🔴 DÓLAR A R$5,38 E PODE SUBIR MAIS – VEJA COMO PROTEGER O SEU PATRIMÔNIO

Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
DESCONTO OU CILADA?

MRV recua 11% após balanço, mas os analistas acreditam que o pior ficou para trás e recomendam compra para as ações MRVE3; saiba mais

A reação negativa ocorre a despeito das perspectivas positivas para o futuro e também da performance da subsidiária norte-americana da companhia

Larissa Vitória
Larissa Vitória
11 de agosto de 2022
13:19 - atualizado às 18:26
Logo da MRV (MRVE3) nas cores verde e amarelo
Imagem: Divulgação

A única vantagem de chegar ao fundo do poço é que, como não há como descer mais, as únicas possibilidades são continuar lá embaixo ou voltar para cima. E, para os analistas, a MRV (MRVE3) deve seguir o segundo caminho após tocar o piso das projeções no segundo trimestre.

As ações, porém, ainda estavam em trajetória de queda nesta quinta-feira (11) enquanto o mercado digeria o balanço, divulgado ontem. Os papéis MRVE3 fecharam em queda de 11%, a R$ 10,11.

A reação negativa ocorre a despeito das perspectivas positivas para o futuro e também da performance da Resia. A subsidiária norte-americana da MRV voltou a entregar bons números e ajudou a compensar a queima de caixa e baixar o endividamento geral da companhia.

“O sucesso das operações da Resia e expectativa de uma captação privada nos próximos meses nos deixam bullish [otimistas] com a MRV”, afirma a Genial Investimentos

A seta das margens vai apontar para cima?

No Brasil, por outro lado, o desempenho voltou a desapontar — mas há o consolo de que o pior já pode ter ficado para trás. “As margens provavelmente atingiram o fundo e acreditamos que qualquer recuperação deve ser gradual”, diz o Bank of America.

A margem bruta da empresa recuou 0,4 ponto percentual (p.p) ante o mesmo período do ano passado e chegou a 19,4%. Na comparação com o trimestre imediatamente anterior a queda foi maior, de 6 p.p..

Para o Credit Suisse, a variação trimestral é mais relevante para a análise do que o número reportado em si, pois foi menor que a dos pares e também poderia “estar sinalizando um piso agora que a empresa vem aumentando os preços”.

Bons presságios para a MRV (MRVE3)

O arrefecimento da inflação em julho e as mudanças no programa Casa Verde e Amarela, anunciadas pelo governo no mês passado, aliviaram parte da pressão dos insumos construtivos e as dificuldades do repasse inflacionário ao consumidor.

E o resultado dessas mudanças de cenário já pode ser visto no balanço da incorporadora. “As margens de novas vendas atingiram 25%, e a MRV tem certeza de que esse número pode ultrapassar 30%, já que os aumentos de preços vêm superando a inflação”, aponta o banco de investimentos.

O Banco Safra também acredita que as novidades no programa habitacional devem “beneficiar fortemente” a empresa, “pois poderia tornar-se substancialmente mais fácil aumentar os preços de venda sem prejudicar sua velocidade de vendas, recuperando assim algum nível de lucratividade”.

Mas apenas as mudanças não são garantia de sucesso, conforme explica o Bank of America. Os analistas do BofA dizem que os investidores devem observar com atenção a estratégia da MRV para processar as novidades diante de uma concorrência provavelmente maior, a sustentabilidade das margens brutas e a geração de caixa da empresa.

Veja também - Resultados de Magazine Luiza (MGLU3) devem decepcionar?

Outros destaques do balanço

De volta ao balanço da MRV, as margens não foram as únicas linhas a ainda apresentarem um desempenho aquém do esperado.

O lucro líquido recuou 71,4%, na base anual, e ficou em R$ 58 milhões no segundo trimestre. O número veio abaixo das estimativas da XP e, segundo a corretora, foi afetado por operações de equity swap e maiores taxas de juros no trimestre.

Já as despesas foram um destaque positivo do período. A Resia reduziu em R$ 29 milhões os gastos com Gerais e Administrativas, enquanto os custos com a operação brasileira cresceram abaixo da inflação nos últimos 12 meses. 

Colocar ou não MRV (MRVE3) na carteira?

Apesar dos desafios enfrentados pela operação nacional da MRV e das ressalvas para a recuperação das margens da companhia, as casas consultadas pelo Seu Dinheiro são unânimes na recomendação de compra para os papéis da construtora.

“Embora a MRV Brasil deva continuar a sofrer os impactos mais pesados ​​da inflação no curto prazo, ainda acreditamos que ela é uma das empresas mais bem posicionadas para atuar no segmento de baixa renda”, cita o Banco Safra.

Veja abaixo o preço-alvo e o potencial de alta calculado por cada uma delas:

  • Bank of America: preço-alvo de R$ 15 (+41,5%)
  • Banco Safra: preço-alvo de R$ 24 (+126,4%)
  • BTG Pactual: preço-alvo de R$ 23 (+117%)
  • Credit Suisse: preço-alvo de R$ 16 (+51%)
  • Genial Investimentos: preço-alvo de R$ 15 (+41,5%)

Compartilhe

MAQUININHA DE LUCRO

PagSeguro (PAGS34) dispara após balanço e puxa ações da Cielo (CIEL3); veja os números do resultado do 2T22

25 de agosto de 2022 - 17:28

A lucro da PagSeguro aumentou 35% na comparação com o mesmo período do ano passado e atingiu R$ 367 milhões

FIM DE TEMPORADA

Nos balanços do segundo trimestre, uma tendência para a bolsa: as receitas cresceram, mas os custos, também

19 de agosto de 2022 - 16:18

Safra de resultados financeiros sofreu efeitos do aumento da Selic, mas sensação é de que o pior já passou

Investidores gostaram

Nubank (NU; NUBR33) chega a subir 20% após balanço, mas visão dos analistas é mista e inadimplência preocupa

16 de agosto de 2022 - 12:03

Investidores gostaram de resultados operacionais, mas analistas seguem atentos ao crescimento da inadimplência; Itaú BBA acha que banco digital pode ter subestimado o risco do crédito pessoal

BALANÇO

Inter (INBR31) reverte prejuízo em lucro de R$ 15,5 milhões no segundo trimestre; confira os números

15 de agosto de 2022 - 21:01

No semestre encerrado em 30 de junho de 2022, o Inter superou a marca de 20 milhões de clientes, o que equivale a 22% de crescimento no período

BALANÇO DA HOLDING

Lucro líquido da Itaúsa (ITSA4) recua 12,5% no segundo trimestre, mas holding anuncia JCP adicional; confira os destaques do balanço

15 de agosto de 2022 - 19:52

Holding lucrou R$ 3 bilhões no segundo trimestre e vai distribuir juros sobre capital próprio no fim de agosto

Resultados

Nubank (NUBR33) tem prejuízo acima do esperado no 2º tri, e inadimplência continuou a se deteriorar; veja os destaques do balanço

15 de agosto de 2022 - 18:42

Prejuízo líquido chegou a quase US$ 30 milhões, ante uma expectativa de US$ 10 milhões; inadimplência veio dentro do esperado, segundo o banco

Bife suculento

Marfrig (MRFG3) anuncia R$ 500 milhões em dividendos e programa de recompra de 31 milhões de ações; veja quem tem direito aos proventos e os destaques do balanço

12 de agosto de 2022 - 13:15

Mercado reage positivamente aos números da companhia nesta sexta (12); dividendos serão pagos em setembro

Balanço

Oi (OIBR3) sai de lucro para prejuízo no 2T22, mas dívida líquida desaba

12 de agosto de 2022 - 6:45

Oi reportou prejuízo líquido de R$ 320,8 milhões entre abril de junho, vinda de um lucro de R$ 1,09 bilhão no mesmo período do ano anterior

Balanço do 2º tri

Cenário difícil para os ativos de risco pesa sobre o balanço da B3 no 2º trimestre; confira os principais números da operadora da bolsa

11 de agosto de 2022 - 19:56

Companhia viu queda nos volumes negociados e também nas principais linhas do balanço, tanto na comparação anual quanto em relação ao trimestre anterior

BALANÇO

Apelo de Luiza Trajano não foi à toa: Magazine Luiza tem prejuízo de R$ 135 milhões no 2T22 — veja o que afetou o Magalu

11 de agosto de 2022 - 19:26

O Magalu conseguiu reduzir as perdas na comparação com o primeiro trimestre de 2022, mas em relação ao mesmo período de 2021, acabou deixando o lucro para trás

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar