Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-09-28T17:50:29-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
fique de olho

B3 (B3SA3) ajusta valores de dividendos a serem pagos; confira

Pagamento de dividendos e juros sobre capital próprio (JCP) será realizado em 7 de outubro de 2021, com base na posição acionária desta terça (28)

28 de setembro de 2021
17:15 - atualizado às 17:50
Fachada do edifício-sede da B3 em São Paulo
Fachada da bolsa de valores (B3) em São Paulo - Imagem: Shutterstock

A B3 (B3SA3) anunciou que, conforme aprovado em reunião do conselho de administração em 23 de setembro, os valores atribuídos por ação relacionados aos dividendos e juros sobre capital próprio foram ajustados.

Segundo a operadora da bolsa brasileira, os dividendos por ação passam de R$ 0,150558108 para R$ 0,15039690. Os valores dizem respeito ao segundo trimestre deste ano.

Já os valores atribuídos por ação relacionados ao pagamento de juros sobre capital próprio, referentes ao terceiro trimestre, foram ajustados de R$ 0,04426743 para R$ 0,04421329 por ação (valor líquido de R$ 0,03762732 para R$ 0,03758129).

Conforme lembra a B3, o valor líquido já deduz o Imposto de Renda na Fonte de 15% sobre o valor dos juros sobre capital próprio, exceto para os acionistas que tiverem tributação diferenciada ou que estejam dispensados da referida tributação.

O pagamento de dividendos e dos juros sobre capital próprio será realizado em 07 de outubro de 2021, com base na posição acionária desta terça. As ações da B3 passam a ser negociadas na condição “ex” proventos a partir de 29 de setembro, segundo a companhia.

Aliás, falando em B3, é importante destacar que analistas avaliam que a bolsa brasileira como um todo está barata a níveis praticados na crise global de 2008 e o momento é bom para comprar ações.

Confira abaixo e aproveite para nos seguir no Instagram (basta clicar aqui). Lá entregamos aos leitores análises de investimentos, notícias relevantes para o seu patrimônio, oportunidades de compra na bolsa, insights sobre carreira, empreendedorismo e muito mais:

Agora voltando às ações da B3...

Para além dos dividendos: dinheiro no caixa da B3

Para além dos dividendos, a B3 anunciou no último dia 15 que emitirá títulos de dívida no mercado internacional, vinculados a metas de sustentabilidade, no valor total de US$ 700 milhões. A empresa também reviu projeção de alavancagem.

Segundo a operadora da bolsa brasileira, a emissão faz parte da gestão ordinária dos negócios da companhia e visa diversificar as fontes de captação a condições atrativas de financiamento.

Entre outros termos e condições da emissão, foram estabelecidos o prazo de 10 anos com amortização total no vencimento (preço de emissão: 100% do valor principal), pagamento semestral de juros inicial de 4,125% ao ano e metas de sustentabilidade que poderão influenciar nas taxas de juros da dívida.

Leia também:

As metas dizem respeito ao índice de diversidade e de mulheres em posição de liderança. A B3 deve criar e oferecer índice de diversidade até dezembro/24. Caso não seja atingido, a partir do pagamento do cupom em setembro/25 os juros serão acrescidos de 12,5 bps.

A B3 também precisará elevar o percentual de mulheres em cargos de liderança para no mínimo 35,0% até dezembro/26, partindo do patamar atual de 27,2%. Caso não seja atingido, a partir do pagamento do cupom em setembro/27 os juros serão acrescidos de 12,5 bps.

Após a conclusão da emissão internacional, a alavancagem financeira da companhia ultrapassará, temporariamente, o valor de 1,5 vez a relação entre Dívida Bruta e EBITDA recorrente dos últimos 12 meses, segundo a B3.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

ATENÇÃO, ACIONISTA

Hapvida (HAPV3) vai recomprar até 100 milhões de ações; papéis acumulam queda de 17% no ano

A operadora de saúde anunciou hoje que dará início a um programa de recompra de papéis com duração de até 18 meses

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa fecha semana no azul, Nubank valendo bilhões a menos e primeiro ETF cripto dos EUA: veja as principais notícias desta sexta

Em uma limousine brilhante, o Ibovespa chegou atrasado para a festa das bolsas globais — mas chegou.  Os balanços das empresas europeias e americanas abriram as portas do salão de baile: com o bom resultado das companhias, dados mistos da economia e um desenho mais nítido da retirada de estímulos monetários, Wall Street brilhou.  O […]

CRIPTOMOEDAS

Quais as dificuldades na regulamentação do Bitcoin e demais criptomoedas?

Analista de criptomoedas, Valter Rebêlo, comenta sobre o processo de regulamentação das criptomoedas ao redor do mundo

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa tira uma lasquinha da festa das bolsas globais e sobe mais de 1% na semana; dólar recua após atuações do BC

Com uma bolsa descontada após as turbulências recentes, o Ibovespa tinha tudo para chegar cedo nessa festa, mas foi preciso que o Banco Central assumisse a condução para que a B3 tivesse uma chance.

ALGUNS BILHÕES A MENOS

Nubank prepara IPO com listagem na Nasdaq e na B3 até o fim deste ano, mas deve baixar a pedida no valuation

Meses atrás, a startup buscava ir a mercado avaliada em cerca de US$ 100 bilhões; veja o novo valor de mercado segundo o Broadcast

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies