Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2021-10-19T11:53:23-03:00
Renan Sousa
Renan Sousa
É repórter do Seu Dinheiro. Cursa jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP) e já passou pela Editora Globo
bitcoin (BTC) hoje

Bitcoin (BTC) se aproxima das máximas históricas após estreia do primeiro ETF em criptomoeda nos EUA; acompanhe

Nos primeiros minutos de negociação, o ETF da ProShares movimentou cerca de US$ 280 milhões de acordo com o analista de fundos de índice da Bloomberg

19 de outubro de 2021
11:01 - atualizado às 11:53
bitcoin (BTC) moeda física
Bitcoin (BTC) - Imagem: Pixabay

O bitcoin voltou a registrar patamares acima dos US$ 60 mil na manhã desta terça-feira (19) após a aprovação do primeiro fundo de índice (ETF, em inglês) em criptomoeda dos Estados Unidos. 

Por volta das 10h40, o bitcoin (BTC) avançava 2,83%, cotado a US$ 62.854,49 (R$ 349.440,87). Esta é a primeira vez desde abril deste ano que a criptomoeda se aproxima com mais intensidade da fronteira dos US$ 65 mil. No acumulado da semana, o salto é de 9,16%. 

Em 14 de abril,o bitcoin chegou às suas máximas históricas aos US$ 64.863,23 (cerca de  R$ 360 mil) antes da estreia da Coinbase, uma das maiores exchanges do mundo, na bolsa americana. 

E os Estados Unidos voltam aos holofotes do mundo cripto com a aprovação do primeiro ETF em criptomoeda dos EUA, o que explica o otimismo de hoje. Especialistas afirmam que esse pode ser o primeiro passo para a SEC, órgão regulador norte-americano, passar a enxergar criptomoedas como ativos financeiros, o que possibilita uma diversificação do mercado. 

O fundo da ProShares recebeu o aval da CVM norte-americana para começar a ser negociado nesta terça-feira (19). O ProShare Trust foi listado na New York Stock Exchange’s Arca (NYSE Arca) com o ticker “$BITO”, com o preço de US$ 40,89.

Ânimo, mas nem tanto

O ETF da ProShares replica o preço de contratos futuros de bitcoin, o que foi motivo de certa frustração do mercado, que esperava uma paridade com a principal criptomoeda do mercado — como ocorre com o QBTC11, na bolsa brasileira, por exemplo. O fundo brasileiro acompanha diretamente o preço do bitcoin e faz parte dos ETFs monoativos da B3 (confira o desempenho dos ETFs brasileiros mais abaixo).

Nos primeiros minutos de negociação, o $BITO movimentou US$ 280 milhões, segundo o analista de ETFs da Bloomberg, Eric Balchunas. Isso fez com que o fundo ficasse entre os 15 mais negociados após a abertura do pregão em Nova York.

Mais um

Além do  ProShare Trust, outro fundo de índice também deve passar a ser negociado ainda hoje. O ETF de contratos futuros de bitcoin Valkyrie Bitcoin Trust já foi autorizado pela SEC para ser listado na bolsa Nasdaq antes da aprovação do órgão e estava com data de lançamento para esta terça-feira. 

Negociado com o ticker "BTCV", o Valkyrie Bitcoin Trust também utilizará contratos futuros de bitcoin (BTC). 

Na página da SEC, a agência define “contrato futuro” como “um acordo de compra ou venda para uma quantidade específica de bitcoin a um preço específico para uma dada específica no futuro”. Nos Estados Unidos, o bitcoin é considerado commodity e a negociação de [contratos] futuros de commodities deve ocorrer nas bolsas regulamentadas e supervisionadas pela CFTC.

ETFs de bitcoin e criptomoedas na B3

Aqui no Brasil, os primeiros ETFs com lastro em criptomoedas foram lançados neste ano. Saiba mais sobre cada um deles nesta matéria e confira abaixo a cotação dos principais ativos  negociados na B3 (fechamento de ontem, segunda-feira, 18):

TickerGestoraPreçoVariação
HASH11HashdexR$ 58,97-0,22%
ETHE11HashdexR$ 62,01-0,15%
BITH11HashdexR$ 82,26+0,32%
QBTC11QR CapitalR$ 22,03+2,04%
QETH11QR CapitalR$ 15,30+0,99%

Não deixe de conferir o nosso último Papo Cripto, onde eu converso com os principais especialistas do mercado sobre os acontecimentos da semana. André Franco, especialista em criptomoedas da Empiricus é o nosso convidado desta semana:

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Trabalhadores em falta

Como a falta de bebês na China pode provocar uma crise financeira global

A população da China vem recuando desde 2010, e, com as taxas de natalidade nos menores níveis em 80 anos, o cenário ameaça todo o planeta

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

IPO do Nubank, como driblar os impostos e onde investir o 13º salário: confira os destaques da semana

Nada é pior para um ansioso do que a incerteza. E o mercado, ultimamente, vem sendo marcado por uma forte onda de incertezas, vindas de todos os lados. Os preços dos ativos respondem a isso com volatilidade, e não há muito o que fazer a não ser manter a calma, focar nos fundamentos e aguardar […]

Clube anti-cripto

China acertou ao banir o bitcoin? Braço direito de Warren Buffett diz que as criptomoedas nunca deveriam ter sido inventadas

A aversão de Charlie Munger pelo bitcoin cresceu ainda mais durante a pandemia; para o bilionário, o criptoativo é “repugnante”

COMEÇAR TUDO DE NOVO

‘Um dos textos mais horríveis que já tramitaram’: relator da reforma do Imposto de Renda defende arquivamento da proposta

Angelo Coronel (PSD-BA) defende a criação de um novo texto para votação no Senado após ampla discussão com os setores que mais pagam impostos

VEM LEI POR AÍ?

Bitcoin (BTC) no Congresso: Projeto de lei coloca BC como regulador de exchanges e imposto zero para mineração por fontes renováveis

O relator do projeto enviou parecer para a Comissão de Assuntos Econômicos, que pediu mais tempo para analisar as propostas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies