A AÇÃO QUE ESTÁ REVOLUCIONANDO A INFRAESTRUTURA DO BRASIL E PODE SUBIR 50%. BAIXE UM MATERIAL GRATUITO

2022-07-28T21:53:38-03:00
Flavia Alemi
Flavia Alemi
Jornalista formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pela FIA. Trabalhou na Agência Estado/Broadcast e na S&P Global Platts.
MELHOR QUE O ESPERADO

Lucro do Santander (SANB11) cai no 2T22, mas vem pouco acima do esperado. Inadimplência contraria expectativa e fica estável

Queda no lucro também afetou rentabilidade do Santander, que caiu 0,8 ponto percentual na comparação com o mesmo período do ano passado

28 de julho de 2022
7:41 - atualizado às 21:53
Agência do Santander Brasil; banco abre inscrições para estágio
Agência do Santander Brasil - Imagem: Divulgação

Puxando a fila dos balanços bancários, o Santander Brasil (SANB11) registrou lucro líquido gerencial ligeiramente acima das expectativas do mercado no segundo trimestre de 2022, chegando a R$ 4,084 bilhões. 

O número desconsidera as despesas de amortização do ágio, que foram de R$ 107 milhões no período. 

Esse lucro representa queda de 2% em relação ao mesmo período do ano anterior. O consenso do mercado era de um lucro de R$ 3,963 bilhões, o que resultaria numa queda maior, de 4,98%.

A queda no lucro também afetou a rentabilidade do Santander, que caiu para 20,8%, de 21,6% no mesmo período do ano passado.

Na comparação com o trimestre anterior, no entanto, o Santander obteve melhora em ambas as linhas do balanço, com o lucro subindo 2% e a rentabilidade avançando 0,2 ponto percentual.

Leia também:

Inadimplência fica estável entre 1º e 2º trimestres

Contrariando as expectativas dos analistas, as dívidas vencidas há mais de 90 dias ficaram estáveis do primeiro para o segundo trimestre, em 2,9%.

Na comparação com o mesmo período do ano passado, no entanto, houve um aumento de 0,65 ponto percentual.

Dentre as pessoas físicas, a inadimplência subiu apenas 0,1 ponto percentual de um trimestre pra outro, para 4,1%. Apesar de ter desacelerado em relação aos trimestres passados, a taxa é a maior desde setembro de 2019, quando a inadimplência das pessoas físicas também chegou a 4,1%.

Por outro lado, as dívidas das empresas tiveram queda de 0,3 ponto percentual na passagem de um trimestre para o outro, chegando a 1,1%, mesma taxa registrada no segundo trimestre de 2021.

O total das dívidas vencidas entre 15 e 90 dias, que havia disparado entre o quarto trimestre de 2021 e o primeiro trimestre de 2022, agora ficou estável. Ao final de junho, o índice atingiu 4,2%, o mesmo registrado no final de março.

Cartões de crédito puxam receita do Santander (SANB11)

As receitas com cartões do Santander chegaram a R$ 1,4 bilhão no segundo trimestre, alta de 5,5% em três meses. De acordo com o banco, o aumento foi influenciado pela maior transacionalidade, ou seja, volume de compras.

As comissões com seguros também tiveram aumento de 11,5% em três meses, totalizando R$ 829 milhões.

O aumento da base de clientes também resultou em aumento de 1,5% em três meses das receitas de serviços de contas, com destaque para as receitas com pacotes de tarifas. 

Crédito pessoal tem maior alta da carteira de crédito PF

A carteira de crédito total do Santander cresceu 6,5% em 12 meses e 2,9% em três meses, chegando a R$ 468,5 bilhões.

Na pessoa física, o destaque ficou com o crédito pessoal, que disparou 25% em 12 meses e 4,1% em três meses, para R$ 48,7 bilhões.

Já na pessoa jurídica, o maior aumento ficou com o crédito rural, que subiu 20,8% em 12 meses e 30,3% em três meses, alcançando R$ 5,1 bilhões.

Renda fixa faz captação do Santander (SANB11) aumentar

A atratividade das captações de renda fixa fizeram a captação total do Santander subir 5,9% em três meses e 11,8% em 12 meses, totalizando R$ 523,6 bilhões.

O destaque principal foi das letras financeiras, que dispararam 79,4% em 12 meses e 7,7% do primeiro para o segundo trimestre. No total, essa captação somou R$ 37,2 bilhões.

Os depósitos a prazo também cresceram, mas a um ritmo menor: houve alta de 7,7% em 12 meses e de 8,7% de um trimestre para o outro, chegando a R$ 308,5 bilhões.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

NOITE CRIPTO

Bitcoin (BTC) opera em queda depois de testar resistência dos US$ 25 mil; confira cotações

16 de agosto de 2022 - 20:15

O movimento do BTC coincide com a piora das condições das ações de tecnologia, incluindo a gigante chinesa Tencent, que deve registrar seu primeiro declínio trimestral de receita

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Nubank dispara, a nova briga entre BTG e XP e o xeque-mate de Putin; confira os destaques do dia

16 de agosto de 2022 - 18:36

Mais da metade de agosto já se passou e, até o momento, o “mês do desgosto” ainda não deu as caras na B3.  Por enquanto, o Ibovespa coleciona apenas dois pregões no vermelho. Em uma sessão hiper volátil, o índice até flertou com o campo negativo diversas vezes, mas o fluxo de capital estrangeiro levou […]

FECHAMENTO DO DIA

Ibovespa fecha no azul ‘de raspão’ e supera os 113 mil pontos; dólar sobe a R$ 5,14

16 de agosto de 2022 - 18:20

Nos Estados Unidos, o setor varejista alimentou o apetite dos investidores e o Ibovespa acabou se beneficiando

BATEU O DESESPERO?

Putin dá xeque-mate na rainha e faz Reino Unido buscar gás do outro lado do mundo; entenda a jogada

16 de agosto de 2022 - 16:44

De um lado, os britânicos enfrentam a pior crise energética em décadas — agravada pelos efeitos colaterais da guerra na Ucrânia — e, de outro, uma onda de calor que aumentou a demanda por energia

CORRIDA PELA INOVAÇÃO

A disputa entre BTG Pactual e XP no mundo dos investimentos chegou ao efervescente mercado de criptomoedas

16 de agosto de 2022 - 16:14

BTG e XP lançaram suas plataformas de negociação de criptoativos como bitcoin no mesmo dia; saiba como vai funcionar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies