantiu uma valorização de mais de 36%

DESSA ÁGUA BEBEREI

Exercendo o poder: Marfrig (MRFG3) confirma que pretende influenciar na administração da BRF (BRFS3); entenda o caso

21 de fevereiro de 2022 - 13:37

Conselho de Administração decidiu que a empresa deverá exercer seus direitos de acionista na BRF, fazendo valer seus interesses no dia a dia da rival

Sinal amarelo

Marfrig (MRFG3) confirma participação em oferta da BRF (BRFS3), mas não poderá assumir o controle da empresa; entenda

28 de janeiro de 2022 - 20:34

Segundo um comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários hoje, as compras da Marfrig estarão limitadas a sua participação acionária atual

FOLLOW ON

BRF definirá dia 1º preço da ação no follow on, que pode girar cerca de R$ 8 bi

18 de janeiro de 2022 - 13:59

A operação pode abrir o caminho para a Marfrig assumir o controle da BRF

FOLLOW ON

BRF (BRFS3) aprova oferta de 325 milhões de ações e abre caminho para o controle da Marfrig (MRFG3); entenda

17 de janeiro de 2022 - 20:29

O valor total do follow on ainda não está definido, mas, considerando o fechamento de hoje (R$ 24,75), a oferta pode ultrapassar os R$ 8 bilhões

APESAR DOS RISCOS

Por que você deveria ter uma das empresas alimentícias mais baratas do mundo na sua carteira, segundo o Credit Suisse

5 de janeiro de 2022 - 16:04

Com resultados acima do esperado, o banco suíço vê a BRF (BRFS3) como uma boa opção, mesmo com os desafios do setor

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar