2020-08-24T11:30:34-03:00
Leticia Camargo
Leticia Camargo
É repórter do Seu Dinheiro. Está cursando jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou por agência de marketing digital, onde trabalhou com estratégias de SEO e marketing de conteúdo.
Reação ao balanço

Suzano dispara na bolsa com dados operacionais animadores apesar de mais um prejuízo bilionário

A última linha do resultado da Suzano foi afetada pela desvalorização cambial que pesa sobre a dívida. Mas o Ebitda superou de longe as estimativas do mercado

14 de agosto de 2020
14:39 - atualizado às 11:30
Linha de produção da Suzano - Imagem: Clayton de Souza/Estadão Conteúdo

O segundo trimestre foi marcado por um prejuízo bilionário da Suzano Papel e Celulose. Mais precisamente de R$ 2,1 bilhões. Mas as ações da companhia reagem em forte alta hoje na B3 diante dos dados operacionais bem acima do esperado pelos analistas.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

A última linha do resultado foi afetada pela desvalorização cambial que pesa sobre a dívida. Mas o Ebitda, que representa o lucro antes do pagamento de juros, impostos, depreciação e amortização, superou de longe as estimativas do mercado.

No pregão de hoje, as ações da Suzano (SUZB3) fecharam em forte alta de 5,92%, a R$ 50,49. Leia também nossa cobertura completa de mercados.

O Ebitda de R$ 4,18 milhões da companhia no segundo trimestre ficou 20% acima das projeções do BTG Pactual. Para os analistas, trata-se de um feito, ainda mais considerando o cenário de preços da celulose deprimidos.

O aumento da dívida líquida da Suzano em decorrência da alta do dólar foi compensada pelos surpreendentes resultados operacionais, segundo os analistas. Com a demanda acima do esperado, a empresa aproveitou para reduzir os estoques no trimestre. Embora a dívida elevada seja um problema, o BTG entende que a alavancagem chegou ao pico.

Leia também:

“Considerando o ponto do ciclo, acreditamos que esses são resultados relativamente fortes e esperamos que a alavancagem caia gradualmente nos próximos trimestres”, escreveram os analistas, que reiteraram a recomendação de compra para as ações.

Na análise da XP Investimentos, os resultados da Suzano também surpreenderam positivamente, com destaque para os volumes mais altos de celulose e preços melhores em consequência do dólar mais alto.

“Mantemos nossa visão positiva para os preços da celulose no futuro (US$ 490/t em média para 2020), com continuidade na recuperação da demanda na China e a falta de novos projetos para frente”, escreveu o analista Yuri Pereira.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

FIM DA SUSPENSÃO

Volta do sistema do Banco Central para consulta de dinheiro ‘esquecido’ em bancos já tem data marcada; veja quando o SVR estará novamente no ar

Quem tiver valores a receber também será informado sobre a data em que poderá solicitar a transferência dos recursos para sua conta

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa resiste em alta, as ofertas de ações da Arezzo e da Equatorial e uma pedra no sapato dos FIIs: veja as principais notícias desta quinta

Após o discurso duro do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, na tarde de ontem, o que desencadeou uma forte queda nas bolsas americanas, hoje foi dia de ajuste nas bolsas globais. O Ibovespa começou o dia novamente com uma alta substancial, ainda movido pela entrada de recursos estrangeiros na bolsa brasileira, aproveitando-se dos descontos […]

OLÉ!

Apple dribla crise de chips e justifica protagonismo entre big techs com trimestre histórico; confira desempenho da maçã e a reação do mercado

Os últimos três meses do ano são de extrema importância para a empresa, pois fornece a Wall Street uma visão de como seus produtos podem se comportar no ano seguinte

Fechamento Hoje

Em dia de ajuste pós-Fed, Ibovespa fecha em alta de mais de 1% e testa os 113 mil pontos; dólar cai

Piora em NY chegou a desacelerar as altas na bolsa brasileira, que conseguiu se recuperar na reta final do pregão

QUE GOLAÇO!

Token do Santos será o primeiro a pagar “dividendos” a investidor após negociação do atacante Yuri Alberto; entenda e saiba como receber

Revelado pelo Santos e destaque no Internacional, Yuri Alberto faz parte de uma cesta de atletas que podem gerar algum lucro para quem tiver os Tokens da Vila