Menu
2020-03-03T23:17:23-03:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Diretor de redação do Seu Dinheiro. Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA, trabalhou nas principais publicações de economia do país, como Valor Econômico, Agência Estado e Gazeta Mercantil. É autor dos romances O Roteirista, Abandonado e Os Jogadores
Era fake news

Holding de Warren Buffett diz que não tem nem planeja ter ações do IRB

A falsa informação de que o lendário investidor norte-americano teria participação no IRB surgiu na imprensa na semana passada, mas a empresa reforçou o suposto vínculo

3 de março de 2020
23:10 - atualizado às 23:17
Warren Buffett, investidor americano
Imagem: Shutterstock

Era "fake news". A Berkshire Hathaway, holding que concentra os investimentos do bilionário Warren Buffett, negou que detenha ações da resseguradora IRB Brasil. A informação foi negada oficialmente em um comunicado divulgado hoje à noite pela Berkshire.

As notícias de que o lendário investidor norte-americano não só teria participação no IRB como inclusive comprou mais ações diante da forte queda dos papéis surgiram na semana passada.

"A Berkshire Hathaway atualmente não é acionista, nunca foi acionista do IRB e não tem intenção de se tornar acionista do IRB", informou a companhia, em nota.

A informação, que surgiu sem confirmação de fonte na imprensa, foi reforçada pela empresa, que indicou para o conselho fiscal a advogada Márcia Cicarelli, que atua como procuradora da Berkshire no país.

As ações do IRB (IRBR3) registram forte queda de 37,5% desde o início de fevereiro, quando a gestora carioca Squadra divulgou uma carta aos investidores na qual justifica a grande posição vendida nos papéis da companhia.

Nos análise da Squadra, os resultados do IRB foram turbinados por efeitos que não vão se repetir em balanços seguinte e somaram R$ 1,5 bilhão de janeiro a setembro do ano passado.

A empresa negou a informação e publicou o balanço do quarto trimestre com o laudo de uma segunda auditoria específica para os dados atuariais, feito pela Ernst & Young (EY), além do trabalho já feito pela PwC. Mas não foi suficiente para eliminar as dúvidas do mercado.

Renúncia de conselheiro

Esta não foi a primeira vez que os fatos desmentem a diretoria do IRB. Também na semana passada, a companhia negou as notícias sobre o pedido de renúncia do presidente do conselho de administração, Ivan Monteiro.

Mas apenas um dia depois do comunicado da empresa à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o executivo confirmou a saída. Em teleconferência com analistas, os executivos do IRB justificaram que a carta de renúncia de Monteiro só foi entregue um dia depois do questionamento da autarquia.

Eu procurei o IRB, mas não obtive retorno até a publicação desta matéria.

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Exile on Wall Street

Fusões e aquisições: Invista enquanto essas ações estão solteiras

Durmo muito mal. Cada hora é uma coisa. Quando não é a preocupação com a Covid, é o medo da inflação. Primeiro é a incerteza sobre o deal, depois o autoquestionamento sobre a capacidade de entregar o que me foi confiado. Como é duro conviver consigo mesmo. Nas últimas semanas, vivo uma mistura de empolgação […]

Dinheiro na conta

Construtora Even pagará R$ 40 milhões em dividendos aos acionistas

Incorporadora distribuirá proventos com base no resultado do primeiro trimestre de 2021 com base na posição acionária de 18 de junho

Mercados HOJE

Ibovespa fica instável e próximo do zero a zero antes das decisões de juros da Super Quarta

Os investidores adotam uma postura mais cautelosa enquanto ficam de olho no Fed e no Copom,

O melhor do seu dinheiro

De volta para o futuro com a Embraer, a expectativa para a Super Quarta, Eletrobras e outras notícias que mexem com seus investimentos

Diz a lenda que os produtores do filme De Volta para o Futuro recusaram uma oferta milionária da Ford para transformar a máquina do tempo em um Mustang. Mesmo sem receber um centavo, eles preferiram usar um DeLorean DMC-12, carro que teve menos de 10 mil unidades fabricadas e se tornou artigo de colecionador. Afinal, se você […]

Novo passo

Ultra fecha exclusividade com tailandesa Indorama para negociação de Oxiteno

Com isso saíram da lista de potenciais compradores o fundo de private equity (que compra participação de empresas) Advent e a fabricante norte-americana de produtos químicos Stepan

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies