🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2022-05-31T11:36:05-03:00
Liliane de Lima
É repórter do Seu Dinheiro. Jornalista formada pela PUC-SP.
A GREVE ATRAPALHOU

Os testes do Real Digital foram adiados: confira qual a previsão para o lançamento da “criptomoeda” do BC

O Real Digital iniciaria a fase de testes ainda esse ano, mas a greve dos servidores adiou os planos do Banco Central

31 de maio de 2022
11:36
real digital
Imagem: Reprodução/Agência Senado

Carteira de identidade, título de eleitor, carteira de motorista (CNH) e até extrato das contas bancárias estão no mundo digital. E a nossa moeda em breve também.

O Banco Central (BC) tem desenvolvido projetos para implementar o real digital no país desde 2021 e a ideia era que as “cédulas” em versão digital fossem testadas ainda neste ano.

Mas com a greve dos servidores do BC o cronograma mudou. Os testes do real digital devem começar só no próximo ano e o lançamento da moeda no segundo semestre de 2024, segundo Fábio Araújo, economista do BC.

O nome técnico da “criptomoeda” que tem por trás uma autoridade monetária é Central Bank Digital Currency (CBDC, em inglês). A ideia é que elas funcionem como versão digital das cédulas e moedas emitidas em espécie, valendo-se da tecnologia que criou o bitcoin.

O que é o Real Digital?

O real digital nada mais é do que uma extensão das cédulas da nossa moeda corrente, o Real, para o mundo virtual. Contudo, o objetivo não é substituir a cédula, mas funcionar como os cartões de débito e crédito, que podem ser usados em carteiras digitais.

A iniciativa faz parte de uma adequação à tendência mundial de negociações em via digital, que está abandonando as cédulas.

A transformação do dinheiro em espécie em moeda digital já está sendo testada em mais de 100 países, segundo o Fundo Monetário Internacional (FMI).

O relatório The Global Report, por exemplo, já mostrou que menos de 50% da população mundial compra e vende por meio das moedas físicas. Em 2020, apenas 35% das operações foram feitas com cédulas.

Já segundo o Banco Central, apenas 3% do dinheiro disponível para as operações no país está na forma de papel.

Leia também

O Real Digital é uma criptomoeda?

Repare que eu usei a palavra criptomoeda entre aspas ao falar do projeto do Banco Central. Isso porque existem diferenças básicas — a principal delas é que as criptos não são controladas por uma autoridade monetária e quem regula é a própria rede de usuários.

Sendo assim, o real digital vai funcionar assim como o real físico, em papel. Ou seja, será usada para pagar contas, transferir dinheiro e quaisquer outras operações no meio digital, sem uma conexão com a internet e inclusive em outros países.

Em linhas gerais, a versão inicial da moeda digital será uma opção adicional ao uso do real em espécie e poderá ser convertida para qualquer outra forma de pagamento hoje disponível, seja como depósito bancário convencional ou em cédula.

Durante a fase de testes e a implementação da CBDC, as pessoas interessadas terão uma carteira virtual de um agente autorizado pelo Banco Central, ou seja, de uma instituição bancária.

Países que já adotaram o CBDC

As Bahamas são o primeiro país do mundo a lançar oficialmente uma CBDC. Nomeada de Sand Dollar (B$), a moeda digital está disponível desde outubro de 2021.

De acordo com o Banco de Compensações Internacionais (BIS), mais de 80% dos bancos centrais do mundo estão desenvolvendo moedas digitais.

Países como China, Estados Unidos e Japão, por exemplo, já estão na fase de teste das moedas digitais.

Greve do Banco Central

Os testes do Real Digital não foram as únicas atividades afetadas pela greve dos servidores do BC.

A paralisação que já dura mais de dois meses — e que deve continuar por tempo indeterminado — atrasou a segunda fase do Sistema de Valores a Receber (SVR), que possibilita a consulta e saque do “dinheiro esquecido”.

As publicações do Boletim Focus e Fluxo Cambial também seguem suspensas por conta da greve do BC.

*Com informações de Agência Brasil, Banco Central do Brasil, Agência Senado e CoinTelegraph

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

NOITE CRIPTO

Sem fôlego: bitcoin (BTC) opera em alta, mas ainda não volta para os US$ 20 mil; entenda por quê

Apesar do respiro desta sexta-feira (1), o bitcoin ainda sente todo o peso de um Federal Reserve mais agressivo contra a inflação. A semana também não foi tão positiva assim com o noticiário do universo digital.

VAI TER QUE PAGAR!

Um acordo de milhões: Petrobras (PETR4) se entende com a ANP sobre royalties da operação de xisto no Paraná

Segundo a estatal, o acordo envolve o pagamento de R$ 601 milhões pela companhia — um montante que já foi provisionado nas demonstrações financeiras

CASOU!

Enfim, sós! Localiza (RENT3) e Unidas (LCAM3) consumam combinação de negócios; confira detalhes

Por conta do enlace, hoje foi o último dia de negociação das ações de emissão da Unidas na B3

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Ibovespa começa julho com o pé direito, o reforço de caixa da MRV (MRVE3) e a semana em cripto; confira os destaques do dia

Que sexta-feira costuma ser o dia da semana favorito de muita gente não é novidade, mas você já reparou na tendência que temos de tentar fazer dele o mais leve de todos para não atrapalhar o descanso do fim de semana? Seja no escritório ou no mercado financeiro, o último dia útil é o momento […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa dá uma pausa nas perdas e sobe 0,29% na semana, mas dólar dispara e chega a R$ 5,32

O começo de julho foi mais animador para o Ibovespa, mas as dificuldades seguem pressionando o câmbio

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies