Menu
PUBLICAÇÕES SOBRE
Tesouro Direto
Publicações
Seu Dinheiro na sua noite

Lá vem a noiva!

Enquanto o mercado tem lua de mel antecipada com reforma da previdência de Bolsonaro, novo presidente do Banco do Brasil diz quem decide sobre o que vai ou não vender e Mu Hak You leiloa ações da Gafisa

Exile on Wall Street

O que fazer com o cupom das suas NTN-Bs?

Cinco alternativas que não precisam da técnica dos super-heróis de identificar uma ação mega-atrativa

Tiro ao alvo

Aposta em Previdência pode turbinar rentabilidade do Tesouro Direto

Com aprovação da reforma da Previdência, investidores em títulos prefixados ou atrelados ao IPCA podem ver seus papéis se valorizarem

Investimentos

Tesouro Direto fecha 2018 com 786 mil investidores ativos

Entre setembro e dezembro quase 90 mil novos aplicadores fizeram operações, período que coincide com o movimento dos grandes bancos de zerar taxas do produto. Você também entrou?

Aplicação mais atraente

Taxa zero para o Tesouro Direto faz número de novos investidores triplicar

Volume de novos aplicadores, que estava estacionado em 11 mil ao mês, saltou para perto de 32 mil em setembro do ano passado

Ranking

Os títulos públicos que mais bombaram em 2018 (alguns superaram a bolsa!)

Investimento mais rentável do ano foi um título público que rendeu mais de 20%; confira o ranking completo com as rentabilidades dos papéis negociados via Tesouro Direto em 2018

UMA 'TAXA' ESCONDIDA

Custa caro vender seu título para o Tesouro Direto

Tesouro fica com um pedaço do seu investimento cada vez que você faz um resgate antecipado dos títulos. E essa taxa não é igual para todos. Quem paga mais caro é o investidor que compra títulos mais longos e decide se desfazer deles antes do prazo de vencimento. Entenda o que está em jogo.

Hora da Mega da virada

E se você ganhar na Mega da Virada? Veja onde investir R$ 280 milhões e garantir mais de R$ 1 milhão por mês

Aprenda a montar uma carteira de investimentos vencedora com o valor do prêmio para cada perfil de investidor e que pode oferecer bons rendimentos mensais

Onde investir em 2019

Qual a boa do Tesouro Direto em 2019?

Mesmo com a Selic no menor patamar da história, a renda fixa ainda traz boas oportunidades. Saiba quais títulos públicos vão se destacar no próximo ano

Menos tarifas e mais rendimentos

Tesouro Direto terá corte na taxa de custódia a partir de janeiro

Tarifa cobrada pela B3 atualmente é de 0,3% ao ano. A partir de 2019, será de 0,25% ao ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu