Menu
2020-03-08T21:32:34-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Pediram pra sair

Cúpula do IRB Brasil cai após lambança com nome de Warren Buffett e questionamento a balanço

José Carlos Cardoso, presidente do IRB, e Fernando Passos, vice-presidente financeiro, deixam empresa que perdeu mais da metade do valor na bolsa em um mês

4 de março de 2020
22:58 - atualizado às 21:32
Ibovespa mercados queda
Imagem: Shutterstock

Os dois principais executivos do IRB Brasil renunciaram aos cargos nesta quarta-feira em meio a uma crise que levou a uma perda de mais da metade do valor de mercado da empresa de resseguros na bolsa e envolveu até uma lambança com o nome do bilionário investidor Warren Buffett.

José Carlos Cardoso, presidente do IRB, e Fernando Passos, vice-presidente financeiro e de relações com investidores, pediram para sair após o episódio vergonhoso em que a Berkshire Hathaway, holding que concentra os investimentos de Buffett, teve de vir a público para desmentir a notícia de que teria ações da companhia.

Eu defendi a saída dos executivos neste vídeo publicado hoje pela manhã no canal do Seu Dinheiro no YouTube:

E quem assume?

O IRB anunciou o nome de Werner Suffert como vice-presidente financeiro e de relações com investidores. O executivo, que estava na BB Seguridade e havia recentemente renunciado ao cargo no conselho do IRB, assume a posição de presidente interinamente.

O conselho da empresa de resseguros também determinou a instalação de um procedimento de apuração para identificar as circunstâncias exatas da divulgação de informações da base acionária da companhia.

Eu sinceramente espero agora que a nova direção vá além e analise todos os balanços divulgados pelo IRB durante a gestão que acaba de cair.

Leia também:

Fake news com Buffett

O episódio que culminou na saída de Cardoso e Passos teve início na semana passada, quando surgiram na imprensa notícias falsas de que a holding de Warren Buffett teria aumentado a participação em ações do IRB.

O problema é que a empresa de certa forma ajudou a espalhar o rumor ao "forçar a amizade" com Buffett e indicar para o conselho fiscal uma advogada que atua como procuradora da holding no Brasil. Os diretores do IRB também teriam confirmado o investimento do bilionário investidor em uma teleconferência com analistas.

Ontem à noite, contudo, a Berkshire Hathaway divulgou um inusitado comunicado no qual diz que nunca teve, não tem e não pretende ter ações da empresa.

O vexame internacional levou a uma violenta queda de mais de 30% das ações do IRB apenas no pregão desta quarta-feira. Desde o início de fevereiro, a companhia já perdeu mais da metade do valor na bolsa, o equivalente a R$ 24 bilhões.

Disputa com a Squadra

Os problemas da diretoria do IRB começaram no mês passado com a divulgação de uma carta aos investidores da gestora carioca Squadra. Com uma grande posição vendida em ações da companhia, a gestora sustenta que os resultados da resseguradora foram turbinados por itens não-recorrentes, ou seja, que não vão se repetir em resultados seguintes.

A empresa negou a informação e publicou o balanço do quarto trimestre com o laudo de uma segunda auditoria específica para os dados atuariais, feito pela Ernst & Young (EY), além do trabalho já feito pela PwC. Mas isso não foi suficiente para eliminar as dúvidas do mercado.

Saída de Ivan Monteiro

No meio do tiroteio com a Squadra, a direção do IRB ainda se enrolou no episódio da saída de Ivan Monteiro da presidência do conselho de administração da companhia na semana passada.

A informação sobre a renúncia de Monteiro, também publicada pela imprensa, foi desmentida pela companhia. O problema é que desta vez a informação era verídica. No dia seguinte ao desmentido do IRB, o executivo formalizou o pedido de renúncia ao cargo.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

QUE CRISE?

Weg surpreende mais uma vez o mercado, com alta de 54% do lucro no 3º trimestre

Resultado vem muito acima das expectativas, diante da retomada da demanda por equipamentos

Esquenta dos mercados

Ibovespa tem pregão crucial depois de recuperar a marca dos 100 mil pontos

Investidores temem que riscos internos e externos limitem recuperação a um ‘bear market rally’

AINDA EM DIFICULDADES

IRB Brasil fecha agosto com prejuízo de R$ 65,4 milhões

Excluindo os efeitos de negócios descontinuados, a companhia apresentou lucro de R$ 73,8 milhões

EM ALTA

Petrobras: Produção média em 2020 deve superar expectativas

Crescimento da produção de petróleo e gás natural acima do esperado não tem resultado em estoques excessivos, diz companhia

Gestão na crise

Com BR Distribuidora, Via Varejo e Vale nos fundos, Opportunity vê bolsa barata se país superar risco fiscal

Ações têm espaço para subir se o governo encontrar uma solução para encaixar o Renda Cidadã no orçamento sem “chutar o balde”, diz Luiz Felipe Constantino, sócio e gestor do Opportunity

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies