O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2022-04-14T18:03:45-03:00
Guilherme Valle
FIQUE DE OLHO

Indicadores: Livro Bege do Fed e dados de inflação mexem com o mercado na semana em que Powell e Lagarde participam de evento do FMI; confira a agenda completa

Por aqui, a greve dos servidores do Banco Central continua a atrasar a publicação de dados econômicos; saiba o que esperar

14 de abril de 2022
18:03
agenda de indicadores pelo mundo, investidores de olho na inflação
Com servidores do BC em greve, divulgações do órgão seguem suspensas - Imagem: Shutterstock/Helena Aymee

O mercado financeiro só pensa nela: sim, a inflação. Na próxima semana — marcada por mais um feriado no Brasil, agora de Tiradentes no dia 21 — saem indicadores importantes sobre o comportamento dos preços na Europa.

O índice de inflação ao consumidor de março nos países que adotam o euro como moeda será divulgado na próxima quinta-feira (21). No acumulado dos últimos 12 meses, a alta já chega aos 7,5%, a maior desde a criação da moeda única.

Também vale ficar de olho na participação do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell e da presidente do BCE, Christine Lagarde, em um seminário organizado pelo FMI para discutir a atuação das autoridades monetárias em meio à disparada da inflação.

Por falar em Fed, o BC norte-americano divulga na quarta-feira o Livro Bege, relatório que traz um amplo diagnóstico das atuais condições econômicas nos EUA.

O documento é importante porque costuma balizar os próximos passos do Fed em relação à taxa de juros da maior economia do mundo.

Aqui no Brasil o assunto também são os preços

Por aqui a dinâmica da inflação segue no centro das preocupações dos agentes econômicos. Na sexta-feira (8), foi divulgado o IPCA de março — o número, que veio acima das expectativas do mercado, chegou a ser chamado de "surpresa" pelo presidente do Banco Central do Brasil, Roberto Campos Neto.

Sendo assim, outras medidas da inflação podem fornecer importantes pistas sobre o que tem acontecido com os preços por aqui. Na semana que entra será a vez do IGP-10, da FGV, que deve vir a público já na segunda-feira (10).

O IGP-10 é semelhante ao IGP-M e ao IGP-DI, a diferença entre eles é a janela temporal da coleta dos dados. O IGP-10 tem seu período de coleta compreendido entre o dia 11 do mês anterior e o dia 10 do mês corrente.

A projeção da consultoria econômica LCA é de que os preços estejam 2,2% mais altos na comparação mês a mês. Na última leitura, o IGP-10 registrou alta de 1,18%.

A FGV também divulga na próxima semana a segunda prévia do IGP-M de abril, que pode trazer algum alívio em meio à queda recente do dólar.

Vale lembrar que outros indicadores importantes não foram divulgados em consequência da greve dos servidores do Banco Central. Entre eles está o IBC-Br, uma espécie de prévia do PIB medida pelo BC.

Confira abaixo o calendário com os principais indicadores que devem movimentar a economia brasileira na próxima semana. Os dados são da consultoria econômica LCA:

Segunda-feira (18)

IndicadorData de refêrenciaHorário de divulgaçãoÓrgão responsável
IPC-S18-abr8:00FGV
IGP-10Abril8:00FGV
Balança comercial semanal18-abr15:00Secint
Confiança do consumidor - EUAAbril11:00NAHB
Discurso de James Bullard - EUA-13:40Fed St Louis

Terça-feira (19)

IndicadorData de refêrenciaHorário de divulgaçãoÓrgão responsável
IPC-Fipe18-abr5:00Fipe
Sondagem IndustrialFevereiro10:00CNI
Concessão de alvarás - EUAMarço9:30C. Bureau
Novas construções residenciais - EUAMarço9:30C. Bureau
Discurso de Charles Evans - EUA-13:05Fed Chicago

Quarta-feira (20)

IndicadorData de refêrenciaHorário de divulgaçãoÓrgão responsável
IGP-M (2ª prévia)Abril8:00FGV
Inflação ao produtor - AlemanhaMarço3:00GFSO
Produção industrial - Zona do EuroFevereiro6:00Eurostat
Vendas de moradias usadas - EUAMarço11:00NAR
Estoques de petróleo bruto - EUA18-abr11:30DOE
Discurso de Mary Daly - EUA-11:30Fed São Francisco
Discurso de Charles Evans - EUA-12:30Fed Chicago
Venda de títulos do tesouro (20 anos) - EUA-14:00Treasury
Livro bege-15:00Federal Reserve

Quinta-feira (21)

IndicadorData de refêrenciaHorário de divulgaçãoÓrgão responsável
Inflação ao consumidor - Zona do EuroMarço6:00Eurostat
Confiança do Consumidor - Zona do EuroAbril11:00EC
Sondagem industrial - FiladélfiaAbril9:30Federal Reserve
Pedidos de auxílio desemprego - EUA18-abr9:30DoL
Indicadores antecedentes - EUAMarço11:00C. Board
Venda de títulos do tesouro (5 anos) - EUA-14:00Treasury
Powell e Lagarde em painel do FMI-14:00Federal Reserve

Sexta-feira (22)

IndicadorData de refêrenciaHorário de divulgaçãoÓrgão responsável
Indicador de expectativa de inflação dos consumidoresAbril8:00FGV
Pesquisa Econômica do BrasilAbril11:00Bloomberg
PMIs (industrial, serviços e composto) - AlemanhaAbril (prévia)4:30Markit
PMIs (industrial, serviços e composto) - Zona do EuroAbril (prévia)5:00Markit
PMIs (industrial, serviços e composto) - EUAAbril (prévia)10:45Markit

Na semana

IndicadorData de refêrenciaHorário de divulgaçãoÓrgão responsável
Arrecadação FederalMarço-Receita Federal
Criação de empregos formaisMarço-SEPT
PIB - China1º tri-NBS
Vendas no varejo - ChinaMarço-NBS
Taxa de desemprego - ChinaMarço-NBS
Investimentos imobiliários - ChinaMarço-NBS
Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

NOITE CRIPTO

Não durou muito: bitcoin (BTC) opera em queda e volta a ficar abaixo do nível de US$ 30 mil; veja a performance das outras criptomoedas

O peso da perda de confiança do mercado é um dos pontos que mais afastam o investidor do mercado de criptomoedas atualmente

DISTRIBUINDO MAIS DO QUE COMBUSTÍVEIS

Dividendos e JPC: Vibra Energia (VBBR3) anuncia o pagamento de R$ 131 milhões em proventos; confira prazos

Ao todo, a distribuidora de combustíveis já pagou R$ 663 milhões em dividendos e juros sobre capital próprio no exercício de 2021

CSN (CSNA3) e CSN Mineração (CSNA3) vão recomprar até 164 milhões de ações; veja o que muda para os acionistas

As duas companhias aproveitam o momento descontado na B3 para encerrar os programas atuais e iniciar novas operações com duração de um ano

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Inflação derruba bolsas, Hapvida vai às compras e a varejista que ameaça o Magalu; confira os destaques do dia

Depois de um dia de animação, preocupações com o movimento dos preços e a atividade econômica pelo mundo estragaram o humor dos investidores

FECHAMENTO DO DIA

Inflação americana come margem de grandes empresas e derruba bolsas globais; Ibovespa cai mais de 2% e dólar cola em R$ 5

Com inflação pressionando e China voltando a fechar cidades, o Ibovespa caiu menos que as bolsas em Wall Street, mas ainda assim amargou fortes perdas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies