Menu
2020-09-30T19:46:25-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
privatizações

‘Paulo Guedes está desequilibrado’, diz Maia após acusação

Ministro falou que há boatos de que o deputado fez um acordo com a esquerda para não pautar as privatizações

30 de setembro de 2020
19:41 - atualizado às 19:46
Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ)
Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ) - Imagem: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), respondeu ao comentário do ministro da Economia, Paulo Guedes, de que há boatos de que o deputado fez um acordo com a esquerda para não pautar as privatizações.

"Paulo Guedes está desequilibrado", disse Maia. O presidente da Câmara já tinha criticado Guedes por, na visão do deputado, ter interditado o debate sobre a reforma tributária.

Ele fez a declaração em uma rede social, um dia após o governo desistir de enviar a segunda fase da reforma tributária, que incluiria um imposto sobre transações digitais semelhante à CPMF. Não houve consenso entre o governo e líderes partidários.

Nesta quarta, depois de um resultado positivo na geração de empregos em agosto, Guedes apareceu de surpresa na entrevista marcada para comentar os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), que mostrou a abertura de 249.388 vagas no mês de agosto.

"Superamos a fase em que precisávamos manter os sinais vitais da economia brasileira. Começamos a retomada do crescimento econômico em V, apesar do pessimismo e das críticas", afirmou Guedes.

Depois de críticas de que teria abandonado a pauta liberal de olho na reeleição do presidente Jair Bolsonaro, a ser disputada em 2022, Guedes reafirmou seu compromisso com as reformas.

"Estamos voltando para o trilho das reformas estruturantes. Vamos simplificar impostos e reduzir na reforma tributária. Tem muita articulação política em andamento ainda", disse.

De acordo com o ministro, os cálculos são de que, em 10 anos, o Brasil receberá R$ 1,2 trilhão de investimentos. Ele citou como exemplo de sucesso o leilão de saneamento feito nesta quarta-feira em Maceió.

Guedes x Maia

A troca de farpas é mais um capítulo da briga pública entre os dois, que estão rompidos desde o início do mês, quando Maia anunciou que passaria a tratar dos assuntos econômicos apenas com o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, articulador oficial do Palácio do Planalto.

Outro ponto da discórdia foi a discussão de dois fundos bilionários, cujos repasses podem chegar a R$ 485 bilhões, para compensar os Estados e municípios da perda da arrecadação com a aprovação de uma reforma tributária.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

COMPETIÇÃO ACIRRADA

Stone aumenta parcela em dinheiro e retira multa para fechar compra da Linx

Parte em dinheiro da oferta foi aumentada em R$ 0,50 por ação, elevando a parcela em R$ 89,5 milhões

TECNOLOGIA

Via Varejo adquire startup para desenvolver marketplace

Empresa informa que compra da I9XP é parte da estratégia de aceleração da transformação digital

esquenta dos mercados

Mercado busca recuperação tímida após dia sangrento e bateria de divulgações

Investidores devem repercutir balanços e decisão do Copom, enquanto monitoram situação fiscal, do coronavírus no exterior e a tensão provocada pela proximidade das eleições americanas.

BALANÇO

Consumo de cerveja no Brasil puxa receita e Ambev supera projeções no 3º trimestre

Lucro líquido cai 9% por conta de despesas financeiras, mas fica acima das expectativas do mercado; volume de vendas consolidado cresce 12%

DADOS OFICIAIS

Brasil tem 158,4 mil mortes por covid-19 desde início da pandemia

País registra 28.629 novos casos e 510 novas mortes pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo Ministério da Saúde

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies