A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2022-07-27T18:03:48-03:00
Larissa Vitória
Larissa Vitória
É repórter do Seu Dinheiro. Formada em jornalismo na Universidade de São Paulo (ECA-USP), já passou pelo portal SpaceMoney e pelo departamento de imprensa do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT).
BALANÇO DE LUXO

Log (LOGG3) renova recorde de lucro no segundo trimestre e dobra a aposta na “reciclagem” de ativos

A empresa de galpões logísticos controlada pelos sócios do Grupo MRV lucrou R$ 136 milhões entre abril e junho e promete mais

27 de julho de 2022
18:03
Imagem de um dos galpões da Log (LOGG3)
A Log é uma das maiores desenvolvedoras e locadoras de galpões logísticos do Brasil - Imagem: Divulgação

Foi um daqueles dias que ficam na história de qualquer empresa listada na bolsa. No mesmo dia em que as ações dispararam mais de 10% em reação à venda de dois ativos, a Log Commercial Properties (LOGG3) anunciou que renovou o lucro recorde trimestral.

A empresa de galpões logísticos controlada pelos sócios do Grupo MRV registrou resultado de R$ 136 milhões entre abril e junho — salto de 74% na comparação com o mesmo período do ano passado.

O Ebtida (Lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) da companhia também quase dobrou no intervalo e chegou a R$ 147 milhões. Além disso, houve alta de 47% da receita operacional líquida, que chegou a R$ 54 milhões.

Mas, mesmo com todo o avanço financeiro presente no balanço divulgado nesta quarta-feira (27), a Log ainda recua mais de 28% na B3 nos últimos doze meses. E o estrago seria ainda maior não fosse pela disparada das ações hoje.

O mercado reagiu bem à notícia da venda de R$ 425 milhões em galpões para um fundo imobiliário do Credit Suisse, em mais um movimento da estratégia de “reciclagem” de ativos da companhia. 

Para André Vitória, diretor executivo de Finanças do grupo, o comportamento das ações é explicado pelas perspectivas para o cenário macroeconômico, e para o setor ou para a companhia.

“Realmente tem um desconto [nas ações], mas ele ocorre em todo o mercado de capitais. Não encontramos essa dinâmica somente nas ações da Log”, afirma o CFO.

O executivo espera que, com o arrefecimento das taxas de juros e da inflação até o final do primeiro semestre do próximo ano, a empresa — e o mercado acionário como um todo — retomem a atratividade.

Cenário macro atrapalha planos de follow on e captação com emissão de dívida…

Além de atrapalhar a performance das ações, a situação atual da bolsa diminuiu a probabilidade de que a Log faça uma nova oferta de ações para continuar financiando seu crescimento.

“Temos interesse em um eventual follow on, mas o mercado hoje está muito comprimido. O papel está bem descontado e não temos uma janela para fazer a oferta”, afirma Vitória.

Com a taxa Selic em patamares elevados, a empresa também não pretende recorrer à emissão de títulos de dívida, que ainda era uma alternativa no trimestre anterior, para captar recursos.

… mas a reciclagem de ativos garante recursos para o crescimento da Log (LOGG3)

A ausência dessas duas opções, contudo, não farão tanta falta para a empresa. Segundo o executivo, uma terceira carta na manga deve suprir todas as necessidades de financiamento: a reciclagem do portfólio.

A Log vendeu R$ 424 milhões em ativos no segundo trimestre, com margem bruta de 32,6%. E a negociação de hoje com o HGLG11 também suporta a tese. “Mesmo nesse cenário desafiador, conseguimos efetuar uma venda representativa a uma ótima margem, o que mostra que o modelo de negócios é resiliente”, diz Vitória.

O CFO revela que já existem conversas em andamento com outros players para aumentar a velocidade e o porte das vendas. “Hoje somos mais do que uma empresa de properties, somos uma desenvolvedora de ativos e essa é a principal fonte de recursos do nosso plano de crescimento.”

Metas ambiciosas

Por falar em crescimento, a Log pretende entregar cerca de 415 mil metros quadrados neste ano. Durante o primeiro semestre, mais da metade da meta já foi cumprida, com 240 mil m² entregues. 

Outros 519,6 mil m² estão em construção em oito cidades brasileiras, com a maior parte deles no Nordeste. Essa é a região que mais tem demandado ativos da Log, de acordo com André Vitória.

Outros locais fora do eixo Rio-São Paulo também estão no foco da companhia, cuja diversificação geográfica é um dos diferenciais do portfólio.

“O centro-oeste, por exemplo, especialmente em Goiânia, Porto Alegre e outros grandes centros de consumo fora da região sudeste tem demandado ativos de qualidade como os nossos”, aponta ele.

Veja também — ALERTA DE COMPRA: esta ação pode quase dobrar seu patrimônio, está barata e já subiu 17.000% em anos

E-commerce esfriou: e agora, Log (LOGG3)?

Boa parte dessa demanda é fruto do crescimento vertiginoso do e-commerce desde o início da pandemia de covid-19. Cerca de 69% do portfólio da Log é composto por clientes direta ou indiretamente ligados ao comércio eletrônico.

As vendas online, porém, têm desacelerado e registraram o pior segundo trimestre desde 2018. Segundo dados da Neotrust, o indicador caiu pelo terceiro mês consecutivo e encerrou o trimestre com baixa de 4,2%, na comparação com o mesmo período do ano passado. Mas o tímido recuo não assusta a companhia.

O momento é de um pouco mais de cautela, por parte do ecommerce, mas ele continuará crescendo. Não necessariamente com aqueles dois dígitos que apresentava a cada ano, mas, mesmo de uma maneira menos acelerada, o setor continuará exigindo novos espaços logísticos pelo Brasil.

André Vitória, CFO da Log

Para a maior parte dos analistas consultados pelo TradeMap, essa é a hora de colocar a ação na carteira para surfar nesse crescimento.

De acordo com dados compilados pela plataforma, das dez recomendações para LOGG3, sete são de compra, duas são de manutenção e apenas uma cita a venda. O preço-alvo médio calculado é de R$ 32,89, o que representa uma alta de 63,4% em relação à cotação atual dos papéis.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

CRYPTOSTORM

‘Nenhuma criptomoeda vai conseguir bater de frente depois dessa atualização’: analistas comentam como The Merge mudará o ethereum (ETH)

15 de agosto de 2022 - 15:35

Para Valter Rebelo, analista de cripto da Empiricus, a resposta é clara: “não vejo nenhum protocolo que consiga bater de frente com o ethereum”

BOMBOU NAS REDES

Banco do Brasil ‘vence’ Bradesco em rentabilidade e ações disparam 53% no ano — estatal ainda pagará R$ 2 bilhões em dividendos e analista alerta: BBAS3 supera Nubank (NUBR33)

15 de agosto de 2022 - 13:49

Após resultados fortíssimos no segundo trimestre, as ações do Banco Brasil estão em disparada. Descubra se vale a pena comprar os papéis

ESTÁGIO E TRAINEE

Santander e Braskem abrem vagas para estágio; veja oportunidades com bolsas-auxílio de até R$ 8 mil

15 de agosto de 2022 - 13:31

Os processos seletivos aceitam candidaturas até setembro, com início previsto em janeiro de 2023; as inscrições para trainee no Itaú continuam abertas

BOMBOU NAS REDES

Adeus, Nubank: após causar a ira de clientes e com “saída” de Anitta, roxinho deve dar prejuízo de novo — analista revela ação de “bancão” barata que vence a fintech

15 de agosto de 2022 - 12:45

Depois de a NuConta virar quase uma poupança e Anitta ‘abandonar’ o conselho, o Nubank deve reportar mais um trimestre de prejuízo; veja o que esperar e qual é o bancão que pode colocar o roxinho para comer poeira

BAIXOU DE NOVO

Petrobras (PETR4) corta preço da gasolina em 5% — saiba para quanto vai e quando a redução chega nas bombas

15 de agosto de 2022 - 12:43

Segundo a estatal, a redução acompanha a evolução dos preços de referência e é coerente com a prática de preços da companhia, que busca o equilíbrio dos seus valores com o mercado global

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies