Menu
PUBLICAÇÕES SOBRE
SPX
Publicações
Crise do coronavírus

Rogério Xavier, da SPX Capital, fala em queda de 5% do PIB neste ano

Está na hora de o Brasil encarar o problema como se tivesse numa guerra para combater os efeitos rápido, afirmou o sócio da SPX, que possui R$ 40 bilhões sob gestão

Carta do gestor

Com retorno positivo mesmo em meio ao caos do mercado, gestora SPX reduz posição comprada em dólar

SPX Nimitz, principal fundo da casa, realizou ganhos com a alta da moeda americana; conhecida por um certo “pessimismo”, gestora já trabalha com a possibilidade de recessão pela frente, e projeta PIBinho para o Brasil em 2020

de olho no dólar

Rogério Xavier, da SPX, vê câmbio de equilíbrio a R$ 4,30

Gestor espera que 2020 seja um ano de vento contrário no cenário externo. Além da eleição nos Estados Unidos, Xavier afirmou que a guerra comercial com a China vai além da questão de tarifas e tem mais relação com a hegemonia política

Fundos

Investidor estrangeiro tem visão errada sobre Bolsonaro e não vai voltar ao Brasil, diz Rogério Xavier, da SPX

Lendário gestor responsável por administrar R$ 40 bilhões está comprado em dólar e se mostrou cético tanto com o crescimento do PIB como com o avanço da agenda do governo, mas espera juro baixo por um longo período

gestoras

SPX está comprada em dólar e ações no Brasil

Na parte internacional, a gestora está comprada em bolsas europeias e de países emergentes e vendida na bolsa americana

Gestoras

SPX avalia que estamos em bear market político com impacto relevante sobre os mercados

Ativos brasileiros devem seguir o caminho trilhado no resto do mundo. Gestora também acredita que dinâmica do câmbio impõe limite à queda da Selic

Uma das cartas mais esperadas do mercado

Gestora SPX projeta corte no próximo Copom e acredita que Selic pode chegar a 5% ao ano

Apesar de estar mais positiva com Brasil, a carta fez ressalvas sobre o enfraquecimento das economias mundiais e disse para tomarmos cuidado com os “leões e o dragão” que estão à solta no mercado

Mercados

Gestora SPX destaca melhora de ambiente político em sua carta mensal

Melhora na perspectiva de aprovação da reforma da Previdência gerou um alívio para o mercado brasileiro, mas economia segue estagnada sem sinal de melhora

SPX, muita tempestade para pouca água: saem 2 sócios, ficam 29 (e principalmente uma cultura)

Deixe os rumores de lado e mantenha sua posição nos disputados fundos da gestora carioca, que administra R$ 36,7 bilhões

ENCONTRO DE GIGANTES

Gurus do ceticismo estão armados para Brasil melhor: Stuhlberger com Bolsa e NTN-B; Xavier com LTN

Preocupação com aprovação das reformas permanece, mas há esperança de que país seja ilha em meio a exterior negativo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements