Menu
2018-11-27T13:52:25+00:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
GUIA DO SEU DINHEIRO

O que diabos é o Tesouro Direto?

O sistema de vendas de títulos públicos para o investidor pessoa física existe desde 2002. Entenda como ele funciona

10 de outubro de 2018
17:09 - atualizado às 13:52
guia do Tesouro Direto
Guia do Tesouro Direto - Imagem: Seu Dinheiro com Shutterstock

Você provavelmente já ouviu falar no Tesouro Direto - se não ouviu, fica comigo que eu te explico. Esse investimento existe desde 2002 e tem 665 mil investidores ativos (dados de agosto de 2018) e ficou escondido nas prateleiras dos bancos por um bom tempo. O gerente te oferecia plano de previdência privada, título de capitalização, mas nada do Tesouro Direto. Pois bem! Com o crescimento das corretoras independentes, o Tesouro Direto ganhou os holofotes. E não é que agora até os bancos se renderam e passaram a oferecer condições melhores para quem quer entrar no Tesouro Direto. Nada como a concorrência...

O investidor esperto já entendeu que é uma boa comprar esses títulos - especialmente para quem tem dinheiro na poupança ou embarcou nessa furada dos títulos de capitalização. É bem acessível, com R$ 30 já dá para aplicar.

Mas, afinal, o que é o Tesouro Direto? Quais as vantagens? As desvantagens? E como investir? Se você ainda tem dúvidas, pode ficar tranquilo.

O Seu Dinheiro fez um guia completo para te ajudar a compreender tudo sobre o nosso amigo TD. Nos próximos dias você vai saber:

Afinal, o que é o Tesouro Direto?

O Tesouro Direto é uma das ferramentas do governo utilizadas para a venda de títulos públicos federais. Criado em 2002, ele tem foco no investidor pessoa física e ficou popular por permitir que se faça negociações pela internet.

A ideia do programa surgiu pela necessidade de popularizar as vendas dos títulos públicos, até então restritos e com venda feita através de fundos de renda fixa. Na prática, os bancos dificultavam o acesso da pessoa física aos títulos públicos. A pessoas física tinha que pagar um pedágio para fazer o investimento, na forma de taxas de administração de fundos de renda fixa e burocracias para negociações.

Como comprar

Para comprar um título no Tesouro Direto, você deve se cadastrar em uma instituição financeira habilitada para o programa. Amanhã vou te contar o passo a passo do cadastramento no sistema e como investir.

Depois de cadastrado, o próprio investidor acessa o site do Tesouro Direto para escolher seu título e efetuar a compra. Aqui você pode ver quais os tipos e títulos disponíveis e quais são os preços e as rentabilidades oferecidos.

Horário de funcionamento

É possível fazer consultas de seus investimentos 24 horas por dia. Já as operações de compra e venda são menos liberais e devem ser feitas nos dias úteis, das 9h30 às 18h. 

As duas principais vantagens do Tesouro Direto são a diversidade de produtos disponíveis, contemplando os mais diversos perfis de investidor, e a segurança, já que toda a garantia da aplicação é feita pelo próprio Tesouro Nacional.

Interessante... Mas o que diabos são títulos públicos?

Os títulos públicos são investimentos de renda fixa considerados conservadores, por terem um dos menores riscos entre as aplicações financeiras. Isso acontece porque, no ato de compra do título, o investidor conhece todas as condições e rendimentos que ele terá ao fim do período de contrato. 

De maneira objetiva, quando o investidor compra um título do Tesouro, ele empresta dinheiro a União. Depois do período estabelecido, o governo devolve o valor e paga juros sobre o tempo aplicado. A garantia da aplicação é feita por meio do número de protocolo gerado a cada operação e o título adquirido ficará registrado no seu CPF.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

5º MAIS RICO DO MUNDO

Carlos Slim, o bilionário que lucrou com um monopólio e virou o ‘dono do México’

Com conglomerado de mais de 200 empresas, empresário acumulou fortuna de US$ 60 bilhões, que equivale a 6% do PIB do país, e se tornou o quinto homem mais rico do mundo.

MAIS UMA

Bolsonaro afirma que governadores do Nordeste tentam manipular eleitor

O uso de um termo pejorativo para se referir aos nordestinos provocou a reação de governadores da região, que manifestaram “espanto e profunda indignação”

BNDES

Com BNDES menor, pode faltar crédito para investimento

O patamar de desembolsos em torno de R$ 70 bilhões por ano, sinalizado pelo novo presidente, equivale a 1% do Produto Interno Bruto, menor nível em 20 anos.

Boa notícia

Risco volta ao nível de quando país tinha selo de bom pagador

Além do avanço na reforma previdenciária, contribuiu para a redução do risco país o cenário de um mercado internacional mais calmo

Bandeira eleitoral

Tema “corrupção” perde espaço no Twitter de Bolsonaro

Depois de assumir o poder, o assunto perdeu espaço em sua timeline e, segundo levantamento no perfil do presidente, apareceu em apenas 1,4% das postagens.

Uma dose de realismo

Bilionários garantem: este é o melhor momento para se estar vivo

Bill Gates, Warren Buffett, Elon Musk e Barack Obama são categóricos: se você pudesse escolher qualquer momento na história para nascer, seria este.

Promessa é dívida

MAIS LIDAS: Oi e FGTS foram as grandes promessas da semana

São elas: a liberação do saque do FGTS pelo governo Bolsonaro e o plano da diretoria da Oi de tirar a empresa do buraco. Confira

Dá para se arrepender?

Opção do saque do FGTS será reversível

A ideia é que a nova opção de saque permita ao trabalhador resgatar uma parcela em troca de abrir mão da retirada de todo o fundo caso seja demitido sem justa causa

o novo sempre vem

Novo Mercado, nível 1 ou 2: Diga-me a governança da ação e eu te digo quais são os direitos do investidor

Segmento da B3 estabeleceu maior nível de governança entre as empresas e amenizou conflitos entre minoritários e controladores; são hoje 142 empresas no Novo Mercado

De olhos bem abertos

Dez bancos serão investigados por supostos abusos na oferta de consignado a idoso

As empresas têm dez dias para apresentar defesa e, posteriormente, se confirmados os indícios de infração, poderão ser multadas em até R$ 9,7 milhões. As notificações estão formalizadas no Diário Oficial da União (DOU) em despachos do DPDC, órgão da Secretaria Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça e Segurança Pública

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements