Menu
2019-10-14T14:08:28-03:00
Luis Ottoni
Luis Ottoni
Jornalista formado pela Universidade Mackenzie e pós-graduando em negócios pela Fundação Getúlio Vargas. Atuou nas editorias de economia nos portais G1, da Rede Globo, e iG.
GUIA DO SEU DINHEIRO

Como investir no Tesouro Direto. Aprenda de uma vez por todas!

Para comprar títulos públicos você só precisa ter CPF, conta corrente em uma instituição financeira e pelo menos R$ 30 para investir.

11 de outubro de 2018
16:28 - atualizado às 14:08
guia do Tesouro Direto
Guia do Tesouro Direto - Imagem: Seu Dinheiro com Shutterstock

Agora que você já sabe o que é o Tesouro Direto, vou te mostrar como investir na prática. Caso você queira entender melhor o que é o Tesouro Direto, acesse aqui a matéria do Fernando Pivetti. Se você está louco para colocar a mão na massa e comprar títulos públicos, continue a ler essa matéria.

O Seu Dinheiro fez um guia completo para te ajudar a compreender tudo sobre o nosso amigo TD. Nos próximos dias você vai saber:

Como investir no Tesouro Direto?

Para comprar títulos públicos você só precisa ter CPF, conta corrente em uma instituição financeira e pelo menos R$ 30 para investir. Você terá de escolher um "agente de custódia", que nada mais é do que um banco ou uma corretora autorizados a fazer a intermediação da compra e venda entre você e o Tesouro.

Você poderá fazer a compra do seu título público tanto no home broker da corretora ou banco quanto no próprio site do Tesouro Direto.  Você deve ficar esperto na hora de escolher a sua corretora para investir. Existem muitas que não cobram taxas para essa modalidade de investimento, mas outras ainda cobram taxas salgadas.  No site do Tesouro Direto, tem uma lista das corretoras habilitadas e você pode ver quais têm taxa zero. 

Comprar pelo home broker

Fez ou já tem cadastro? Acesse seu Home Broker - área de operações das corretoras  - e selecione “Tesouro Direto”. A partir daí, é intuitivo: você seleciona qual título quer investir e aplica.

 

Compra pelo site do Tesouro

É importante lembrar que algumas instituições são “integradas” ao sistema da Bovespa. Em alguns casos, isso permite que, após elas repassarem seus dados à B3 e seu cadastro for realizado, você também poderá negociar títulos direto da plataforma do Tesouro. Por lá você também poderá acompanhar seu saldo.

 

Área restrita do Tesouro Direto, onde é possível consultar suas aplicações e títulos à venda - Imagem: Reprodução

Como consultar o saldo

Após a sua compra, seu título deve aparecer na conta do Tesouro em até 2 dias úteis ou 3 dias corridos, caso a compra tenha sido feita no feriado ou final de semana. O resgate também pode ser solicitado no site ou direto na sua corretora.  Mas é necessário ficar atento às taxas e prazos de resgate para cada título.

Como vender títulos

Você pode ficar com os títulos até o vencimento ou fazer uma venda antecipada. Você pode vender seus títulos em qualquer data entre a compra e o vencimento, respeitando o horário de funcionamento da operação. No caso do vencimento, o saldo estará na sua conta às 13h00 do mesmo dia do pagamento. Se você fizer a venda antecipada, o dinheiro cai na sua conta a partir das 13h do dia seguinte da venda.

Investimento programado

Se você quiser, pode também agendar a sua compra ou venda no Tesouro Direto. Exemplo: seu salário cai no dia 30 e você quer investir automaticamente uma parte dele já pode deixar agendado. Mas atenção: não são todas as instituições financeira que fornecem essa comodidade. Aqui está a lista de quem tem o serviço.

Tipos de papéis

Antes de investir no TD, você deve considerar quanto tempo está disposto a esperar para receber o dinheiro de volta com seus devidos juros. Isso porque cada papel tem uma data de vencimento e suas condições de retorno podem variar. Os papéis podem ser pré ou pós-fixados. A sua remuneração pode variar conforme a taxa de juros básica (Selic) ou a inflação. Outra diferença é que você pode comprar títulos que paguem uma remuneração semestral ou apenas no vencimento. Qual o melhor? Depende do que você precisa.

Qual corretora escolher?

Ao todo, existem 78 corretoras que fazem a compra e venda de papéis do Tesouro Direto neste momento que escrevo. A lista completa delas está no site do Tesouro

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Anote na agenda

B3 atualiza metodologia sobre vencimento de opções a partir de maio; confira o que muda

Especialistas do mercado afirmam que essa mudança é positiva para o mercado brasileiro por se aproximar do modelo do exterior

Tem cupom pra isso?

Ações da Méliuz sobem após lançamento de plataforma de empréstimos online

A companhia, que desde 2019 oferece um cartão de crédito sem anuidade e com cashback, vem ampliando a gama de serviços financeiros

MERCADOS HOJE

Instabilidade atinge o Ibovespa e bolsa descola de NY ao zerar alta; dólar recua

Exterior positivo traz fôlego aos negócios locais, mas problemas em Brasília persistem

Exile on Wall Street

Bolsa não precisa de motivos para subir e os ganhos acontecerão – mesmo no pior cenário

Do fim de fevereiro até este meio de abril, o Ibovespa retomou os 120 mil pontos rapidamente, e sem qualquer utopia. Isso nos traz uma importante lição enquanto investidores agnósticos: a Bolsa não precisa de motivos para subir. Repita o mantra: não precisa de motivos para subir, não precisa de motivos… assim como você não […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies