Menu
2020-05-13T17:01:51-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Política monetária

SPX diz que Copom errou ao baixar Selic e terá que reverter movimento ‘em breve’

Para a gestora de Rogério Xavier, o cenário para o Brasil é “claramente negativo”, diante do alto endividamento e do ambiente político conturbado

13 de maio de 2020
12:24 - atualizado às 17:01
Rogério Xavier, sócio-fundador da SPX Capital
Rogério Xavier, sócio-fundador da SPX Capital - Imagem: Divulgação/Santander

O Banco Central errou ao baixar a taxa básica de juros a níveis tão baixos, e o nível da Selic que pode ser alcançado não será sustentável por muito tempo. A avaliação é da gestora SPX Capital, de Rogério Xavier.

“Teremos que reverter esse movimento em breve”, escreveu a gestora em sua carta mensal aos investidores. Embora acredite que a Selic terá de subir, a SPX informou que tem apostas relevantes no mercado de juros.

A gestora segue vendida nas moedas de países de emergentes. Embora não especifique se o real ainda está entre elas, deixa a entender que sim.

Na bolsa, a SPX possui posições compradas nos setores de consumo básico, saúde, tecnologia e algumas empresas defensivas do setor industrial e vendidas em índices e setores mais frágeis como varejo, energia e automotivo.

Toda a exposição em ações da gestora está no exterior. “Em relação à bolsa brasileira, estamos sem alocações direcionais relevantes.”

Para a gestora de Rogério Xavier, o cenário para o Brasil é “claramente negativo”, diante do alto endividamento e do ambiente político conturbado.

“O ponto de partida frágil do Brasil sendo impactado pela tempestade perfeita nos leva a ter uma grande incerteza em relação à solvência de médio prazo do país, o que certamente põe peso no câmbio e na política monetária.” – SPX Capital

A gestora não coloca o impeachment do presidente Jair Bolsonaro em seu cenário central. Mas avalia que, um eventual agravamento do cenário político pesará nas contas públicas, já que poderia levar a um aumento de programas de transferência de renda.

No mês passado, o fundo SPX Nimitz rendeu 1,26%, contra 0,28% do CDI, o indicador de referência. Em 2020, o retorno acumulado do fundo está em 2,81%, mais que o dobro dos 1,30% do CDI.

Leia aqui a íntegra da carta da gestora.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

OTIMISMO DO EX-SECRETÁRIO

Cintra: reforma tributária do executivo é mais viável do que projetos da câmara

Segundo ele, é possível que a reforma tributária seja aprovada em dois meses desde que seja o projeto de lei 3887, do governo.

DEBANDADA NO MINISTÉRIO

‘Agenda de Guedes está enfraquecida’, diz Alexandre Schwartsman

Para o economista, há um descompasso claro entre a visão do presidente e a do ministro e Bolsonaro que desmoraliza a bandeira liberal com a qual se elegeu.

SUBSTITUTO DE SALIM MATTAR

Novo secretário de privatizações pode indicar cargos de até R$ 120 mil mensais

Cerca de 300 cargos em conselhos de administração e direção de estatais.

CONTENÇÃO DE GASTOS

Diante da ‘debandada’, governo quer antecipar medidas de ajuste para 2021

Essas medidas corretivas seriam adotadas pelo governo automaticamente, já no ano que vem, e evitariam o estouro do teto de gastos.

reação do mercado

Ação da Via Varejo tem forte alta após balanço; veja o que dizem analistas

Com avanço do online, recomendação da XP para a ação da empresa é de compra, com preço-alvo de R$ 28 ao final de 2020; Credit Suisse estima R$ 21 em 12 meses

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements