🔴 SAVE THE DATE: 22/07 – FERRAMENTA PARA GERAR RENDA COM 1 CLIQUE SERÁ LIBERADA – CONHEÇA

Carolina Gama
Formada em jornalismo pela Cásper Líbero, já trabalhou em redações de economia de jornais como DCI e em agências de tempo real como a CMA. Já passou por rádios populares e ganhou prêmio em Portugal.
PEQUENAS NOTÁVEIS

Small caps: 3R (RRRP), Locaweb (LWSA3), Vamos (VAMO3) e Burger King (BKBR3) — as opções de investimento do BTG para setembro

Banco fez três alterações em sua carteira de small caps em relação ao portfólio de agosto; veja quais são as 10 escolhidas para o mês

Carolina Gama
1 de setembro de 2022
13:50 - atualizado às 13:52
Caminhões do Grupo Vamos (VAMO3) dispostos em um estacionamento
Imagem: Grupo Vamos

As small caps começaram o ano derrapando, devido à maior exposição ao cenário doméstico, mas, segundo o BTG Pactual, ainda é possível encontrar boas opções de investimentos entre as ações de empresas de pequeno porte.

O banco divulga todo mês uma carteira recomendada com 10 small caps — e, no portfólio de setembro, promoveu três alterações em relação a agosto.

As novidades do mês são Cury (CURY3), Blau (BLAU3) e Vamos (VAMO3). Por outro lado, Minerva (BEEF3), Mater Dei (MATD3) e Banco ABC (ABCB4) deixaram de ser recomendadas. 

Veja abaixo a carteira de small caps do BTG Pactual em setembro de 2022:

Em agosto, a carteira de small caps do banco cresceu 16,1%, desempenho superior ao Ibovespa, que avançou 6,2% no período, e também acima do índice de small caps (SMLL), que teve alta de 10,9% no mês. 

Se pegarmos um período maior, a comparação segue favorável às smalls caps. Segundo o BTG, desde dezembro de 2021, o portfólio de small caps acumula alta de 15,6%, contra 4,5% do Ibovespa e da queda de 6,3% do SMLL.

As small caps que entraram na lista

Segundo o BTG, a Vamos (VAMO3) tem um oceano azul pela frente, graças à capacidade de repassar o maior custo de capital e a um melhor mix de clientes. Além disso, a empresa também tira proveito de uma concorrência fraca no mercado de aluguel de caminhões. 

Já a Blau (BLAU3) oferece um bom ponto de entrada, segundo o BTG, diante da queda acumulada de 12% no ano. Como pioneira em biotecnologia no Brasil, o banco vê fortes perspectivas de crescimento para o mercado farmacêutico hospitalar local e retornos elevados.

A Cury (CURY3), por sua vez, é a preferida do BTG para o setor imobiliário. A empresa está bem posicionada para se beneficiar das recentes mudanças nos aumentos nos subsídios anunciadas recentemente pelo governo — que, segundo o BTG, devem aumentar o preço de venda de novas casas e aumentar a velocidade de vendas. 

A visão do BTG para as que ficaram

Em relação à 3R Petroleum (RRRP3), o BTG acredita que as críticas dos investidores em relação à conclusão das aquisições, juntamente com o ceticismo em torno do financiamento da Potiguar, são exageradas. O banco lembra que a petroleira levantou US$ 500 milhões por meio de um empréstimo a prazo e começou a operar mais dois clusters nas últimas duas semanas. 

Já a Locaweb (LWSA3) está sendo negociada com um grande desconto, segundo o BTG — o preço atual das ações de R$ 9,3 é um bom ponto de entrada e, com as margens começando a se recuperar, por isso, o banco acredita que é hora de comprar os papéis. 

A Sinqia (SQIA3) vai na mesma linha, com o preço das ações excessivamente descontado, segundo o BTG. Como as novas fusões e aquisições estão crescendo mais rápido e apresentam maior lucratividade, o banco espera que a empresa acelere o crescimento orgânico e expanda as margens.

No caso da Desktop (DESK3), principal provedor de serviços de Internet (ISP) em São Paulo, o BTG lembra que desde que o fundo de private equity H.I.G se tornou acionista controlador, foram realizados movimentos de compra de operações de grande porte e de alta qualidade, que se encaixam perfeitamente com as próprias operações da empresa. 

Já o Burger King (BKBR3) conseguiu se livrar dos ruídos provocados pela pandemia de covid-19 e, apesar da inflação, vive um bom momento. O crescimento mais rápido e a curva de aprendizado digital o cenário de mercado mais racional entre os principais pares favorecem as ações da empresa.

Após um resultado positivo no segundo trimestre, o BTG segue otimista com a Santos Brasil (STBP3), com base em um forte impulso de ganhos, favorecido por um ambiente de preços favorável e um aumento de volume. 

Finalmente, a Intelbras (INTB3) combina combina crescimento e valor, de acordo com o banco, que destaca a lucratividade forte e consistente e os retornos ao acionista. 

Compartilhe

Engordando os proventos

Caixa Seguridade (CXSE3) pode pagar mais R$ 230 milhões em dividendos após venda de subsidiárias, diz BofA

14 de setembro de 2022 - 13:22

Analistas acreditam que recursos advindos do desinvestimento serão destinados aos acionistas; companhia tem pelo menos mais duas vendas de participações à vista

OPA a preço atrativo

Gradiente (IGBR3) chega a disparar 47%, mas os acionistas têm um dilema: fechar o capital ou crer na vitória contra a Apple?

12 de setembro de 2022 - 13:09

O controlador da IGB/Gradiente (IGBR3) quer fazer uma OPA para fechar o capital da empresa. Entenda o que está em jogo na operação

novo rei?

O Mubadala quer mesmo ser o novo rei do Burger King; fundo surpreende mercado e aumenta oferta pela Zamp (BKBR3)

12 de setembro de 2022 - 11:12

Valor oferecido pelo fundo aumentou de R$ 7,55 para R$ 8,31 por ação da Zamp (BKBR3) — mercado não acreditava em oferta maior

Exclusivo Seu Dinheiro

Magalu (MGLU3) cotação: ação está no fundo do poço ou ainda é possível cair mais? 5 pontos definem o futuro da ação

10 de setembro de 2022 - 10:00

Papel já alcançou máxima de R$ 27 há cerca de dois anos, mas hoje é negociado perto dos R$ 4. Hoje, existem apenas 5 fatores que você deve olhar para ver se a ação está em ponto de compra ou venda

NOVO ACIONISTA

Com olhos no mercado de saúde animal, Mitsui paga R$ 344 milhões por fatias do BNDES e Opportunity na Ourofino (OFSA3)

9 de setembro de 2022 - 11:01

Após a conclusão, participação da companhia japonesa na Ourofino (OFSA3) será de 29,4%

Estreia na bolsa

Quer ter um Porsche novinho? Pois então aperte os cintos: a Volkswagen quer fazer o IPO da montadora de carros esportivos

6 de setembro de 2022 - 11:38

Abertura de capital da Porsche deve acontecer entre o fim de setembro e início de outubro; alguns investidores já demonstraram interesse no ativo

Bateu o mercado

BTG Pactual tem a melhor carteira recomendada de ações em agosto e foi a única entre as grandes corretoras a bater o Ibovespa no mês

5 de setembro de 2022 - 15:00

Indicações da corretora do banco tiveram alta de 7,20%, superando o avanço de 6,16% do Ibovespa; todas as demais carteiras do ranking tiveram retorno positivo, porém abaixo do índice

PATRIMÔNIO HISTÓRICO

Passando o chapéu: IRB (IRBR3) acerta a venda da própria sede em meio a medidas para se reenquadrar

30 de agosto de 2022 - 11:14

Às vésperas de conhecer o resultado de uma oferta primária por meio da qual pretende levantar R$ 1,2 bilhão, IRB se desfaz de prédio histórico

Exclusivo Seu Dinheiro

Chega de ‘só Petrobras’ (PETR4): fim do monopólio do gás natural beneficia ação que pode subir mais de 50% com a compra de ativos da estatal

30 de agosto de 2022 - 9:00

Conheça a ação que, segundo analista e colunista do Seu Dinheiro, representa uma empresa com histórico de eficiência e futuro promissor; foram 1200% de alta na bolsa em quase 20 anos – e tudo indica que esse é só o começo de um futuro triunfal

MAQUININHAS ESTÃO COM TUDO

Mais um banco se rende à Cielo (CIEL3) e passa a recomendar a compra da ação, mesmo após alta de quase 200% neste ano

26 de agosto de 2022 - 13:43

Com potencial de alta de quase 30% estimado para os papéis, os analistas do Credit Suisse acreditam que você deveria incluir as ações da empresa de maquininhas no seu portfólio

Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies

Continuar e fechar