🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Carolina Gama
Formada em jornalismo pela Cásper Líbero, já trabalhou em redações de economia de jornais como DCI e em agências de tempo real como a CMA. Já passou por rádios populares e ganhou prêmio em Portugal.
TÁ DECRETADO

Putin decide poupar um país na troca de gás por rublo; saiba quem escapou da lei assinada pelo russo

Chefe do Kremlin ameaça rivais do Ocidente, afirmando que terão que pagar pelo custo econômico das sanções contra Moscou — novas punições foram anunciadas hoje

Carolina Gama
31 de março de 2022
13:33 - atualizado às 13:49
Presidente russo, Vladimir Putin, apoiado em uma mesa, com o dedão na boca
O presidente da Rússia, Vladimir Putin - Imagem: Flickr

Agora é lei: o presidente da Rússia, Vladimir Putin, assinou nesta quinta-feira (31) o decreto que obriga os países não amigáveis a pagar pelas compras de gás natural russo com rublos e não mais em dólar, euro ou outras divisas. 

Quando foi anunciada, na semana passada, a medida adicionou uma dose extra de tensão entre Moscou e o Ocidente, já que muitos dos países afetados pela mudança têm uma dependência elevada da energia russa. 

Mas o que quase ninguém esperava é que um desses países considerados hostis conseguiria escapar da fúria de Putin na venda do gás. 

Uma ligação da Alemanha mudou o rumo dessa história

Uma ligação antes da assinatura do decreto desta quinta-feira mudou os rumos dessa história — pelo menos por enquanto. 

O chanceler alemão, Olaf Scholz, fez um telefonema para o presidente russo e ouviu dele o compromisso de manter o pagamento da Alemanha em euros ou dólares

De acordo com um comunicado do Kremlin, Putin disse a Scholz que "a decisão tomada não deve levar ao agravamento dos termos contratuais para as empresas importadoras europeias".

Mas por que Putin quer receber em rublos?

Desde que invadiu a Ucrânia, em 24 de fevereiro, Putin provocou uma reação em cadeia dos Estados Unidos e aliados em uma tentativa de frear o avanço das tropas russas sobre Kiev.

Embora rejeitem a ideia de pegar em armas e enfrentar Putin no campo de batalha, os países do Ocidente vêm anunciando sanções econômicas e financeiras para tentar estrangular a economia russa e acabar com os recursos que mantêm a invasão. 

Alguns efeitos das sanções foram imediatos: empresas internacionais deixaram o país, a bolsa de valores teve que ser fechada por semanas e o rublo se desvalorizou.

E é aí que o plano de cobrar na moeda russa pelo gás exportado se encaixa. Esse anúncio significa que os países que impuseram sanções à Rússia terão que comprar rublos a taxas fixadas pelo banco central russo para pagar pelo gás. A medida reforçaria o rublo, aumentando a demanda por ele.

A guerra fora do campo de batalha continua…

O entendimento entre Rússia e Alemanha sobre o pagamento pelo gás não significa uma trégua nesse front da guerra

Horas depois de Putin assinar o decreto sobre o rublo, os países do Ocidente contra-atacaram com novos anúncios de sanções contra Moscou

O Departamento do Tesouro norte-americano, por exemplo, incluiu nesta quinta-feira 13 pessoas e 21 entidades ligadas à Rússia na lista de punições. 

A medida envolve o setor de segurança cibernética e, segundo o Tesouro, deixou o Ozon Bank — voltado para transações de comércio eletrônico — de fora. 

O Reino Unido, por sua vez, mirou as sanções em grupos de mídia russo, incluindo a RT e a Sputnik, sob a alegação de propagação de notícias de narrativas falsas sobre a guerra e sobre Putin. 

Putin diz: vocês me pagam!

A nova rodada de sanções anunciada nesta quinta-feira por países do Ocidente não pegou Putin de surpresa. 

Mais cedo, o presidente russo chegou a dizer que seus rivais na guerra na Ucrânia iriam buscar cada vez mais novas razões para seguir impondo restrições às finanças e à economia de seus país.

E ele prometeu não deixar barato: “O Ocidente terá que pagar pela guerra econômica que deflagra contra o nosso país”, disse Putin sem especificar que medidas adotaria, além da cobrança pelo gás em rublos. 

Compartilhe

UM INVERNO DIFÍCIL

Recessão na Europa já é realidade? Novo corte de gás de Putin piora a situação no continente

27 de julho de 2022 - 11:45

Moscou decidiu cortar o fornecimento de gás natural para a Europa a partir de hoje. Os fluxos para a Alemanha, que já estavam em 40% da capacidade, caíram para 20%

BOMBOU NAS REDES

Rússia está a poucas horas de zerar fornecimento de gás para a Europa e coloca o continente em estado de alerta; descubra se Putin seria capaz de começar uma guerra econômica contra o Ocidente

11 de julho de 2022 - 15:31

A torneira do gás russo está se fechando e se Putin descumprir combinado com a Europa, uma guerra econômica pode começar; entenda

PUTIN CONTRA-ATACA?

Alerta máximo: Rússia cumpre a promessa e fecha torneira do gás para Alemanha; entenda o que isso significa para a economia global

11 de julho de 2022 - 11:53

As manutenções dos gasodutos russos começaram hoje e estão programadas para terminar no dia 21, mas analistas temem que Putin prorrogue o prazo de bloqueio

Crise de energia

Consequências da guerra: Alemanha planeja aumentar queima de carvão após Rússia cortar grande parte do suprimento de gás

20 de junho de 2022 - 15:15

O ministro da economia da Alemanha, Robert Habeck, alertou que a situação será “muito apertada no inverno” sem medidas cautelares para prevenir a escassez de suprimentos

OPERAÇÃO DESMAME

A Alemanha pretende tornar-se independente do petróleo russo ainda este ano. Entenda se essa é uma perspectiva realista

2 de maio de 2022 - 11:56

Para a Alemanha, mais difícil do que abrir mão do petróleo russo, é diversificar os fornecedores de gás natural

CHEIOS DE GÁS

Putin driblou as sanções? Como a Rússia encheu seus cofres com US$ 66 bilhões em dois meses de guerra

28 de abril de 2022 - 15:24

País tem usado os recursos bilionários para seguir adiante com a invasão da Ucrânia, revela estudo do Centro de Pesquisa em Energia e Ar Limpo, um grupo de pesquisa independente

FIQUE DE OLHO

Indicadores: Livro Bege do Fed e dados de inflação mexem com o mercado na semana em que Powell e Lagarde participam de evento do FMI; confira a agenda completa

14 de abril de 2022 - 18:03

Por aqui, a greve dos servidores do Banco Central continua a atrasar a publicação de dados econômicos; saiba o que esperar

Decreto de Putin

Alemanha em apuros? O que pode acontecer com o PIB do país sem o gás russo

13 de abril de 2022 - 10:42

De acordo com relatório, PIB e inflação da Alemanha ficariam em situação delicada sem manutenção da oferta de gás da Rússia

MISTÉRIO EM FRANKFURT

Por que dois grandes gestores estão vendendo suas posições nos dois maiores bancos alemães?

12 de abril de 2022 - 12:38

Gestora norte-americana levantou o equivalente a R$ 9,5 bilhões ao desovar suas ações no Deutsche Bank e no Commerzbank

FIQUE DE OLHO

Na semana seguinte à ata do Fed que bagunçou os mercados, destaque fica por conta da inflação nos Estados Unidos; confira a agenda completa de indicadores

8 de abril de 2022 - 17:58

Inflação ao produtor e inflação ao consumidor nos EUA assumem o centro do debate na esteira de ata do FOMC que indica que a autoridade monetária pode ser mais agressiva no aumento dos juros

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar